Menu
2019-06-06T09:35:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Sem tempo para espera

Se o governo não tiver sua agenda, vamos fazer a nossa, diz Alcolumbre

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou que deputados e senadores possuem uma ‘vontade gigante de ajudar’ e cobrou que o governo retribua as ações, deixando de lado a postura que busca se afastar da política

6 de junho de 2019
9:35
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária - Imagem: Moreira Mariz/Agência Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), discutiu em entrevista à GloboNews na noite desta quarta-feira (5) o relacionamento do governo com o Congresso. Segundo Alcolumbre, o modelo instituído por Bolsonaro não está funcionando e tem atrapalhado o andamento da agenda do próprio governo.

Ao comentar a a declaração sobre a falta de agenda para o País, feita pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Alcolumbre afirmou que o Congresso não ficará de braços cruzados. "Se o governo não tiver sua agenda - e parece que não tem -, vamos fazer a nossa, não vamos ficar esperando".

O senador ainda destacou que toda a cobrança tem recaíd sobre o Congresso, citando as críticas que parlamentares têm sofrido nas redes sociais e nos recentes movimentos populares nas ruas. Para o presidente do Senado, existe uma criminalização da política.

A falta de reciprocidade na relação entre Congresso e governo também foi motivo para críticas. Alcolumbre afirmou que deputados e senadores possuem uma 'vontade gigante de ajudar' e cobrou que o governo retribua as ações, deixando de lado a postura que busca se afastar da política. "Se tivesse mais política (por parte do governo), teríamos votado o crédito suplementar hoje (quarta)", alertou.

Embora insatisfeito, Alcolumbre não acredita que este seja o melhor momento para se discutir o parlamentarismo no Brasil. Segundo Alolumbre, o debate agora transmitiria uma mensagem negativa, de que o Parlamento está tentando se impor sobre o presidente Jair Bolsonaro.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Tamanho menor

Zara fecha sete lojas no Brasil em plano de reorganização

O plano da empresa foi traçado em 2020 e, no Brasil, começou ainda no ano passado, com o fechamento de lojas nas cidades de Joinville (SC) e São José dos Campos (SP)

Seu Dinheiro no sábado

A única coisa que Bill Gates não pode comprar

Troca de presidente nos Estados Unidos, início da vacinação para covid no Brasil e comunicado do Banco Central com vocabulário novo. A semana que se encerra trouxe novidades importantes. É bem verdade que também teve notícia velha, daquelas que encontramos todos os dias: disputas políticas entre Jair Bolsonaro e João Dória, caos nos hospitais públicos […]

Sem dieta

McDonald’s tem planos de abrir 50 novos restaurantes na América Latina, 80% deles no Brasil

Rede pretende investir até US$ 130 milhões (R$ 690 milhões) na região e também quer reforçar o drive-thru, delivery e o aplicativo

Bilionário imunizado

Adivinha quem já foi vacinado? Bill Gates compartilha foto e diz como se sente após tomar 1ª dose

Fundador da Microsoft compartilhou foto do momento em que era vacinado e enalteceu o trabalho dos cientistas, voluntários e profissionais da saúde que trabalham no combate à pandemia

Início de cobertura

Após queda de 56%, XP revela o que espera das ações da dona da rede de restaurantes Frango Assado e Pizza Hut no Brasil

Os analistas da corretora iniciaram a cobertura das ações da IMC com recomendação neutra e preço-alvo de R$ 4,00, o que indica um potencial de alta de 8%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies