Menu
2019-07-14T19:55:39-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
na expectativa

Para onde vai a Selic? Itaú prevê taxa básica de juros a 5%, se reforma passar

Para o Itaú, a atividade econômica fraca e inflação abaixo do centro da meta abrirão espaço para estímulos monetários adicionais – e que levarão a essa patamar; hoje a Selic está em 6,5%

14 de junho de 2019
15:33 - atualizado às 19:55
Banco Itaú
Imagem: Estadão Conteúdo / Itaci Batista

Como vai ficar a Selic? O Itaú Unibanco divulgou nesta sexta-feira, 14, uma relatório no qual projeta a Selic em 2019 a 5%. Para 2020, a instituição também espera que a taxa básica de juros fique em 5%.

O banco, no entanto, condiciona essa projeção a aprovação da reforma da Previdência. No Comitê de Política Monetária (Copom) deste mês, o Itaú diz esperar que a Selic seja mantida em 6,5%.

Para o banco, a atividade econômica fraca e inflação abaixo do centro da meta abrirão espaço para estímulos monetários adicionais - e que levarão a taxa Selic para 5,0% em 2019 e 2020.

Com a inflação contida e o ritmo ainda mais lento do que o esperado de recuperação da atividade econômica, o Itaú afirma que passa a projetar um ciclo de corte de juros maior.

E quando começa?

Para o Itaú, o ciclo de recuo da Selic deve se iniciar no Copom de julho. É quando o banco espera uma redução de 0,25%. A projeção está a linhada também com a expectativa de que a primeira votação da reforma na Câmara aconteça em julho.

"Entendemos que o Copom não cortará a taxa Selic antes da aprovação da reforma na primeira votação na Câmara", diz o banco.

De acordo com o Itaú, a versão final a ser aprovada pelo Congresso terá impacto fiscal de R$ 750 bilhões no acumulado em dez anos. "A desidratação adicional em relação ao texto proposto na Comissão Especial viria provavelmente por meio de votações de destaques no plenário da Câmara", opina o Itaú.

PIBinho

No relatório que o Itaú divulgou, há também uma projeção de crescimento de 0,3% do PIB do segundo trimestre deste ano. A instituição também prevê um crescimento econômico de 0,8% em 2019 e 1,7% para o ano que vem.

No último dia 30 de maio, dados divulgados pelo IBGE apontaram que o PIB teve contração de 0,2% no primeiro trimestre deste ano na comparação com os três meses anteriores, na série com ajuste sazonal. Já o último boletim Focus projeta um crescimento de 1% para 2019.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Lançamento

Marfrig lança hambúrguer vegetal na rede Chicohamburger

Produto será vendido com o nome de Revolution Burger CH; hambúrguer vegetal da Marfrig já tinha sido novidade do cardápio do Burger King em 2019

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta segunda-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Mercados agora

Ibovespa sobe aos 115 mil pontos, atento aos sinais positivos da China; dólar avança a R$ 4,32

O Ibovespa abriu a semana em leve alta, pegando carona no bom humor externo com as medidas de estímulo adotadas pelo governo da China. Carrefour Brasil ON e Magazine Luiza ON estão entre os maiores avanços do índice

Exile on Wall Street

Você quer eliminar as perdas de seu portfólio?

Se você não está cometendo equívocos, é porque não está no seu limite, não está tentando o máximo que pode

maior desvalorização em 45 dias...

Fundos imobiliários perderam este ano R$ 3,28 milhões em valor de mercado

No total, a cesta que congrega os 131 fundos mais negociados do mercado, o Ifix, encolheu 5,15% em 2020 – em fevereiro, apesar da melhora dos últimos dias, a queda é de quase 1%

após IBC-Br

Mercado reduz projeção para alta do PIB em 2020

A atualização do número é apresentada após o próprio BC divulgar que o IBC-Br em 2019 avançou 0,89%, abaixo da previsão de analistas

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

11 notícias para começar o dia bem informado

A semana pré-carnaval promete ser intensa, com uma bateria de balanços corporativos. O dia começa com novidades vindas da Ásia sobre o coronavírus e o PIB do Japão. O Seu Dinheiro também traz um “check-up” das empresas de saúde, um segmento que ganhou relevância na bolsa nos últimos anos e que tem ações “queridinhas” dos […]

de olho no balanço

Lucro do Magazine Luiza cresce 54% e chega a R$ 921 milhões em 2019

Varejista divulgou as cifras do ano com os resultados do quarto trimestre de 2019. Entre os destaques dos últimos três meses, está novamente o e-commerce

Esquenta dos mercados

Atuação do BC chinês e agenda corporativa cheia dão força extra aos negócios

Os novos cortes nos juros pelo Banco Central chinês ajuda o mercado a balancear a notícia da queda do PIB japonês. As bolsas americanas ficam fechadas por conta de feriado

dinheiro na mão

Receita paga nesta segunda restituição do lote residual do Imposto de Renda de 2008 a 2019

Crédito bancário será feito para 116.188 contribuintes, somando mais de R$ 297 milhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements