Menu
2019-06-12T12:25:12-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Alô, Maradona

Hermanos, cheguei! Nubank entra na Argentina

Em sua justificativa, o fundador e CEO do Nubank, David Vélez, destacou que quase 16 milhões de argentinos não possuem acesso ao sistema bancário hoje, o que representa mais da metade da população adulta no país

12 de junho de 2019
12:21 - atualizado às 12:25
Cartão da fintech Nubank
Imagem: Divulgação

Depois de aterrissar em terras mexicanas cerca de um mês atrás, o Nubank anuncia mais uma expansão, dessa vez para a Argentina. Em anúncio feito hoje (12), a fintech disse que chega ao país por meio de uma nova filial chamada "Nu".

Em sua justificativa, o fundador e CEO do Nubank, David Vélez, destacou que quase 16 milhões de argentinos não possuem acesso ao sistema bancário hoje, o que representa mais da metade da população adulta no país.

"O Nubank iniciou uma revolução financeira há seis anos e mudou para sempre a indústria no Brasil, ampliando a concorrência e oferecendo melhores serviços para milhões de consumidores. Entramos no México recentemente e agora estamos dando o próximo passo para levar nossa revolução também para a Argentina," disse Vélez.

Hoje, além do México e agora da Argentina, a empresa possui um hub de tecnologia em Berlim, focado em infraestrutura e engenharia de dados.

Alô, investidores!

Até o momento, o Nubank já arrecadou cerca de US$ 420 milhões em sete rodadas de investimento com grandes fundos como Sequoia Capital, Kaszek Ventures, Tiger Global Management, entre outros.

E o potencial da fintech vem atraindo cada vez mais gente. Segundo o portal Vox, o Nubank pode se tornar a segunda fintech com maior valor de mercado do mundo. Os boates de uma possível negociação com o Softbank começaram a rodar na semana passada.

De acordo com a publicação, a rodada de investimentos faria com que a empresa fosse avaliada em até US$ 10 bilhões (R$ 38,6 bilhões, nas cotações de hoje) ficando atrás apenas da americana Stripe — dona de um software de pagamentos.

Ainda em outubro de 2018, a startup brasileira recebeu um aporte de US$ 180 milhões da chinesa Tencent, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, na qual foi avaliada em US$ 4 bilhões.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Recuperação mais lenta

Ipea diz que efeitos da pandemia tendem a persistir sobre mercado de trabalho

“É provável que a taxa de desemprego continue alta, mas não por uma piora do mercado de trabalho, e sim pela melhora da percepção das pessoas sobre o ambiente para procurar emprego”, diz diretor da instituição

Sem pessoa física

Modelo de abertura de capital da Aura Minerals pode ser replicado

Modelo de esforços restritos, inaugurado no Brasil pela companhia produtora de ouro, só permite a entrada de fundos na abertura de capital

Conselho da Cosan aprova reorganização societária com holding única

A partir da consolidação da nova estrutura, os acionistas da própria Cosan, da CZZ e da Cosan Log vão passar a deter ações da holding, que continuará sendo controlada pela Aguassanta, veículo de investimento da família de Rubens Ometto

Tributação

Vamos entrar com aumento de imposto sobre dividendos, diz Guedes

Ministro também disse que marcos regulatórios podem ser aprovados em “60 a 90 dias”

UM PORTO SEGURO PARA SEUS INVESTIMENTOS

A economia está morrendo… O que você pode fazer para se salvar?

A impressão de dinheiro nunca gerou prosperidade sustentável. A impressão de dinheiro sempre causou pobreza para os que trabalham por dinheiro. É por isso que eu sugiro que você compre…

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements