Menu
2019-04-05T14:21:12-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Na mira

S&P coloca rating da Natura em observação para um potencial rebaixamento

Agência de classificação de risco aponta que as negociações para a compra da Avon poderiam impactar negativamente na nota da empresa

25 de março de 2019
20:09 - atualizado às 14:21
Fachada de uma loja da Natura
Negociações com a Avon pesaram na decisão da S&PImagem: Divulgação

Má notícia para a fabricante de cosméticos Natura. A agência de classificação de risco S&P anunciou nesta segunda-feira, 25, que vai colocar o rating da empresa em observação para um possível rebaixamento.

A decisão ocorre após a confirmação de que a Natura está negociando uma fusão com a sua principal concorrente no Brasil, a Avon.

Em comunicado, a S&P diz que uma transação como essa poderia trazer um impacto negativo no rating da companhia. O documento também aponta que a observação só cessará após a divulgação dos termos envolvendo a compra.

Para a agência, a aquisição traria um grande desafio para a Natura: o de "renovar as operações da Avon, que apresentaram declínio nos últimos anos". Além disso, haveria também uma "pressão potencial sobre os indicadores de crédito" da companhia no curto prazo.

Vale lembrar que atualmente a nota da Natura pela S&P é "BB".

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Proventos

Banco do Brasil anuncia pagamento de R$ 416 milhões em Juros sobre Capital Próprio (JCP)

Terão direito ao provento os investidores com posição acionária na empresa no dia 11 de março

o melhor do seu dinheiro

Brandão balança mais não cai?

Chegamos ao fim de mais uma semana tensa nos mercados, que começou com a derrocada das ações da Petrobras, em razão da interferência do governo na presidência da estatal, e termina com pressões na bolsa e no dólar motivadas pelas preocupações dos investidores com a inflação nos Estados Unidos e alta nas taxas dos títulos […]

URGENTE

Hapvida e NotreDame chegam a um acordo sobre fusão, afirma site

A maior combinação entre duas empresas brasileiras criará uma gigante do setor de saúde, com um valor de R$ 110 bilhões.

fechamento da semana

Tensão em Brasília leva Ibovespa de volta aos 110 mil pontos e afunda estatais; dólar vai a R$ 5,60

Em semana marcada pela tensão entre governo e mercado, o Ibovespa recuou 7,09%, de volta aos 110 mil pontos. O dólar disparou acima dos R$ 5,60

Abandonando o barco?

Ações do Banco do Brasil recuam quase 5% com possibilidade de saída de André Brandão

Brandão tem mostrado insatisfação com o cargo e quer deixar o comando da estatal, segundo jornal; BB nega que presidente tenha renunciado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies