Menu
2019-04-05T14:21:12-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Na mira

S&P coloca rating da Natura em observação para um potencial rebaixamento

Agência de classificação de risco aponta que as negociações para a compra da Avon poderiam impactar negativamente na nota da empresa

25 de março de 2019
20:09 - atualizado às 14:21
Fachada de uma loja da Natura
Negociações com a Avon pesaram na decisão da S&P - Imagem: Divulgação

Má notícia para a fabricante de cosméticos Natura. A agência de classificação de risco S&P anunciou nesta segunda-feira, 25, que vai colocar o rating da empresa em observação para um possível rebaixamento.

A decisão ocorre após a confirmação de que a Natura está negociando uma fusão com a sua principal concorrente no Brasil, a Avon.

Em comunicado, a S&P diz que uma transação como essa poderia trazer um impacto negativo no rating da companhia. O documento também aponta que a observação só cessará após a divulgação dos termos envolvendo a compra.

Para a agência, a aquisição traria um grande desafio para a Natura: o de "renovar as operações da Avon, que apresentaram declínio nos últimos anos". Além disso, haveria também uma "pressão potencial sobre os indicadores de crédito" da companhia no curto prazo.

Vale lembrar que atualmente a nota da Natura pela S&P é "BB".

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Novela sem fim

Senadores articulam aprovação da MP da Eletrobras sem os ‘jabutis’ polêmicos, mas fazem novas adições ao texto

Os senadores sabem, no entanto, que essa alternativa pode não ser bem sucedida e que a Câmara vai resgatar os trechos retirados

Parlamentares furiosos

CPI suspende trabalhos pede condução coercitiva do empresário Carlos Wizard

Wizard é apontado como um dos integrantes de um suposto “gabinete paralelo” de aconselhamento ao governo para ações de combate à pandemia

Sobre shoppings e alianças

Como “compra por vingança”, casamentos adiados e bebês podem beneficiar a Vivara

Ao reafirmar recomendação de compra, XP explica como retomada de planos familiares e a vontade de consumir vão beneficiar a produtora de joias

Indenização ao governo

Ford deve pagar R$ 2,5 bilhões ao governo da Bahia

O acerto deve ser anunciado nos próximos dias, segundo fontes dos setores automotivo e jurídico

Força do campo

Prestes a realizar IPO, AgriBrasil aposta em sustentabilidade e expansão geográfica

Empresa que atua no ramo de exportação de grãos foi fundada em 2013 por Frederico Humberg, que vai aproveitar oferta para vender ações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies