Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-03T09:59:43-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

A escalada do mercado imobiliário

Veja os destaques do Seu Dinheiro nesta manhã

3 de julho de 2019
9:52 - atualizado às 9:59
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Quem é leitor do Seu Dinheiro já sabe que eu sou fã de investimentos em imóveis. Com paciência para procurar, você sempre encontra boas oportunidades. Mas é claro que existem momentos em que o mercado está mais favorável e outros que o investidor terá que ralar mais para encontrar um “achado”.

A matéria de hoje da série sobre Onde Investir no 2º semestre de 2019 traz um panorama do mercado imobiliário. Depois de um tombo durante a crise, que derrubou as vendas, lançamentos e os preços dos imóveis e aluguéis, o segmento caminha para a recuperação. O estoque de oferta está baixo e há uma demanda reprimida para ser atendida. Tudo leva a crer que os preços devem subir daqui para frente.

Há um risco, claro, de esse ciclo ser interrompido. O repórter Fernando Pivetti te conta quais os desafios e oportunidades no setor.

Postos de combustível à venda

A Petrobras começou o processo de redução de participação acionária na BR Distribuidora. A estatal e sua subsidiária divulgaram ao mercado que farão uma oferta subsequente para vender uma fatia de até 33,75% da companhia. Hoje a petroleira detém 71,25% da BR Distribuidora. Esse é mais um passo importante da gestão atual da Petrobras, que quer se desfazer de investimentos não essenciais. Para você, a oferta pode ser uma oportunidade de comprar ações da BR.

Ambição do tamanho da China

Frederico Trajano diz que a digitalização do Magazine Luiza já acabou. Sua ambição agora é digitalizar todo o varejo brasileiro. Ou seja: transformar o Magazine Luiza em uma plataforma “one stop shop”, uma espécie de superapp em que o cliente compra de tudo. E como fazer isso? Ele precisará vender produtos de outras varejistas. Entendeu agora por que ele queria tanto comprar a Netshoes? Em entrevista ao Estadão, Trajano conta os detalhes sobre os planos do Magalu . Ele também falou de quais são suas maiores inspirações no varejo internacional. Se você pensou na Amazon, saiba que o olhar de Trajano está mais voltado para o outro lado do mundo.

Concorrência não deixa barato

O caminho de Trajano para revolucionar o varejo brasileiro não deverá ser fácil. Sob nova direção, a Via Varejo se organiza para entrar pesado no jogo. A empresa escolheu o executivo Roberto Fulcherberguer como presidente da companhia e encontrou na rival, o Magazine Luiza, um novo nome para tocar sua operação online: Ilca Sierra. Ele estava no Magalu há dez anos. A empresa também anunciou a contratação de cinco outros executivos, com passagens por varejistas como Walmart e Carrefour. Saiba mais.

A Bula do Mercado: Previdência causa calafrios

Com o encerramento dos trabalhos na comissão especial, mais uma etapa da tramitação da reforma da Previdência foi vencida e os mercados repercutem a leitura do parecer do relator Samuel Moreira, que se encerrou ontem. Mas o caminho até a aprovação da reforma ainda é longo.

O calendário apertado e preocupa os investidores. Hoje era esperado que começasse a votação do projeto na Comissão Especial - para então ir ao plenário. Mas o deputado Marcelo Ramos, presidente da comissão, não convocou a sessão. A demora para o início da votação, que deve levar mais de um dia para ser concluída, alimenta temores de que a reforma só seja votada em agosto, após o recesso parlamentar.

No exterior, o feriado da Independência nos Estados Unidos impacta o funcionamento das Bolsas em Wall Street, o que deve reduzir consideravelmente a liquidez financeira nos países emergentes nos próximos dias. Enquanto aguarda novidades sobre a trégua entre EUA e China, as bolsas asiáticas fecharam em queda. Os índices futuros de Nova York amanheceram com leve alta, seguido pelos negócios na Europa.

Ontem, o Ibovespa encerrou o dia com queda de 0,72%, aos 100.605,17 pontos. O dólar terminou em alta de 0,29%, a R$ 3,8554. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

Agenda

Índices
- Banco Central divulga dados semanais do fluxo cambial
- Estados Unidos publicam resultado de sua balança comercial de maio e dados semanais de emprego e petróleo
- IHS/Markit divulga PMI de Brasil, Estados Unidos, Alemanha, zona do euro e Reino Unido de junho

Mercados
- Bolsas de Nova York e mercado de Treasures fecham mais cedo por feriado nacional

Política
- Comissão Especial da reforma da Previdência na Câmara deve iniciar voto do parecer do relator sobre o projeto
- Parlamento Europeu faz votação para eleger seu novo presidente

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Fusão cheia de travas

Na Omega Geração (OMGE3), um grupo importante de acionistas está descontente — e quer barrar os planos da empresa

Fundos detentores de 28,6% da Omega Geração (OMGE3) se uniram e dizem que não vão aprovar a fusão com a Omega Distribuição nos termos atuais

Potencial de 36% de alta

Como fica a XP após a separação do Itaú? Para o JP Morgan, é hora de comprar as ações da corretora

A equipe do JP Morgan vê as pressões vendedoras nas ações da XP após a separação com o Itaú se dissipando; assim, a recomendação é de compra

Digitalização

A hora e a vez do e-commerce: com pandemia, comércio online mais que dobra e já chega a 21% das vendas do varejo

O fechamento das lojas físicas promovido pela pandemia fez o setor de varejo acelerar a aposta no e-commerce e nas vendas digitais

A bolsa como ela é

Stone, Inter e Méliuz caem forte na bolsa. É o fim das fintechs como as conhecemos?

Muito desse movimento tem a ver com a subida dos juros. Mas alguns fatores específicos também pesaram sobre as ações. Em alguns casos, pesaram com razão; em outros, nem tanto

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies