Menu
2019-12-03T18:22:19-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.

Goldman Sachs eleva expectativa de crescimento do PIB em 2019 e 2020

Entre os motivos para a maior expectativa de crescimento estão os ajustes feitos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

3 de dezembro de 2019
18:20 - atualizado às 18:22
Touros e Ursos CAPA – PIB
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Diante de um resultado acima do esperado para o Produto Interno Bruto (PIB), o banco Goldman Sachs revisou para cima as projeções para o crescimento da economia neste ano e no próximo. Agora, a instituição projeta uma expansão de 1,2%, ante os 1,0% para o PIB em 2019.

Já para o ano que vem, a equipe de analistas liderada por Alberto Ramos estima uma alta de 2,3%, ante os 2,2%. Entre os motivos para a maior expectativa de crescimento estão os ajustes feitos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Hoje, o órgão revisou os dados de 2018 que antes mostraram uma expansão de 1,1% e agora foram ajustados para 1,3% - mesmo percentual observado em 2017. Além disso, o IBGE ajustou os percentuais de expansão do primeiro e segundo trimestres deste ano.

Para ele, um dos pontos que devem trazer maior expansão em torno do consumo privado do quarto trimestre são os estímulos anunciados pelo governo, como os saques do FGTS e do PIS/PASEP.

Já no ano que vem, Ramo diz que a aceleração do crescimento em 2020 deve ser sustentada pelo impulso mais firme do crédito, acomodação monetária e condições financeiras mais favoráveis com taxas de juros mais baixas, assim como melhoras no consumo e na confiança dos empresários.

Apesar dos dados um pouco mais positivos, o analista ponderou que o investimento privado ainda está muito baixo. De acordo com ele, o indicador está 23,2% abaixo do pico atingido no segundo trimestre de 2013. Já a formação bruta de capital está agora no mesmo nível do terceiro trimestre de 2018.

Ele também destacou que, nos 11 trimestres de retomada da economia brasileira após os anos de 2015 e 2016, o PIB per capta do Brasil se manteve 7,9% abaixo do pico, o que mostra que essa é a recuperação mais longa da histórica. Além disso, o consumo privado per capta ainda está 5,8% abaixo do quarto trimestre de 2014, quando atingiu o pico do ciclo.

No relatório, Ramos também destacou que o carregamento estatístico (carry-over) para o PIB de 2019 é agora de 1%. Já no ano que vem, ao considerar os dados do terceiro trimestre, o percentual é de 0,4% Já para 2020, considerando até os dados do terceiro trimestre, é de 0,4%. Porém, Ramos menciona que esse número pode subir para 0,9% depois de apresentados os dados do quarto período do ano.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

UM PLANO DE INVESTIMENTOS

Já pensou em se aposentar aos 40 anos e viver de renda?

Esse conteúdo é para quem não está disposto a esperar até os 65 anos para se aposentar

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para você começar o dia bem informado

Antes de apresentar os destaques de hoje, quero te dar um recado. Ontem o Seu Dinheiro lançou um projeto feito a pedido dos leitores. É um plano para te ajudar a antecipar a sua aposentadoria e juntar dinheiro suficiente para viver de renda. Além de aprender a investir nas diferentes fases da vida, você receberá uma […]

matemática da mudança

Iluminação pública sob iniciativa privada pode economizar R$ 39 bilhões

Apenas para modernizar, ou seja, trocar todos os pontos de luz, operadores privados poderiam movimentar investimento total entre R$ 10,2 bilhões e R$ 11,7 bilhões, nas contas da consultoria Houer

Novo líder

Carne desbanca tomate do posto de vilão dos preços

Grande importação de proteína animal feita pela China por causa da peste suína africana que dizimou os plantéis do país asiático fez a cotação da arroba do boi gordo atingir o pico histórico no fim do ano passado

clima de otimismo

CEOs brasileiros apostam em receita maior em 2020

Segundo a pesquisa anual da consultoria PwC, 78% dos executivos dizem esperar crescimento de receita neste ano

o que mexe com os negócios hoje?

Mercados reagem e ficam no vermelho após aumento de casos do coronavírus na China

O Fórum Econômico Mundial de Davos fica em primeiro plano em dia de agenda esvaziada

tensão na ásia

China e países próximos adotam medidas diante da nova pneumonia

Governo revelou que novo tipo de coronavírus, que causa infeções respiratórias em seres humanos e animais, é transmissível entre seres humanos

dinheiro que entra

Positivo anuncia oferta de ações que pode movimentar R$ 521 milhões

Recursos serão usados para o crescimento de contratos com instituições públicas e expansão do negócio Positivo as a Service e de outras avenidas de crescimento

em davos

Trump vai mencionar crescimento econômico e China em discurso, diz secretário

Para Steven Mnuchin, acordo comercial “de fase 1” criará “enormes oportunidades” para empresas e trabalhadores americanos, mas segunda fase do pacto pode não ser um “Big Bang”

negócio fechado

Caixa Seguridade fecha parceria com Icatu em capitalização por R$ 180 milhões

Sociedade permite à seguradora explorar os canais do banco público com exclusividade neste segmento por 20 anos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements