O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2019-07-16T09:08:53-03:00
Estadão Conteúdo
economia global

FMI diz que BCs precisam se preparar para responder desaceleração com mais força

David Lipton afirmou que é a expansão econômica da China deve diminuir gradualmente, embora tenha alertado que é possível haver um desaquecimento mais intenso na segunda maior economia do globo devido às disputas comerciais

16 de julho de 2019
9:08
Fundo Monetário Internacional (FMI)
Imagem: Shutterstock

O diretor-gerente interino do Fundo Monetário Internacional (FMI), David Lipton, afirmou nesta terça-feira que os bancos centrais precisam estar prontos para responder com mais força à desaceleração da economia global e apontou que o ritmo lento de expansão econômica no mundo aumenta a preocupação de que uma resposta seja necessária. Ele espera um crescimento global "levemente mais forte" no próximo ano e refutou as chances de que haja uma contração na economia mundial.

Em entrevista à Bloomberg TV, Lipton disse, ainda, que, na Europa, é necessário que todas as ferramentas disponíveis estejam sobre a mesa e disse que a expansão econômica da China deve diminuir gradualmente, embora tenha alertado que é possível haver um desaquecimento mais intenso na segunda maior economia do globo devido às disputas comerciais. Em relação aos Estados Unidos, Lipton ressaltou os níveis baixos do desemprego no país, mas ponderou ao apontar que as pressões inflacionárias estão silenciosas.

Lipton substitui Christine Lagarde à frente do FMI. No fim do mês passado, Lagarde foi indicada pelos líderes da União Europeia ao comando do Banco Central Europeu (BCE) e, por isso, se afastou do Fundo. Para Lipton, o futuro diretor-gerente do FMI enfrentará "um momento de testes" na economia devido à desaceleração em todo o globo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies