Menu
2019-07-16T09:08:53-03:00
Estadão Conteúdo
economia global

FMI diz que BCs precisam se preparar para responder desaceleração com mais força

David Lipton afirmou que é a expansão econômica da China deve diminuir gradualmente, embora tenha alertado que é possível haver um desaquecimento mais intenso na segunda maior economia do globo devido às disputas comerciais

16 de julho de 2019
9:08
Fundo Monetário Internacional (FMI)
Imagem: Shutterstock

O diretor-gerente interino do Fundo Monetário Internacional (FMI), David Lipton, afirmou nesta terça-feira que os bancos centrais precisam estar prontos para responder com mais força à desaceleração da economia global e apontou que o ritmo lento de expansão econômica no mundo aumenta a preocupação de que uma resposta seja necessária. Ele espera um crescimento global "levemente mais forte" no próximo ano e refutou as chances de que haja uma contração na economia mundial.

Em entrevista à Bloomberg TV, Lipton disse, ainda, que, na Europa, é necessário que todas as ferramentas disponíveis estejam sobre a mesa e disse que a expansão econômica da China deve diminuir gradualmente, embora tenha alertado que é possível haver um desaquecimento mais intenso na segunda maior economia do globo devido às disputas comerciais. Em relação aos Estados Unidos, Lipton ressaltou os níveis baixos do desemprego no país, mas ponderou ao apontar que as pressões inflacionárias estão silenciosas.

Lipton substitui Christine Lagarde à frente do FMI. No fim do mês passado, Lagarde foi indicada pelos líderes da União Europeia ao comando do Banco Central Europeu (BCE) e, por isso, se afastou do Fundo. Para Lipton, o futuro diretor-gerente do FMI enfrentará "um momento de testes" na economia devido à desaceleração em todo o globo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Estamos em um novo ciclo de alta de commodities?

Por que está se falando tanto em commodities? Isso é o que Matheus Spiess te explica no vídeo de hoje. Observando o histórico de ciclos de alta de commodities, presenciamos ciclos de altas de preços nas matérias primas. E estudos dizem que estamos na beira de um SUPERCICLO. Vamos ao passado: Início de 1900: 2º […]

Controle total

Petrobras: Cade aprova venda da participação da estatal em eólica para FIP Pirineus

Após a assinatura do acordo de R$ 32,97 milhões, o FIP Pirineus passa a deter o controle unitário do empreendimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies