Menu
2019-07-16T09:08:53-03:00
Estadão Conteúdo
economia global

FMI diz que BCs precisam se preparar para responder desaceleração com mais força

David Lipton afirmou que é a expansão econômica da China deve diminuir gradualmente, embora tenha alertado que é possível haver um desaquecimento mais intenso na segunda maior economia do globo devido às disputas comerciais

16 de julho de 2019
9:08
Fundo Monetário Internacional (FMI)
Imagem: Shutterstock

O diretor-gerente interino do Fundo Monetário Internacional (FMI), David Lipton, afirmou nesta terça-feira que os bancos centrais precisam estar prontos para responder com mais força à desaceleração da economia global e apontou que o ritmo lento de expansão econômica no mundo aumenta a preocupação de que uma resposta seja necessária. Ele espera um crescimento global "levemente mais forte" no próximo ano e refutou as chances de que haja uma contração na economia mundial.

Em entrevista à Bloomberg TV, Lipton disse, ainda, que, na Europa, é necessário que todas as ferramentas disponíveis estejam sobre a mesa e disse que a expansão econômica da China deve diminuir gradualmente, embora tenha alertado que é possível haver um desaquecimento mais intenso na segunda maior economia do globo devido às disputas comerciais. Em relação aos Estados Unidos, Lipton ressaltou os níveis baixos do desemprego no país, mas ponderou ao apontar que as pressões inflacionárias estão silenciosas.

Lipton substitui Christine Lagarde à frente do FMI. No fim do mês passado, Lagarde foi indicada pelos líderes da União Europeia ao comando do Banco Central Europeu (BCE) e, por isso, se afastou do Fundo. Para Lipton, o futuro diretor-gerente do FMI enfrentará "um momento de testes" na economia devido à desaceleração em todo o globo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

agora vai?

Privatizações de Correios e Eletrobras ficam para o fim de 2021; veja os planos do governo

No caso dos Correios, o projeto de lei que irá permitir a desestatização da empresa ainda nem foi enviado pelo governo ao Legislativo

Privatização

No Brasil, 431 cidades adotaram iniciativas de desestatização nos últimos 24 meses

Das administrações que informaram desestatizações, 377 utilizaram o modelo de concessão.

Voando

Embraer aponta retomada difícil, mas reforça otimismo com jato de até 150 lugares

A retomada, ficará 19% abaixo do volume previsto pela Embraer ao longo da década, até 2029.

retomada

Vendas de veículos sobem 4,65% em novembro, diz Fenabrave

Volume ficou 7,12% abaixo do total vendido no mesmo mês do ano passado, uma queda em parte explicada por restrições de oferta

Dinheiro no caixa

C6 Bank recebe aporte de R$ 1,3 bilhão em rodada de captação com 40 investidores

Em uma espécie versão bilionária de “crowdfunding”, o C6 Bank foi avaliado em R$ 11,3 bilhões, o que significa que o grupo de investidores ficará com 11,5% do capital do banco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies