A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2021-02-08T16:42:17-03:00
Estadão Conteúdo
perspectivas

Piora na covid-19 e vacinação lenta podem ameaçar América Latina em 2021, diz FMI

Entidade projeta que a América Latina e o Caribe registrem crescimento de 4,1% em 2021 e de 2,9% em 2022

8 de fevereiro de 2021
16:42
São,Paulo,,Brazil,-,July,8,,2020,-,Movement,In
Julho de 2020 - Movimento no centro de Carapicuíba (SP). - Imagem: Shutterstock

O Fundo Monetário Internacional (FMI) demonstra otimismo sobre a retomada econômica na América Latina e no Caribe, mas também alerta para riscos, como a piora do quadro na pandemia no fim do ano passado ou o risco de vacinação contra a covid-19 mais lenta do que o previsto.

A avaliação foi feita durante entrevista coletiva virtual de Alejandro Werner, diretor do Departamento do Hemisfério Ocidental do Fundo.
Werner disse que uma piora recente nos números da pandemia já representam uma ameaça para a retomada "desigual" e com "enormes custos humanos" atual.

O FMI projeta que a América Latina e o Caribe registrem crescimento de 4,1% em 2021 e de 2,9% em 2022, após contração de 7,4% em 2020. Para o Brasil, espera avanço de 3,6% neste ano e de 2,6% em 2022.

No caso da Argentina, a expectativa é de crescimentos de 4,5% e 2,7%, respectivamente, e no do México, de 4,3% e 2,5%. Já para a economia chilena, espera crescimento de 5,8% em 2021 e de 3,5% em 2022.

O FMI considera que, após a forte contração registrada no segundo trimestre de 2020, houve recuperação rápida em alguns países no terceiro trimestre, superando as expectativas, em nações como Brasil, Peru e Argentina, com o setor manufatureiro mostrando mais impulso do que o de serviços, diante do efeito maior da pandemia sobre estes.

Para o Fundo, a perspectiva da região melhorou diante da expectativa por avanços na vacinação contra a covid-19, que ajudará a normalizar a atividade econômica, pelo impulso na economia dos EUA e também por preços melhores de matérias-primas no mercado internacional. Um atraso na vacinação, porém, pode provocar efeito contrário, advertiu.

Ao alertar para os impactos da pandemia na região, Werner mencionou estimativa segundo a qual mais de 16 milhões de pessoas entraram na pobreza na América Latina e no Caribe diante da pandemia e seus impactos. Nesse quadro, defendeu que os países, a depender de suas condições fiscais e monetárias, continuem a "apoiar as famílias vulneráveis e as empresas".

Argentina

Questionado sobre as negociações com a Argentina, Werner deu poucos detalhes sobre o diálogo. Ele comentou que a meta de tentar chegar a um acordo com Buenos Aires é "ambiciosa", mas que as partes tentarão cumpri-la, "trabalhando intensamente" para isso.

Perguntado sobre se eventualmente o acordo com o país poderia exceder o prazo de dez anos para sua execução, comentou que uma decisão desse tipo não caberia a ele, mas ao conselho executivo do Fundo.

A autoridade do FMI também disse que a entidade avalia um avanço recente na inflação no país e o que pode ser feito pelas autoridades locais para lidar com a situação.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

IMPASSE CONTINUA

Vitória do governo ameaçada? FUP vai à Justiça para anular resultado de assembleia que elegeu novo conselho da Petrobras (PETR4)

19 de agosto de 2022 - 20:20

A FUP vai centrar argumentação contra a eleição a conselheiros de dois nomes barrados pelo Comitê de Elegibilidade da estatal

1ª troca em 20 anos

Americanas (AMER3) anuncia Sergio Rial, ex-CEO do Santander, para o comando da companhia no lugar de Miguel Gutierrez

19 de agosto de 2022 - 19:17

Trata-se da primeira troca no cargo de diretor presidente da varejista em 20 anos; Rial assumirá cargo no início do ano que vem

Acionistas felizes

Dividendos: Telefônica (VIVT3) e Marfrig (MRFG3) pagam nova rodada de proventos. Veja as condições para receber

19 de agosto de 2022 - 19:14

A Telefônica não fixou data para o pagamento dos dividendos, mas segundo a companhia, os créditos serão realizados até 31 de julho de 2023

VAI DISPARAR?

Polo Capital aumenta participação na Tenda (TEND3) e se aproxima do gatilho para “poison pill”; construtora discutirá fim do mecanismo em assembleia

19 de agosto de 2022 - 18:36

O movimento ocorre poucos dias após a companhia anunciar que, atendendo a um pedido da gestora, vai convocar uma Assembleia Geral Extraordinária para discutir a exclusão da “poison pill” de seu estatuto social

FECHAMENTO DO DIA

Frente fria chega ao Ibovespa e índice recua 1,12% na semana; dólar vai a R$ 5,16

19 de agosto de 2022 - 18:33

Apesar da semana calma, o Ibovespa refletiu a cautela com os juros americanos e a queda das commodities

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies