Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-13T18:41:17-03:00
Estadão Conteúdo
Possível respiro

FMI defende alívio em dívida e novos financiamentos a países em dificuldade

Kristalina Georgieva também enfatizou a importância do setor privado participar do movimento e cobrou pressa para se avançar nesse ponto.

13 de novembro de 2020
18:41
Fundo Monetário Internacional (FMI)
Imagem: Shutterstock

A Diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, ressaltou nesta sexta-feira que a crise atual "não acabou", e defendeu mais apoio a países em dificuldade, com alívio da dívida e novos financiamentos.

Leia também:

A declaração foi dada durante uma reunião de ministros das Finanças e de presidentes de bancos centrais do G-20, na qual foi discutida uma abordagem comum para o tratamento da dívida das nações em mais dificuldade, no contexto da pandemia da covid-19.

Georgieva disse que a Iniciativa de Suspensão do Serviço da Dívida (DSSI, na sigla em inglês) foi importante para dar algum fôlego a países em dificuldade, mas comentou que há países com níveis de dívida ainda "não sustentáveis".

Com isso, defendeu que o tempo de suspensão seja usado para permitir que eles retornem a níveis sustentáveis, em uma abordagem "padronizada, mas com resolução caso a caso".

Ela também enfatizou a importância do setor privado participar do movimento e cobrou pressa para se avançar nesse ponto.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

de olho na inovação

Amazon sinaliza interesse por criptomoedas em anúncio de emprego

Empresa procura “um líder de produto experiente para desenvolver a estratégia e o roadmap de produtos e moedas digitais

balanço em foco

Lucro da Hypera Pharma aumenta 18% no segundo trimestre

Cifra chegou a R$ 470,6 milhões no período; companhia obteve alta de 43,5% na receita líquida, a R$ 1,5 bilhão

seu dinheiro na sua noite

Quebrando recordes na corrida dos ETFs

A pira foi acesa em Tóquio: os Jogos Olímpicos estão oficialmente abertos — e eu estou empolgadíssimo. Não sei vocês, mas eu adoro as Olimpíadas, principalmente os esportes não muito convencionais. Claro, é legal assistir futebol, vôlei e basquete, mas eu gosto mesmo é de ver as modalidades que nunca passam na TV. Duelo de […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Inflação salgada pressiona juros, mas dados americanos amenizam alta do dólar — já a bolsa não escapou da queda

Em semana recheada de ruídos políticos e incertezas, o Ibovespa acumulou uma queda de 0,72%. Já o dólar à vista subiu 1,86%, a R$ 5,2105

de olho no ir

Alta da arrecadação não dá ‘total liberdade’ para reduzir impostos, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt considerou também que a reforma do IR ainda está em aberto, com muito para se discutir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies