Menu
2019-04-04T19:51:43-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Live semanal

Bolsonaro: Eu acredito no parlamento brasileiro

Presidente fala que jamais dará qualquer oportunidade para quebra de confiança na sua relação com o Legislativo

4 de abril de 2019
19:51
Bolsonaro e sergio moro
Presidente Jair Bolsonaro em Live no Facebook. - Imagem: Print Facebook

Em live no “Facebook”, o presidente Jair Bolsonaro agradeceu “penhoradamente” a conversa que teve com lideranças políticas ao longo desta quinta-feira. Os temas tratados foram "questões partidárias, governabilidade e nova Previdência".

Bolsonaro voltou a reforçar o que já havia dito no “Twitter”, que “não tratamos de cargos”, e que todos têm o perfeito entendimento de querer colaborar não com o governo, mas com o Brasil. “O Brasil está acima dos nossos interesses”.

Ao comentar notícia do “Valor Econômico”, que noticiou que uma das lideranças que estiveram com o presidente não teria pedido nada, pois temia estar sendo gravado, Bolsonaro falou se tratar de “fake news”.

“Pelo amor de Deus. Isso não existe. Jamais darei qualquer oportunidade para que seja quebrada a confiança entre nós”, afirmou.

Na sequência, Bolsonaro disse acreditar no parlamento brasileiro, em um gesto importante, pois vinha sendo acusado de insistentemente criminalizar a política e dificultar a articulação no Congresso.

“Eu acredito no parlamento brasileiro, acredito que o parlamento brasileiro vai fazer a sua parte não só na questão da reforma da Previdência como nas demais propostas”, afirmou.

Outros temas

Bolsonaro estava acompanhado do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sério Moro, e do ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno.

Moro falou sobre ação para combate à pedofilia e também de sua chegada ao “Twitter”. Em tom de brincadeira, disse que se a ideia der errado, a culpa será do presidente. Moro também falou que seu projeto anticrime está com boa receptividade no Congresso.

Heleno retomou algo que também foi dito por Bolsonaro, afirmando que a viagem a Israel não significa um afastamento dos países árabes. A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, vai se encontrar com líderes da comunidade árabe para potencializar os negócios. “Queremos ampliar os negócios com o mundo todo”, disse Bolsonaro.

Bolsonaro falou, ainda, que pretende mudar o artigo 81 da Constituição que “relativiza a propriedade privada”.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Queda do petróleo

Distribuidoras de gás natural pedem à Petrobras antecipação na redução do preço

Associação Brasileira de Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) solicitou à Petrobras uma antecipação para 1 de abril na redução do preço do gás natural que vai ocorrer em maio deste ano, da ordem de 10%

Vendendo aéreas

Warren Buffett vende US$ 390 milhões em ações de companhias aéreas americanas

Buffett reduziu de seu portfólio o número de papéis da Delta Air Lines em 13 milhões, e da Southwest Airlines, em 2,3 milhões

Seu Dinheiro na sua noite

Produtos em falta: máscaras, álcool em gel e reais

A pandemia do coronavírus provoca desabastecimento de produtos como máscaras cirúrgicas e álcool em gel. Mas no mercado financeiro, a corrida para a proteção em dólar pode colocar outro item em falta: o real. Isso mesmo. E não estou falando só da falta de reais na carteira. Nos preços atuais, vai faltar moeda brasileira para […]

Dados atualizados

Mortes por coronavírus somam 359 e infectados chegam a 9 mil no Brasil

Desde ontem, foram registrados 1.146 pacientes infectados

Sem isso

Não é momento para explorar politicamente quaisquer problemas, diz Guedes

Ministro da Economia Paulo Guedes que não é hora de busca por protagonismo nem oportunismo político. Ele defende a cooperação entre poderes

Petróleo

Vamos resolver guerra de preços e recuperar negócios do setor de energia, diz Trump

Trump voltou a dizer que o presidente da Rússia e o príncipe saudita, querem que “algo aconteça rápido” na guerra de preços

Cautela elevada

Ibovespa abaixo de 70 mil pontos e dólar nas máximas: o retrato de mais uma semana tensa nos mercados

O Ibovespa fechou a semana com perdas acumuladas de mais de 5%, em meio ao pessimismo dos investidores em relação à economia global. O dólar foi a R$ 5,32

Pronto para votar

Há acordo para concluir PEC do orçamento de guerra, diz Maia

Maia afirmou, ao chegar à Casa, que acredita ser possível concluir a votação dos dois turnos nesta sexta-feira

Ouça o que bombou na semana

Podcast Touros e Ursos: passado o furacão, é hora de conhecer os estragos

O podcast desta semana fala da primeira leva de dados econômicos a englobar os impactos do coronavírus, além do balanço dos investimentos em março

Pior ainda

‘Estamos em recessão, bem pior do que a crise financeira de 2008’, diz diretora do FMI

Diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva afirmou que a recessão global decorrente do coronavírus já é uma realidade e que será “bem pior” que a crise financeira de 2008/2009

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements