Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-25T18:55:29-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Concorrência

Cade vai investigar se Itaú usou armas proibidas na ‘guerra das maquininhas’

Órgão de defesa da concorrência determinou que Itaú deixe de exigir conta no banco para lojista ter acesso à redução de 30 para 2 dias no prazo de recebimento das vendas no cartão de crédito

25 de outubro de 2019
14:39 - atualizado às 18:55
Montagem mostra Gorila com a capa do Itaú em cima do prédio do Empire State, uma referência ao filme King Kong
Imagem: Montagem Victor Matheus - Imagem original: Sthutterstock

A superintendência do Cade, órgão de defesa da concorrência, decidiu abrir um processo administrativo para investigar se o Itaú Unibanco se valeu de armas proibidas na chamada "guerra das maquininhas" de cartão.

Em maio, o maior banco privado brasileiro lançou uma ofensiva ao reduzir de 30 para 2 dias o prazo de pagamento aos lojistas nas vendas realizadas nos cartões de crédito pelas maquininhas da Rede, a empresa de adquirência do grupo.

Para o órgão antitruste, essa prática pode revelar supostas condutas anticompetitivas do Itaú. Embora reduza o custo para os lojistas no curto prazo, o Cade avalia que a campanha pode gerar distorções e comprometer a competição no setor em médio prazo.

"Nesse sentido, concluiu ser necessário aprofundar a análise de potenciais eficiências geradas por essa conduta no mercado de credenciamento e captura de transações", informou o órgão, em comunicado.

Outro problema potencial, na visão do Cade, é que a redução do prazo de pagamento só acontece para os estabelecimentos com domicílio bancário no Itaú. Como medida preventiva, o Cade determinou que o banco deixe de exigir essa condição para oferecer o prazo de dois dias para aos lojistas.

O Itaú também terá de comunicar os clientes que já aderiram à promoção que não há necessidade de manter conta no banco para ter manter o recebimento das vendas no prazo de dois dias.

Procurado, o banco informou que a Rede não foi ainda intimada, mas disse que sua operação "é pró-competitiva e beneficia milhões de clientes ao isentá-los de uma taxa que impacta de maneira relevante o pequeno e médio negócio".

No pregão da bolsa, as ações preferenciais do Itaú (ITUB4) eram negociadas em queda de 0,27% por volta das 14h15, cotadas a R$ 36,46. Leia também nossa cobertura de mercados.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

atenção, acionista

Após forte alta no lucro, Itaú anuncia R$ 2,1 bilhões em juros sobre capital próprio

Instituição aprovou dos proventos no valor bruto de R$ 0,10384 por ação, com base na posição acionária final registrada do próximo dia 13

fique de olho

PetroRio, Marcopolo, Pague Menos, Cielo e Itaú: os balanços que mexem com o mercado nesta terça

Resultados são divulgados em um momento de otimismo com os balanços por parte do mercado financeiro

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A derrapada do Ibovespa, a semana do bitcoin e a nova aquisição da XP: um resumo das principais notícias do dia

Se, na sexta-feira (30), as preocupações com o teto de gastos brasileiro levou o Ibovespa a registrar uma queda de mais de 3%, a semana começou com a preocupação com as contas públicas americanas impedindo um dia dourado na B3.  O temor com a saúde fiscal do Brasil está longe de ser uma preocupação do […]

temporada de resultados

Lucro do Itaú Unibanco sobe 55%, soma R$ 6,5 bilhões e supera projeções

Banco também reportou um avanço do retorno sobre o patrimônio (ROE) de 13,5% no segundo trimestre de 2020 para 18,9% no balanço atual

Invasão fitness

De olho no desempenho das ações da rival Smart Fit, rede de academias Bluefit protocola pedido de IPO na CVM

Atualmente com 102 unidades, a rede de academias busca recursos para impulsionar seu crescimento orgânico

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies