IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2019-01-12T16:16:21-02:00
Estadão Conteúdo
Virou assessor da presidência

Toffoli nega pedido para barrar promoção de filho de Mourão no BB

Após a posse da nova gestão do Banco do Brasil, o filho do vice-presidente foi promovido a assessor especial da presidência, com salário de R$ 36 mil

12 de janeiro de 2019
16:16
hamilton-mourao
Hamilton Mourão - Imagem: Shutterstock

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, negou seguimento a uma reclamação contra a promoção de Antonio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente da República, ao cargo de assessor especial da presidência do Banco do Brasil.

Após a posse da nova gestão do Banco do Brasil, o filho do vice-presidente Hamilton Mourão foi promovido a assessor especial da presidência, com salário de R$ 36 mil, três vezes mais do que ganhava. Ele é funcionário de carreira da instituição, onde trabalha há 18 anos.

Em despacho, Toffoli apontou vícios processuais. Segundo o ministro, não é cabível recorrer à Justiça, por meio de reclamação, contra uma medida da administração pública antes de esgotados os recursos na esfera administrativa.

Segundo o ministro, "especificamente quanto ao cabimento da reclamação constitucional contra omissão ou ato administrativo, incide a regra do §1º do art. 7º da Lei nº 11.417/2006, que prevê: Contra omissão ou ato da administração pública, ouso da reclamação só será admitido após esgotamento das vias administrativas”.

No pedido, o impetrante pediu que a reclamação seja julgada procedente para decretar a "definitiva nulidade da nomeação e empossamento do Sr. Antônio Hamilton Rossell Mourão no cargo de confiança em que hoje ocupa na Presidência do Banco do Brasil, de assessor especial do Presidente do BB, enquanto perdurar a situação de nepotismo".

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Governo eleito

Alckmin avisa que anúncio de novo ministro da Fazenda está próximo

26 de novembro de 2022 - 16:11

Em evento com empresários, vice-presidente eleito prometeu ajuste fiscal permanente e conjunto de reformas

Troca ou devolução

Comprou na Black Friday e se arrependeu? Veja quais são seus direitos

26 de novembro de 2022 - 11:59

O excesso de compras para aproveitar as oportunidades da Black Friday podem se transformar numa ‘ressaca’ no cartão de crédito

Recomendação de compra

Cielo (CIEL3) já dobrou de preço, mas ainda pode subir mais de 50% na bolsa, diz Santander. Confira detalhes

26 de novembro de 2022 - 9:48

Analistas do banco veem a Cielo (CIEL3) com vantagem competitiva em relação a adquirentes como Stone e PagSeguro

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: PIB do 3º trimestre no Brasil e payroll nos EUA são destaques de semana cheia

26 de novembro de 2022 - 8:11

A agenda econômica estará carregada nesta semana, com dados importantes de atividade e inflação a serem divulgados no mundo

Aperte o play!

Só acaba quando termina: Lula talvez não consiga gastar tanto assim; como isso mexe com seus investimentos?

26 de novembro de 2022 - 8:00

No podcast Touros e Ursos desta semana, PEC da Transição, Haddad na Fazenda, Petrobras e, é claro, futebol

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies