Menu
2019-04-03T14:52:25-03:00
Estadão Conteúdo
Balanço

Faturamento das locadoras de veículos cai 1,29% a R$ 15,3 bi em 2018, diz Abla

Frota total do setor chegou a 826 mil unidades, aumento de 16,5% em relação a 2017

13 de março de 2019
12:45 - atualizado às 14:52
Carros empilhados
Carros - Imagem: shutterstock

As locadoras de veículos somaram um faturamento bruto de R$ 15,3 bilhões no ano passado, conforme balanço apresentado nesta quarta-feira, 13, pela Associação Brasileira de Locadoras de Automóveis (Abla). O resultado representa queda de 1,29% em relação ao faturamento divulgado para o ano anterior, de R$ 15,5 bilhões.

O balanço da Abla aponta também que houve aumento de 19% na aquisição de veículos pelas locadoras. No ano passado, as locadoras emplacaram 412,7 mil unidades de automóveis e comerciais leves. Com isso, a frota total do setor chegou a 826 mil unidades, aumento de 16,5% em relação a 2017. O número de locadoras, por sua vez, avançou 15,5%, para 13.182.

A General Motors (GM) segue como a montadora com maior participação nos emplacamentos pelas locadoras, com 23,4% em 2018.

A Fiat Chrysler aparece em seguida, com 16,8%.

Na terceira posição está a Volkswagen, com 16,7%. Na sequência vêm Ford, com 14,6%, e Renault, com 14,5%.

A Abla não divulga projeções para 2019, mas o presidente da associação, Paulo Miguel Júnior, afirma que a expectativa é de crescimento do faturamento, em razão do fortalecimento da tendência de mobilidade entre pessoas físicas e porque 80% das empresas brasileiras ainda contam com frota própria. "A terceirização de frota é um mercado a ser explorado", disse.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

balanço do dia

Covid-19: casos sobem para 15,5 milhões e mortes, para 432,6 mil

O total de vidas perdidas durante a pandemia subiu para 432.628. Entre ontem e hoje, foram registradas 2.211 novas mortes.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mudaram as estações, mas nada mudou na bolsa

Quem olha para o saldo do Ibovespa na semana pode achar que os últimos dias foram um marasmo. O índice, afinal, ficou praticamente estável — uma quase desprezível queda de 0,13%. “Mas eu sei que alguma coisa aconteceu / tá tudo assim, tão diferente”, já dizia a música. E é verdade: nada mudou na bolsa, […]

Fechamento da semana

Inflação americana e minério de ferro vivem ‘dias de luta e dias de glória’, monopolizando a semana; dólar avança e bolsa recua no período

O minério de ferro puxou Vale e siderúrgicas para cima – mas depois derrubou. A inflação americana também assustou, mas conseguiu acalmar o ânimo dos investidores. Confira tudo o que movimentou a semana

Engordando o caixa

Petrobras gera US$ 2,5 bilhões com desinvestimentos em 2021; venda mais recente é para fundo árabe

E a estatal não deve parar por aí, pois o diretor financeiro da empresa já reafirmou a intenção de continuar com o programa de venda de ativos

Em evento do BofA

Presidente do BC revela preocupação com análise de autonomia no STF e planos para PIX internacional

Campos Neto e o ministro da Economia, Paulo Guedes, têm conversado com ministros da Corte sobre os questionamento acerca do tema

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies