2019-04-04T14:00:42-03:00
Estadão Conteúdo
Fala de Christine Lagarde

Economia mundial está desacelerando mais rápido do que o esperado, diz FMI

Diretora-gerente do fundo afirmou que não há uma recessão neste momento, mas que ficou claro que os riscos aumentaram

1 de março de 2019
19:05 - atualizado às 14:00
Christine Lagarde
Diretora do FMI alertou também para o crescente endividamento mundial, que subiu a US$ 182 trilhões no fim de 2017 - Imagem: Shutterstock

Diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde afirmou nesta sexta-feira que, embora em 2018 o crescimento econômico no mundo tenha permanecido próximo das máximas após a última crise, a expansão "está desacelerando e mais rapidamente do que o esperado". Segundo ela, não há uma recessão neste momento, "mas é bem claro que os riscos aumentaram".

Em discurso em Lisboa, Lagarde listou desafios ao quadro global, entre eles o aumento das tensões comerciais. Ela citou que uma nova escalada em barreiras comerciais pode reduzir o crescimento global em quase meio ponto porcentual, com cadeias de produção afetadas e ambiente de investimentos mais incerto.

A diretora-gerente do FMI apontou também para o crescente endividamento mundial, que subiu a US$ 182 trilhões no fim de 2017, quase 60% superior a 2007. Isso deixa governos, empresas e famílias mais vulneráveis a um crescimento menor e sem sincronia, bem como a taxas de juros mais elevadas, alertou.

Lagarde afirmou ainda que a transição para um crescimento menor e mais sustentável na China é "bem-vinda", mas ponderou que há risco de desaceleração mais rápida do que o previsto na potência asiática. Mesmo com medidas de estímulo eficazes, elas podem estar orientadas para atividades menores intensivas em importações, com isso o restante do mundo continuará a sentir a desaceleração chinesa.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies