Menu
2019-07-24T17:05:06-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Detalhes só amanhã

Guedes sobre FGTS: todo ano vai ter liberação

Ministro da Economia, Paulo Guedes, também falou que medida terá impacto de R$ 42 bilhões, sendo R$ 30 bilhões em 2019 e R$ 12 bilhões em 2020

23 de julho de 2019
18:25 - atualizado às 17:05
O ministro da Economia Paulo Guedes, durante cerimônia de posse aos presidentes dos bancos públicos.
Ministro da Economia Paulo Guedes - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, estimou que a liberação de contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) vai somar cerca de R$ 42 bilhões, sendo R$ 30 bilhões agora em 2019 e outros R$ 12 bilhões em 2020.

As novidades, segundo o ministro, serão apresentadas amanhã quarta-feira. Mas ele antecipou que serão mesmo liberadas contas ativas e inativas e que ao contrário do movimento feito no governo Michel Temer, que fez a liberação uma única vez, “nós vamos soltar para sempre, todo ano vai ter”.

Desde que o tema voltou ao noticiário, já tivemos diversos balões de ensaio sobre como seria a liberação desses recursos do FGTS. A última ideia que o governo fez circular é de que as retiradas seriam limitadas a R$ 500 para contas ativas e inativas e que em 2020 seria instituído um “saque aniversário”.

O desenho final será conhecido amanhã à tarde. Mas o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, falou que o valor deve ficar mesmo ao redor desses R$ 500, mas que a equipe econômica ainda estuda o assunto. O que importa, segundo Barros, é o montante total que será movimentado e que o governo quer dar oportunidade de acesso ao dinheiro que é do trabalhador.

Paulo Guedes falou com a imprensa após participar de cerimônia no Palácio do Planalto sobre o novo mercado de gás. O ato formal foi a assinatura de um decreto que instituiu o Comitê de Monitoramento da Abertura do Mercado de Gás Natural. Mas foi, mesmo, uma forma de defender o livre mercado e a concorrência como pilares do governo.

O presidente Jair Bolsonaro fez um discurso curto e “de coração” afirmando que o Brasil começa a dar certo, pois teve a liberdade de escolher pessoas competentes e patriotas para estarem ao seu lado.

Hacker

O ministrou também foi questionado sobre a invasão de seu telefone por hacker. Segundo Guedes, esse tipo de ação é “banditismo, invasão de privacidade, um retrocesso enorme”. “Estamos querendo reconstruir o país e tem, infelizmente, marginais, bandidos, que ficam fazendo esse tipo de coisa. Mas vamos em frente”, disse o ministro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

CCR: Alerj recomenda retomar concessão de rodovia, mas governo é contra

Assembleia quer retomada da rodovia para reduzir tarifas, consideradas altas devido a irregularidades no contrato de concessão

TRETA

Maia e Alcolumbre criticam Salles após atrito com Ramos

Presidente da Câmara diz que ministro do Meio Ambiente resolveu destruir o próprio governo

SE PROTEJA

Títulos de renda fixa atrelados ao IPCA viram opção

Alta da inflação em outubro faz investidores e gestores avaliarem novas formas de proteção de patrimônio

SELEÇÃO DE NOTÍCIAS

BDR, bitcoin, shopping: o melhor do Seu Dinheiro na semana

O fim de semana chegou com uma notícia bastante esperada pelos investidores: a volta do Ibovespa ao patamar de 100 mil pontos. O principal índice da B3 foi impulsionado esta semana por dois acontecimentos. O primeiro deles foi o alívio das preocupações em torno do risco fiscal brasileiro, com políticos e governo demonstrando compromisso com a manutenção do teto de gastos. Outro tema foi a esperança de aprovação de um pacote de estímulos […]

TRIBUTAÇÃO

É ilegal tributar doação fora do país, diz Toffoli

Ministro votou pela inconstitucionalidade da cobrança de ITCMD quando patrimônio herdado ou doado está no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies