Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-11-29T10:04:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dinheiro para o acionista

Banco do Brasil e Itaú Unibanco pagam juros sobre capital próprio

BB paga R$ 0,17 por ação, enquanto Itaú distribui R$ 0,03 por papel; o acionista do primeiro verá o dinheiro ainda este ano, mas do segundo só em abril de 2020

29 de novembro de 2019
9:27 - atualizado às 10:04
Banco do Brasil
Banco do Brasil - Imagem: Shutterstock

O Banco do Brasil e o Itaú vão pagar juros sobre capital próprio (JCP).  O BB vai distribuir de R$ 502,3 milhões relativos ao quarto trimestre de 2019 - a R$ 0,17617400289 por ação. O valor é pago no dia 30 de dezembro, tendo como base a posição acionária do dia 11 do mesmo mês.

Já o Itaú Unibanco paga, até o dia 30 de abril do ano próximo ano, R$ 0,037560 por ação. A base é a posição acionária de 12 de dezembro, resultando em juros líquidos de R$ 0,031926 por ação após impostos.

O pagamento de JCP é uma forma de distribuir lucros, mas beneficiando a empresa. O provento é considerado uma despesa financeira, contribuindo para reduzir a base tributária da companhia, que paga menos imposto.

Em razão disso, os juros sobre capital próprio não são isentos de IR para os acionistas. Eles são tributados na fonte a uma alíquota de 15%.

A companhia só faz o pagamento de JCP quanto lhe é interessante. Além disso, o valor do provento está limitado ao valor da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) aplicada sobre o capital social da empresa. A TJLP é determinada pelo governo federal.

Mais sobre o BB

Segundo o Banco do Brasil, o crédito é por conta corrente, poupança-ouro ou por caixa em uma das agências da instituição. Os acionistas cujos cadastros estejam desatualizados terão suas remunerações retidas até a regularização de seus registros em uma das agências do banco.

A regularização cadastral pode é feita com a apresentação de documento de identidade, CPF e comprovante de residência, se pessoa física, ou estatuto/contrato social e prova de representação, se pessoa jurídica.

"Aos acionistas com ações custodiadas na Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC), os valores serão pagos àquela entidade, que os repassará aos acionistas titulares por meio de seus respectivos agentes de custódia", diz a empresa.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: bolsas devem digerir ‘Super Quarta’ hoje, de olho no pagamento de juros da Evergrande e agenda local pesada

O tapering ficou para depois, o que é um duplo sinal para o investidor; já o BC brasileiro deve ter um impacto neutro no Ibovespa hoje

Alívio imediato

Acordo da Evergrande com credores faz ações recuperarem 17,62% na bolsa de Hong Kong

Apesar de alívio hoje, crise da segunda maior incorporadora chinesa tende a alimentar incerteza a cada novo vencimento

DIA AGITADO

Dividendos: em meio a polêmica na CPI, Hapvida (HAPV3) paga JCP aos acionistas

Depois de dia agitado com citação de diretor da empresa na CPI da pandemia, Hapvida encerrou a quarta-feira com anúncio de pagamento de JCP

Ivan Sant'Anna

Bitcoin ou ouro? A verdadeira reserva de valor que você precisa ter entre os seus investimentos

Quando alguém fala em reserva de valor, deve ter em mente que se refere a ativos cotados na moeda do país em que o investidor vive, ganha e gasta.

Polêmica

Reserva de emergência e aplicações de curto prazo: CDB 100% do CDI pode ser melhor que Tesouro Selic?

Com a Selic mais alta, vale a pena voltar a discutir qual a opção ideal para a reserva de emergência; e, nesse sentido, os CDBs que pagam 100% do CDI com liquidez diária podem sim ser uma boa pedida

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies