Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-11-28T10:00:48-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

A minha irmã comprou e se deu bem…

28 de novembro de 2019
10:00
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Entre as principais perguntas que me fazem quando descobrem que eu tenho uma irmã gêmea a primeira é: “uma sente o que a outra sente?”. Está no topo da lista também: “você e sua irmã já trocaram de lugar para enganar algum namorado?”. Vou me ater à primeira.

Nos tempos de criança, volta e meia rolava um quebra pau. E, felizmente, eu não senti nenhuma mordida que eu dei nela... Hoje em dia eu não mordo mais. E, de fato, temos uma conexão muito grande.

Moramos em cidades diferentes desde os 17 anos e até hoje nos falamos quase todo dia. Agora estamos trocando dicas de tratamentos estéticos, promoções da Black Friday e, também, opções de investimentos.

Ou melhor... No caso de investimentos não diria que estamos trocando nada. Ela basicamente quer que eu a avise quando achar algo de bom. Folgadinha, não? Tudo bem, o que a gente não faz pela família... Eu sempre recomendo para ela os melhores textos do Seu Dinheiro.

Ontem mesmo ela me escreveu no Whatsapp para agradecer pela última indicação. Mandei pra ela a última coluna do Alexandre Mastrocinque publicada no Seu Dinheiro Premium. Ele indicou um fundo imobiliário para comprar na bolsa. Minha irmã foi na dele e se deu bem. Veja a mensagem abaixo:

Hoje o Alê traz uma ação para comprar na bolsa. Nas suas próprias palavras: “enxergo um bom ponto de compra e um potencial interessante de valorização nos próximos doze meses”.

Vou mandar este texto para minha irmã hoje à noite. Mas antes recomendo ele para você. Que tal usar um pouco do seu 13º salário para entrar nesta oportunidade? Veja aqui qual é a ação indicada.

PS: A indicação é exclusiva para os leitores Premium. Clique aqui para entrar no time VIP de leitores. Se você não gostar, pode cancelar sua assinatura sem custos em até 30 dias.

O mercado hoje

O feriado de Ação de Graças deixa as bolsas americanas fechadas, o que diminui a liquidez dos mercados. Mas o noticiário continua agitado. Após o presidente Donald Trump assinar uma lei em apoio aos manifestantes em Hong Kong, a China mostrou grande descontentamento. A medida puxou a queda das bolsas na Ásia, o que influencia negativamente o pregão europeu hoje.

Por aqui, ontem tivemos mais uma máxima histórica para o dólar. A moeda americana fechou a sessão em R$ 4,2586. O Banco Central decidiu então mudar de estratégia. Após dois leilões surpresas de dólar no mercado à vista, o BC mandou avisar que vai vender até US$ 1 bilhão de dólares na manhã de hoje.

Já o Ibovespa encerrou o pregão de ontem com uma alta de 0,61%, aos 107.708 pontos. Veja o que deve mexer com bolsa e dólar hoje. 

Teto de vidro

Ontem o Conselho Monetário Nacional (CMN) anunciou uma medida que pode pesar contra os papéis dos bancões hoje na bolsa. O órgão informou que irá limitar em 8% ao mês os juros do cheque especial cobrado pelas instituições financeiras e permitirá a cobrança de uma taxa sobre o limite não utilizado. Para a XP Investimentos, tanto bancos quanto clientes vão sair perdendo nessa. Confira a justificativa dos analistas nesta matéria. 

Reorganizando a casa

Após receber o sinal verde do Banco Central, o Banco do Brasil anunciou um aporte de R$ 895 milhões no BB BI. Com o movimento, a instituição quer centralizar as participações em empresas do segmento de meios de pagamento sob uma única holding, a BB Elo. Entenda o que está em jogo. 

Sem Black Friday, mas com promoção

Em Brasília, não teve Black Friday. Os congressistas não conseguiram avançar na liquidação de vetos presidenciais prometida para ontem. No entanto, pode rolar uma “promoção” para eles mesmos. Um dos vetos derrubados por deputados e senadores impedia os próprios parlamentares de engordar o fundo eleitoral. Saiba mais. 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Covid-19

Coronavírus: Brasil passa de 70 mil mortes e 1,8 milhão de casos

Nas últimas 24 horas, foram mais de mil casos fatais relacionados ao coronavírus no país. Com isso, o Brasil já contabiliza mais de 70 mil mortes por causa da doença

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

Alfabetização financeira para crianças: quando é a hora de falar sobre dinheiro?

As idades entre nove e quinze anos são cruciais no desenvolvimento de uma criança. Muito do que vivem como adultos vem das fórmulas vencedores que aprendem quando crianças.

Novo nome no MEC

Bolsonaro anuncia pastor Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

Decreto presidencial nomeou professor para o cargo nesta sexta-feira

Investimento para o cliente

Corretora Warren recebe aporte de R$ 120 milhões para investimento em plataformas digitais

Fintech visa multiplicar por cinco patrimônio sob gestão até o fim de 2021 e aumentar alcance da marca: ‘Nossa meta é seguir investindo em tecnologia’

Chegou lá

E o Ibovespa, quem diria, voltou aos 100 mil pontos. O que isso significa?

Depois de mais de quatro meses, o Ibovespa finalmente reconquistou o patamar dos três dígitos. Algumas boas notícias da economia doméstica ajudam a explicar o otimismo na semana, mas há mais fatores que influenciaram esse movimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu