Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-09-25T10:24:32-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

8 ações para vender…

25 de setembro de 2019
10:24
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Estamos em um daqueles momentos em que não há consenso sobre o que esperar para a economia global (ou seria a falta de consenso um padrão?). Veja o caso da economia americana: há quem enxergue os Estados Unidos a caminho de uma recessão e o urso na porta de Wall Street. Mas também há quem pense que tudo isso é um exagero. O Fed ainda tem bala na agulha e vai segurar as pontas na terra do Tio Sam. Será?

Eu também tenho minhas dúvidas sobre isso. Antes de chegar a uma conclusão, estou ouvindo todo mundo, sem preconceitos ou pré-conceitos. Tenho acompanhado o que falam os gestores de fundos, economistas-chefes, CEOs de grandes empresas e também os analistas técnicos.

O Fausto Botelho, colunista do Seu Dinheiro e um dos maiores especialistas em análise técnica do país, está acompanhando esse assunto. No seu último vídeo na coluna De Olho do Gráfico, ele vê o S&P 500 no caminho para baixo e um risco potencial de o mundo perder um terço da sua riqueza. Caramba!

E tem mais: se os Estados Unidos mergulharem no bear market isso pode mexer com o Ibovespa e com demais ativos. No vídeo de hoje, o Fausto avalia os rumos do S&P 500, do Ibovespa, do dólar, do ouro, do petróleo e ainda recomenda oito ações para vender. Sugiro fortemente que você assista e depois avalie se esse trade é para você.
Se você quiser se aprofundar e aprender a encontrar por conta própria as oportunidades nos diferentes mercados, o Seu Dinheiro está oferecendo um curso inédito com o Fausto. Ele vai ensinar o método que utiliza há 42 anos e que tenho certeza que pode te levar a outro patamar como investidor. Se quiser dar esse passo, sugiro que você se cadastre logo, pois a oferta em condições promocionais só vale para 97 leitores. Veja o vídeo com os detalhes da oferta:

 

Desce mais, desce mais um pouquinho?

Já que resolvi abrir o baú de dúvidas dos mercados, lá vai mais uma resposta para uma “pergunta que não quer calar”. Até onde o Banco Central vai cortar os juros? Ô se há controvérsias…

Essa questão é muito importante para quem investe no Tesouro Direto. No início do ano, as taxas do mercado estavam altas e quem comprou títulos públicos prefixados ou atrelados à inflação ganhou uma bolada com a sua valorização.

Para Marco Aurelio Freire, sócio da gestora de fundos Kinea, controlada pelo Itaú, os juros ainda vão cair mais e ficar lá embaixo por um bom tempo. Se ele estiver certo, há uma oportunidade aí para lucrar mais no Tesouro Direto. Em entrevista exclusiva ao Vinícius Pinheiro, Freire falou em quais títulos aposta suas fichas.

Azedou por aqui...

O clima azedou nos mercados. Por aqui, o discurso realizado ontem na Assembleia Geral da ONU pelo presidente Jair Bolsonaro continua repercutindo. A expectativa era de que o presidente conseguisse melhorar a imagem do Brasil no exterior após as polêmicas recentes, mas a fala voltada ao público interno e com viés ideológico estragou o humor dos investidores.

O adiamento da votação do parecer da reforma da Previdência na CCJ do Senado, que estava previsto para esta quarta-feira, também pesa nos mercados. Ontem, o Ibovespa fechou o pregão com queda de 0,73%, aos 103.875,66 pontos. O dólar encerrou o dia com baixa de 0,05%, a R$ 4,1692. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

...e também lá fora

O clima pesado nos Estados Unidos também deve ajudar a puxar os mercados para baixo. Ontem, a presidente da Câmara dos Representantes dos EUA abriu um processo de impeachment contra o presidente americano, Donald Trump. O republicano é acusado de ter pressionado o presidente da Ucrânia a abrir um processo contra o filho do pré-candidato democrata à presidência, Joe Biden, em troca de ajuda econômica ao país.O Victor Aguiar traz todos os os detalhes nesta matéria.

Baque no governo

Em Brasília, o Congresso impôs mais uma derrota ao governo. Em sessão conjunta, o Senado e a Câmara derrubaram 18 vetos de Bolsonaro ao projeto de lei de abuso de autoridade - aquele que endurece a punição a juízes, promotores e policiais. Com a decisão, agentes públicos - incluindo juízes e procuradores - poderão ser punidos criminalmente por diversas condutas, incluindo algumas práticas da Lava Jato. Entenda melhor o assunto e veja todos os vetos que foram derrubados pelos parlamentares.

Mais um tijolinho

A Eztec definiu o preço por ação da sua oferta subsequente - o valor chega a R$ 978 milhões. Com os recursos, a empresa quer comprar terrenos para novas incorporações e aumentar sua participação em novos projetos. Saiba aqui o valor da ação definido pela Eztec.

Agenda

Indicadores 
- Governo divulga Caged de agosto
- Banco Central divulga resultados de operações de crédito em agosto e dados semanais sobre o fluxo cambial
- Argentina divulga resultado de sua balança comercial em agosto
- Estados Unidos publicam dados semanais sobre o mercado de petróleo

Política
- Assembleia Geral da ONU continua com discurso de líderes mundiais
- Ministro da Fazenda da Argentina, Hernán Lacunza, e o presidente do BC do país, Guido Sandleris, fazem segundo dia de reuniões com representantes do FMI

 

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

3 passos para sobreviver à crise atual no mercado

Um investidor inteligente com educação financeira se concentra menos no que não pode ser controlado — o preço, por exemplo — e mais no que pode ser controlado, como as taxas de juros fixas e as taxas de retorno.

Acabou a crise?

A maldição de maio não pegou de novo: bolsa foi o melhor investimento do mês, e dólar foi o pior

Pelo segundo ano consecutivo, a máxima “sell in may and go away” não se fez valer. Ativos de risco se saíram bem em maio, mas títulos públicos de longo prazo e o dólar tiveram desempenho negativo

Covid no Brasil

Brasil chega a 465,1 mil casos por coronavírus e 27,8 mil mortes

Do total de casos confirmados, 189.476 pacientes foram recuperados

Agência de telecomunicações

Anatel acata decisão judicial e aprova regra que retira sigilo de ligações

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) regulamentou a questão ontem, 28, em cumprimento a uma decisão da Justiça Federal do Sergipe

seu dinheiro na sua noite

Adam Smith e o PIB da pandemia

A economia funciona desta forma: a produção de bens e serviços só existe em função do consumo. Essa conclusão não é minha, é claro, mas de Adam Smith. Citar o “pai” do liberalismo em um raro momento de consenso sobre a necessidade de maior atuação do Estado para conter os efeitos do coronavírus na economia […]

De novo

CVC adia mais uam vez entrega do balanço do quarto trimestre de 2019

A operadora e agência de viagens CVC informou nesta sexta-feira, 29, que as suas demonstrações financeiras referentes ao exercício de 2019 só devem ser apresentadas até 31 de julho

Auxílio emergencial

Caixa abre mais de 2 mil agências no sábado

Por enquanto, apenas quem recebeu a primeira parcela até 30 de abril e nasceu em janeiro pode sacar o valor

Saldo positivo

Após muita volatilidade, dólar acumula queda de 1,83% em maio; Ibovespa sobe 8,57% no mês

Uma suavização nos fatores de risco domésticos e globais permitiu que o dólar se despressurizasse em maio e levou o Ibovespa de volta aos 87 mil pontos

Presidente da Câmara

Maia rechaça aumento de impostos para suprir queda na receita e defende reformas

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que considera difícil qualquer tipo de aumento na carga tributária para compensar a queda de receita pública por causa da pandemia de covid-19

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu