Menu
2019-05-06T11:04:17-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Bancos

Bradesco vai às compras nos EUA e leva banco na Flórida por US$ 500 milhões

Com atuação há 45 anos no mercado americano, o BAC Florida cai como uma luva nos planos do Bradesco de ampliar serviços a clientes de alta renda e milionários

6 de maio de 2019
9:11 - atualizado às 11:04
Bradesco Acelerando
Imagem: Montagem Andrei Morais / Estadão Conteúdo / Shutterstock

O Bradesco foi às compras novamente, desta vez na Flórida. O segundo maior banco privado brasileiro anunciou hoje pela manhã a compra do BAC Florida Bank, em um negócio de US$ 500 milhões (R$ 1,975 bilhão, nas cotações atuais).

Com foco no atendimento pessoas físicas de fora dos Estados Unidos e cerca de 10 mil clientes, o BAC Florida tem sede em Coral Gables e atua há 45 anos no mercado americano.

O negócio cai como uma luva nos planos do Bradesco, que pretende justamente ampliar os serviços para seus clientes de alta renda (Prime) e os milionários do segmento private. O banco é hoje o segundo maior gestor de fortunas do país, com R$ 200 bilhões sob gestão e aproximadamente 13 mil clientes.

"Nós tínhamos a carência de uma plataforma para atender clientes de alta renda nos EUA, e o BAC tem uma atuação muito complementar à do Bradesco", afirmou o presidente do banco, Octavio de Lazari, em uma teleconferência com a imprensa nesta manhã.

Como os brasileiros representam 20% dos correntistas do BAC, o negócio também amplia a atuação do Bradesco entre investidores da América Latina.

Como o BAC não estava à venda, a iniciativa da negociação partiu do próprio Bradesco, que procurou no ano passado os controladores do banco, que pertence a um grupo da Nicarágua.

"Tivemos sorte até no nome", disse Lazari. O banco vai manter a sigla BAC, mas agora ela como acrônimo de Bradesco America Company.

A ideia do Bradesco é oferecer aos clientes endinheirados a possibilidade de ter uma conta nos EUA com todos os produtos, incluindo crédito imobiliário e investimentos, com a possibilidade de movimentação por meio de um aplicativo. Lazari reforçou que não faz parte da estratégia do banco atuar no varejo fora do Brasil.

O negócio está sujeito à aprovação de praxe dos órgãos reguladores brasileiros e americanos. A expectativa do Bradesco é que o aval para a compra saia em até oito meses.

Aos números

Ao contrário do Brasil, o sistema financeiro americano é altamente fragmentado. O BAC é apenas o quinto maior banco da região sul da Flórida, com US$ 2,23 bilhões em ativos (R$ 8,81 bilhões) e US$ 1,84 bilhão em depósitos (R$ 7,27 bilhões). No ano passado, o banco teve lucro de US$ 29,4 milhões (R$ 116,8 milhões).

A aquisição não foi uma pechincha, mas também não saiu tão cara. O banco pagou o equivalente a 2,55 vezes o patrimônio líquido do BAC, considerando o dado do fim do ano passado (US$ 205,9 milhões) menos o resgate de ações preferenciais. Trata-se de um múltiplo um pouco inferior ao do próprio Bradesco, cuja ação (BBDC4) é negociada a 2,3 vezes o patrimônio na bolsa.

A nova tacada do Bradesco acontece sete meses depois da compra da RCB Investimentos, que atua na gestão e cobrança dos chamados "créditos podres", em atraso há pelo menos um ano. Foi a segunda aquisição sob o comando de Lazari, que assumiu a presidência do banco no começo de 2018.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Banco Central monta centro para acelerar a criação de fintechs

Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas (LIFT) apoia startups financeiras a desenvolverem projetos ao lado de técnicos que elaboram as normas regulatórias do mercado brasileiro.

Funcionários da Petrobras

FNP diz que todas as plataformas do litoral paulista aderiram à greve dos petroleiros

Petrobras diz que não está havendo redução da produção por conta do movimento, mas coordenador da Federação Nacional dos Petroleiros diz que estatal “mente”.

Sucessão

Herdeiros do agronegócio aliam tradição a avanço tecnológico

Nova geração de empresários do campo estão assumindo os negócios da família e ganhando influência no meio do agronegócio; conheça algumas histórias

Entrevista

Para Deutsche Bank, política ambiental de Bolsonaro prejudica investimento estrangeiro no país

Para Deepak Puri, diretor da área de Wealth Management nas Américas do Deutsche Bank, mesmo assim Brasil deve registrar uma recuperação mais forte neste ano.

Ganhando terreno

Carrefour anuncia aquisição de 30 lojas do Makro por R$ 1,95 bilhão

O plano da varejista é converter as bandeiras das unidades para Atacadão dentro de até um ano após fechar a transação

AS LIÇÕES 'FIRE' DO BILIONÁRIO

O que você perguntaria a Warren Buffett?

Aos 89, o mago de Omaha tem muito a ensinar a quem procura dar um gás nos seus investimentos em busca da sua aposentadoria precoce

Risco de lascas de vidro

Heineken anuncia recall voluntário de lotes de long neck com problemas na garrafa

A empresa identificou alteração na embalagem que pode levar lasca de vidro a ser aberta

Após imbróglio com os russos

Fertilizantes Heringer homologa plano de recuperação judicial

Segundo Fato Relevante divulgado ontem pela companhia, o plano foi homologado pelo juízo da 2ª Vara Cível da Comarca de Paulínia

Impostos

Decreto para zerar tributo em querosene de aviação sai neste ano, diz Secretário

O governo vai editar um decreto para zerar, a partir de 2021, a incidência de PIS/Cofins sobre o combustível utilizado em aeronaves.

Entrevista

‘A grande vacina é a continuidade das reformas’, diz Ana Paula Vescovi, economista do Santander

Banco revisou para baixo previsão de crescimento para 2020, após indicadores fracos.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements