Menu
2019-04-05T10:23:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
BMW, Daimler e Volkswagen

UE acusa montadoras alemãs de conspiração para limitar desenvolvimento de tecnologias

Suspeita é de que as empresas teriam se reunido para discutir conjuntamente o desenvolvimento e uso de tecnologias para restringir emissões de gases; na Bolsa de Frankfurt, por volta das 9h (horário de Brasília), as ações da Volkswagen caíam 0,43% e as da Daimler tinham baixa marginal de 0,09%, mas as da BMW subiam 0,8%

5 de abril de 2019
10:19 - atualizado às 10:23
fabrica-volkswagen
Volkswagen - Imagem: Volkswagen/Divulgação

As montadoras alemãs BMW, Daimler e Volkswagen teriam conspirado para limitar o desenvolvimento de tecnologias para reduzir emissões de gases e assim violado as leis antitruste da União Europeia (UE) — conjunto de normas que ajuda os países a regular a conduta das empresas.

É o que diz a Comissão Europeia, orgão executivo do bloco europeu, que começou a investigar o setor automotivo da Alemanha depois de conduzir inspeções, em outubro de 2017, em instalações da BMW, da Daimler e da Volkswagen e de sua subsidiária Audi.

A operação foi motivada por suspeita de que as empresas teriam se reunido para discutir conjuntamente o desenvolvimento e uso de tecnologias para restringir emissões.

Na Bolsa de Frankfurt, por volta das 9h (horário de Brasília), as ações da Volkswagen caíam 0,43% e as da Daimler tinham baixa marginal de 0,09%, mas as da BMW subiam 0,8%.

Em comunicado divulgado hoje, a Comissão disse que informou às montadoras que, segundo avaliação preliminar, elas podem ter desrespeitado leis antitruste da UE entre 2006 e 2014. As empresas têm agora 10 semanas para estudar as conclusões da Comissão e responder às preocupações da UE.

"Empresas podem cooperar de muitas formas para melhorar a qualidade de seus produtos. No entanto, as regras de concorrência da UE não permitem conspiração para fazer exatamente o oposto: não melhorar seus produtos, não concorrer com base na qualidade", comentou a comissária de concorrência da UE, Margrethe Vestager.

A Comissão não comentou sobre possíveis multas às montadoras como resultado da investigação, que ainda pode demorar meses para ser concluída.

* Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

APRENDENDO COM O PROFESSOR BESSEMBINDER

O clube dos 900%: o que você pode aprender com os maiores casos de geração de riqueza da Bolsa americana

Empresas quebrando são mais frequentes que empresas dominando o mundo em algumas décadas. Mas poucos acertos podem rechear a sua carteira e garantir sua aposentadoria precoce.

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies