Menu
2019-04-05T10:23:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
BMW, Daimler e Volkswagen

UE acusa montadoras alemãs de conspiração para limitar desenvolvimento de tecnologias

Suspeita é de que as empresas teriam se reunido para discutir conjuntamente o desenvolvimento e uso de tecnologias para restringir emissões de gases; na Bolsa de Frankfurt, por volta das 9h (horário de Brasília), as ações da Volkswagen caíam 0,43% e as da Daimler tinham baixa marginal de 0,09%, mas as da BMW subiam 0,8%

5 de abril de 2019
10:19 - atualizado às 10:23
fabrica-volkswagen
Volkswagen - Imagem: Volkswagen/Divulgação

As montadoras alemãs BMW, Daimler e Volkswagen teriam conspirado para limitar o desenvolvimento de tecnologias para reduzir emissões de gases e assim violado as leis antitruste da União Europeia (UE) — conjunto de normas que ajuda os países a regular a conduta das empresas.

É o que diz a Comissão Europeia, orgão executivo do bloco europeu, que começou a investigar o setor automotivo da Alemanha depois de conduzir inspeções, em outubro de 2017, em instalações da BMW, da Daimler e da Volkswagen e de sua subsidiária Audi.

A operação foi motivada por suspeita de que as empresas teriam se reunido para discutir conjuntamente o desenvolvimento e uso de tecnologias para restringir emissões.

Na Bolsa de Frankfurt, por volta das 9h (horário de Brasília), as ações da Volkswagen caíam 0,43% e as da Daimler tinham baixa marginal de 0,09%, mas as da BMW subiam 0,8%.

Em comunicado divulgado hoje, a Comissão disse que informou às montadoras que, segundo avaliação preliminar, elas podem ter desrespeitado leis antitruste da UE entre 2006 e 2014. As empresas têm agora 10 semanas para estudar as conclusões da Comissão e responder às preocupações da UE.

"Empresas podem cooperar de muitas formas para melhorar a qualidade de seus produtos. No entanto, as regras de concorrência da UE não permitem conspiração para fazer exatamente o oposto: não melhorar seus produtos, não concorrer com base na qualidade", comentou a comissária de concorrência da UE, Margrethe Vestager.

A Comissão não comentou sobre possíveis multas às montadoras como resultado da investigação, que ainda pode demorar meses para ser concluída.

* Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

EXILE ON WALL STREET

Não tente se matar, pelo menos esta noite, não

Veja o seguinte: se até um ato grave como o suicídio depende de um método e de um contexto particular, o que dizer da decisão de compra e venda de ativos financeiros?

Hotéis respiram

Depois de quatro anos de queda, diária de hotéis volta a registrar alta em 2019

Após quatro anos seguidos de perdas, em 2019 os hotéis tiveram aumento real médio de 5,5% nos valores das diárias em 11 capitais brasileiras

impasse

TCU quer que governo comprove necessidade da retomada de obras em Angra 3

Órgão cobra transparência da União e questiona as justificativas para concluir um empreendimento que deve demandar outros R$ 15,5 bilhões, além dos R$ 8,3 bilhões já gastos,

Dia caótico

Ibovespa desaba mais de 5% e dólar sobe a R$ 4,43, ajustando-se à cautela com o coronavírus

O Ibovespa volta a operar sob intensa pressão e já marca as mínimas em 2020. A tensão global com o coronavírus, somada à cautela com o cenário político doméstico, desencadeiam um movimento forte de correção nos ativos domésticos

PIB menor

Mercado reduz projeção de alta do PIB para 2,20% em 2020, mostra Focus

Foi a segunda semana consecutiva de queda nas expectativas de analistas para o crescimento da economia, em meio à tensão que o novo coronavírus gerou nos mercados

atritos em brasília

Bolsonaro divulga vídeo para ato contra o Congresso; especialista vê crime de responsabilidade

Manifestações estão marcadas para dia 15 de março; na semana passada, o general Augusto Heleno acusou o Congresso de ‘chantagear’ governo, deflagrando uma crise

Esquenta dos mercados

Pré-abertura: bolsa brasileira volta do Carnaval sob intensa pressão do coronavírus

Enquanto a bolsa brasileira estava fechados por causa do Carnaval, os mercados acionários globais tiveram dias de forte queda, em meio ao avanço do coronavírus no mundo. Assim, é de se esperar uma forte correção no Ibovespa e nas ações domésticas nesta quarta-feira — a bolsa reabre às 13h.

Coronavírus chega ao Brasil

Brasil confirma primeiro caso do novo coronavírus

Trata-se de um paciente de 61 anos, de São Paulo, que esteve recentemente na Itália

o sim que faltava

Cade aprova aquisição pela PetroRio de 80% do Campo de Tubarão Martelo

Autarquia permitiu ato de concentração envolvendo a PetroRio O&G Exploração e Produção de Petróleo Ltda e a Dommo Energia S.A

MUDANÇAS NA DISNEY

Depois de quase 15 anos, Bob Iger sai do cargo de CEO da Disney

Apesar da saída da presidência, Iger permanece como presidente executivo da empresa até o fim de 2021

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements