Menu
2019-04-05T10:23:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
BMW, Daimler e Volkswagen

UE acusa montadoras alemãs de conspiração para limitar desenvolvimento de tecnologias

Suspeita é de que as empresas teriam se reunido para discutir conjuntamente o desenvolvimento e uso de tecnologias para restringir emissões de gases; na Bolsa de Frankfurt, por volta das 9h (horário de Brasília), as ações da Volkswagen caíam 0,43% e as da Daimler tinham baixa marginal de 0,09%, mas as da BMW subiam 0,8%

5 de abril de 2019
10:19 - atualizado às 10:23
fabrica-volkswagen
Volkswagen - Imagem: Volkswagen/Divulgação

As montadoras alemãs BMW, Daimler e Volkswagen teriam conspirado para limitar o desenvolvimento de tecnologias para reduzir emissões de gases e assim violado as leis antitruste da União Europeia (UE) — conjunto de normas que ajuda os países a regular a conduta das empresas.

É o que diz a Comissão Europeia, orgão executivo do bloco europeu, que começou a investigar o setor automotivo da Alemanha depois de conduzir inspeções, em outubro de 2017, em instalações da BMW, da Daimler e da Volkswagen e de sua subsidiária Audi.

A operação foi motivada por suspeita de que as empresas teriam se reunido para discutir conjuntamente o desenvolvimento e uso de tecnologias para restringir emissões.

Na Bolsa de Frankfurt, por volta das 9h (horário de Brasília), as ações da Volkswagen caíam 0,43% e as da Daimler tinham baixa marginal de 0,09%, mas as da BMW subiam 0,8%.

Em comunicado divulgado hoje, a Comissão disse que informou às montadoras que, segundo avaliação preliminar, elas podem ter desrespeitado leis antitruste da UE entre 2006 e 2014. As empresas têm agora 10 semanas para estudar as conclusões da Comissão e responder às preocupações da UE.

"Empresas podem cooperar de muitas formas para melhorar a qualidade de seus produtos. No entanto, as regras de concorrência da UE não permitem conspiração para fazer exatamente o oposto: não melhorar seus produtos, não concorrer com base na qualidade", comentou a comissária de concorrência da UE, Margrethe Vestager.

A Comissão não comentou sobre possíveis multas às montadoras como resultado da investigação, que ainda pode demorar meses para ser concluída.

* Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

seu dinheiro na sua noite

A chance do Pão de Açúcar de focar no seu negócio principal

Nessa nova experiência de home office que muitos de nós estamos vivendo, parcial ou integralmente, um dos desafios é conseguir manter o foco durante todo o expediente. Algumas pessoas dizem conseguir se concentrar muito melhor trabalhando de casa, onde é mais silencioso e confortável. Outras, como eu, encontraram bastante dificuldade para não procrastinar e acabar […]

Falta só a sanção

Câmara aprova prorrogação do prazo de entrega do Imposto de Renda até 31 de julho

Além de dar mais 90 dias de prazo, o texto também limitou o pagamento do imposto a, no máximo, seis parcelas

FECHAMENTO

Ibovespa engata segunda alta consecutiva, mas tempo segue fechado em Brasília

O Orçamento segue empacado e a situação fiscal preocupa, mas NY e as commodities vieram para salvar o dia e fazer o Ibovespa fechar a sessão no azul

Clássicos repaginados

Hasbro se une à plataforma de games Roblox para lançar novos produtos

A gigante dos brinquedos anunciou uma série de itens das linhas Nerf e Monopoly em parceria com a novata Roblox

Bom momento

Construtoras apresentam prévias operacionais fortes, apesar de restrições por causa da pandemia

Apesar dos lançamentos fracos, Cyrela viu crescimento nas vendas líquidas em comparação ao mesmo período do ano anterior; Direcional e Moura Dubeux bateram recordes de vendas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies