Menu
2019-03-15T18:06:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Bolsa e dólar hoje

Ibovespa termina semana acima dos 99 mil

Agora falta pouco para chegar à marca dos 100 mil pontos. Hoje, o governo da China e o leilão de aeroportos ajudaram

15 de março de 2019
10:36 - atualizado às 18:06
Selo marca a cobertura de mercados do Seu Dinheiro para o fechamento da Bolsa
O leilão de aeroportos também deu um empurrãozinho para valorizar algumas ações - Imagem: Seu Dinheiro

A sexta-feira terminou com a Bolsa de Valores de São Paulo no azul e batendo os 99 mil pontos. A agenda mais fraca, várias ações mais baratinhas com a queda dos últimos dias e a melhora nas negociações comerciais entre Estados Unidos e China ajudaram. Mas o que pesou mesmo foi o leilão de aeroportos, considerado um sucesso. Com grupos internacionais arrematando blocos e ágios altos, os estrangeiros se sentiram confortáveis para investir aqui. Assim, o Ibovespa encerrou o dia em alta de 0,54%, com 99.136 pontos - novo recorde que deixa a B3 mais perto da marca dos 100 mil. Na semana, a alta foi de 3,96% - a segunda melhor semana do ano, só perdendo para a primeira de janeiro. O dólar perdeu 0,74%, e fechou em R$ 3,82. Na semana, houve desvalorização acumulada de 1,28%. Mas no mês, há ganho de 1,79%.

Lá fora, o governo da China sinalizou novas medidas de estímulo econômico e apontou avanço nas conversas comerciais mantidas por telefone com autoridades norte-americanas.

Deu ruim no leilão (para a CCR)

As ações ON da CCR, que já estavam em baixa, caíram ainda mais depois de a empresa ficar sem nenhum lote no leilão de aeroportos, que aconteceu hoje na B3. CCR teve desvalorização hoje de 2,10%. A vencedora do leilão para aeroportos do Nordeste foi a estatal espanhola Aena. A Aena é a maior administradora de aeroportos do mundo em número de passageiros, operando 46 aeroportos.

O consórcio Aeroeste (Socicam Terminais Rodoviários -85% - e  a Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico, com 15%), venceu o Centro-Oeste, ao oferecer R$ 40 milhões como contribuicao inicial -  ágio de 4.739,38% em relação aos R$ 800 mil definidos como valor mínimo inicial para este bloco.

Na carona da privatização

Como os ágios foram muito altos no leilão de concessões de aeroportos hoje, muitos investidores jogam as fichas nas ações da Eletrobras, apostando numa privatização de sucesso. Os papéis ON da estatal ganharam 3,88% e PNB tiveram alta de 2,79%. Também subiram Light, com alta de 3,17% nas ações ON e Cemig, com 1,10%.

Desvio na estrada

A EcoRodovias ON teve queda de 2,80% neste pregão. A empresa divulgou que teve lucro líquido (exclui efeitos dos resultados dos ativos mantidos para venda) no quarto trimestre de R$ 70,7 milhões - 27% menor que igual período do ano passado. A concessionária de rodovias vem faturando menos desde a greve de caminhoneiros, que resultou em isenção de pedágio do eixo suspenso de caminhões.

Peste para uns, bênção para outros

A China vive seu pior surto de peste suína. Estima-se que 13% do comércio de carne de porco global pode ser afetado, o que eleva os preços em 22% nas últimas duas semanas. A alternativa mais barata, o frango, já subiu 19%. Isso acabou beneficiando ações de empresas do setor de proteína.

A BRF, por exemplo, liderou as altas do dia, depois de disparar e dispara com avanço de 7,08%. A empresa também pode se beneficiar de um possível acordo que presidente Jair Bolsonaro pode costurar com os EUA para reabertura do mercado de carne bovina durante sua viagem para a China na próxima semana. Além disso, o Bradesco BBI recomenda o papel. JBS teve alta de 3,12%.

Estácio

As ações ON de Estácio eram a segunda maior alta do Ibovespa, com ganho de 3,92%. Mas o papel inverteu e passou a cair 2,88%. O presidente, Eduardo Parente, disse hoje, em teleconferência com analistas, que o crescimento da empresa este ano estará baseado na expansão no ensino a distância (EAD), operações de fusões e aquisições e novos cursos na área de saúde, sobretudo medicina.

BRMalls

A BRMalls apresentou um ótimo balanço, mas suas ações tiveram queda de 2, 23%. A maior operadora de shopping centers do País teve lucro líquido ajustado 26% maior que o de um ano antes, somando R$ 162,837 milhões no quarto trimestre de 2018. O Ebitda ajustado foi de R$ 234,973 milhões no trimestre, recuo de 0,2%.

Marisa

A Marisa encerrou o quarto trimestre com vendas (mesmas lojas) com queda de 0,5% sobre o mesmo intervalo de 2017. No ano passado, as vendas mesmas lojas recuaram 2,2% ante 2017, ampliando a retração na comparação entre os períodos imediatamente anteriores, de queda de 0,8%. Com isso, a ação da empresa teve queda de 3,37%, fora do Ibovespa.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Podcast Tela Azul

CASH3: Conheça a Méliuz, sua estratégia de cashback e saiba por que esta ação tech está bombando

Em entrevista para o Podcast Tela Azul da Empiricus, Lucas Marques, COO da Méliuz, conta sobre a onda da estratégia de cashback e como ela funciona. É falado também do atual foco da companhia em Growth, e dos planos futuros. Entenda o que é o “jabutiCAC”, jargão que surgiu nesta edição.

Desceu redondo

Na Ambev, a venda de cerveja garantiu o happy hour no primeiro trimestre

A Ambev reportou forte crescimento na receita líquida e no lucro no primeiro trimestre, impulsionada pelas vendas de cerveja no Brasil

cardápio dos balanços

Balanços de Copel, Braskem, Azul e outros mexem com o mercado nesta quinta; veja os destaques

Só no Ibovespa, foram ao menos cinco companhias que revelaram os resultados do primeiro trimestre entre esta quarta e quinta; desempenho mexe com os papéis das companhias

Exile on Wall Street

Investir de maneira inteligente ajuda (mas não garante) retorno

Quero voltar aqui rapidamente ao Day One de terça, quando o Felipe citou o Soros em sua melhor forma, o arquétipo do investidor autocrítico: “Toda posição tem uma ou mais vulnerabilidades.” “Se você acha sua exposição perfeita, cuidado; você apenas não entendeu direito.”  “Sempre existe algo escondido ali, alguma armadilha não percebida a priori. Suas chances de […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies