Menu
2019-07-12T17:56:11-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Bancos públicos

BNDES apresenta nova diretoria e fala em explicar “caixa-preta”

Para Gustavo Montezano, BNDES deve ser sustentável e não necessariamente lucrativo e banco não deve competir onde o setor privado pode atuar

12 de julho de 2019
17:56
BNDES Gustavo Montezano
Presidente do BNDES, Gustavo Montezano - Imagem: Hoana Gonçalves/Ascom ME

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, apresentou a composição e a nova estrutura do banco de fomento. Na terça-feira, está prevista cerimônia de posse no Palácio do Planalto.

Em apresentação feita por Montezano e disponibilizada pelo BNDES, chama atenção a filosofia destacada pelo novo presidente, que assumiu o lugar após a saída de Joaquim Levy. Entre as prioridades das primeiras semanas está “explicar a caixa-preta”.

Em nota, o BNDES afirma que a estrutura organizacional segue a nova estratégia de atuação, "em alinhamento com o Ministério da Economia, como um banco de serviços para o Estado brasileiro, com concentração das atividades no apoio a projetos de relevante impacto social".

Um dos motivos de desentendimento entre Levy e Paulo Guedes seria a demora ou relutância do BNDES em devolver empréstimos do Tesouro. Também haviam críticas sobre a venda de participações do BNDESPar, braço de participações do banco, que passam de R$ 100 bilhões.

A principal mudança destacada pela instituição é a criação de diretorias de negócios e serviço focadas no atendimento aos clientes públicos, com destaque para União, Estados e municípios.

Para apoiar essa atividade será criada uma diretoria focada em Relações Institucionais e Governo, baseada em Brasília, “com um time dedicado a atender esses clientes e viabilizar soluções de impacto positivo para a população”.

Também há uma diretoria dedicada exclusivamente à atividade de compliance, “incrementando o padrão de governança da instituição”. E diretoria de recursos humanos, “dedicada à adaptação dos empregados à nova estratégia corporativa”.

Diretores

Passam a fazer parte da nova diretoria Leonardo Cabral (Privatizações), Adalberto Vasconcelos (Relações Institucionais e Governo), Ricardo Barros (Operações), Alexandre Marques (Compliance) e Saulo Puttini (Jurídica).

Os titulares das outras três diretorias ainda não foram definidos. Denise Pavarina (Crédito e Participações), Roberto Marucco (Recursos Humanos) e José Flávio Ramos (Financeiro) permanecem interinamente durante o período de transição.

Um breve currículo dos diretores pode ser encontrado aqui, bem como a apresentação feita por Montezano.

Caixa-preta

Entre as ações das primeiras oito semanas está explicar a “caixa-preta”, mote de campanha eleitoral e que ainda segue firme dos discursos do presidente Jair Bolsonaro e apoiadores.

A “caixa-preta” já foi aberta e reaberta diversas vezes se a ideia é saber para que empresas e para quais “governos amigos” foram feitos empréstimos nos governos petistas.

Desde junho de 2015 já é possível ter acesso a dados como valores emprestados, prazos e taxas de financiamento. Em janeiro foi feita uma nova abertura da caixa-preta, com essas informações sendo reorganizadas e apresentadas de forma mais amigável. Fica a expectativa das explicações que Montezano vai dar e se elas serão suficientes.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Os três mosqueteiros do varejo e outros destaques da noite

Na bolsa e no setor de varejo, a máxima do “um por todos e todos por um” não se aplica. Empresas competem umas com as outras e investidores buscam as melhores aplicações — o “cada um por si” tem bem mais adeptos. Mas, quem diria, três mosqueteiros juntaram suas espadas para comemorar os bons resultados […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sobe puxado pelo minério de ferro e encosta nos 123 mil; NY fecha o dia no vermelho

Com a economia chinesa aquecida, a demanda por commodities segue em alta e sustenta bons níveis para o Ibovespa.

Seleção Empiricus

🔴 AO VIVO: Quais são os investimentos para o segundo semestre? | Seleção Empiricus

Caminhando para o fim do primeiro semestre, nosso time do Seleção Empiricus de hoje discute o que podemos esperar da Bolsa para os próximos meses. A escalação do jogo de hoje conta com Max Bohm, Matheus Spiess, Cris Fensterseifer e Marcos Queiroz.

Segure seus bitcoins

Golpistas se passam por Elon Musk e roubam dinheiro de investidores de criptomoedas

Os criminosos usaram perfis falsos do CEO da Tesla para levar ao menos US$ 2 milhões de entusiastas do bitcoin e outras moedas digitais

Orçamento apertado

Segmentos mais impactados de comércio e serviços tiveram perdas de R$ 225,7 bi em 2020

Montante é maior que o total produzido por países como Sérvia e Tunísia. Varejo de roupas perdeu 10% do seu tamanho no ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies