Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-13T11:28:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
no balanço

Banco estatal Banrisul registra lucro de R$ 335,4 milhões no 2º trimestre

Resultado foi impactado pela reestruturação de planos de benefício pós-emprego da FBSS; retorno sobre o patrimônio foi de 17,5%

13 de agosto de 2019
11:28
Fachada do Banrisul
Banrisul - Imagem: Shutterstock

O Banrisul registrou lucro líquido de R$ 335,4 milhões no segundo trimestre, com crescimento de 28% em relação ao lucro líquido do mesmo intervalo de 2018 e de 4,8% na comparação com o primeiro trimestre.

O lucro líquido recorrente somou R$ 305,7 milhões no mesmo período, com ampliação de 16,7% em relação ao segundo trimestre do ano passado e redução de 4,5% na comparação com o primeiro trimestre.

Nos primeiros seis meses do ano, o lucro líquido alcançou R$ 655,3 milhões, 29,5% acima do lucro líquido apurado no mesmo período do ano passado. O lucro líquido recorrente totalizou R$ 625,6 milhões no primeiro semestre de 2019, 23,7% acima do lucro líquido registrado nos seis primeiros meses de 2018.

Nesta segunda, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), chegou afirmar que sua gestão vai manter o banco como uma instituição pública. Segundo ele, antes de se pensar na privatização do Banrisul, é necessário equacionar o déficit do Estado e as causas que pesam a folha de pagamento do Estado.

No balanço

Segundo documento apresentado pelo banco, o resultado foi impactado pela reestruturação de planos de benefício pós-emprego da FBSS, tratado como extraordinário, cujo efeito no lucro, líquido dos impactos tributários, é de R$ 29,7 milhões.

O banco explica ainda que o desempenho recorrente registrado pelo Banrisul no comparativo semestral reflete a relativa estabilidade do resultado bruto da intermediação financeira.

Além disso, a instituição também credita o resultado ao aumento das receitas de prestação de serviços e de tarifas bancárias, o crescimento das despesas administrativas, a trajetória favorável das outras receitas/despesas operacionais recorrentes e o menor volume de tributos sobre o lucro, face, em especial, á redução de alíquota da CSLL em janeiro de 2019.

Em relação ao desempenho do primeiro trimestre, o desempenho recorrente do segundo trimestre foi influenciado, especialmente, pela relativa estabilidade da margem financeira, pelo crescimento das despesas de PDD, pelo aumento das receitas de prestação de serviços e de tarifas bancárias, pela redução das despesas administrativas e pela trajetória desfavorável das outras receitas/despesas operacionais recorrentes.

O retorno sobre o patrimônio (ROAE) foi de 15,6% no segundo trimestre de 2018 para 17,5% no segundo trimestre deste ano. Os ativos totais somavam ao final do segundo trimestre R$ 79,465 bilhões, 5,48% dos R$ 75,331 bilhões no mesmo período de 2018.

O patrimônio líquido estava em R$ 7,522 bilhões em junho, 6,93% acima dos R$ 7,034 bilhões em junho de 2018. O índice de Basileia subiu 0,8 ponto porcentual para 15,8% no segundo trimestre em comparação ao mesmo período de 2018.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Virou o jogo

Arezzo (ARZZ3) pode subir 30% com compra da Reserva e novas aquisições

Os analistas do banco de investimentos estão mais confiantes no potencial de lucro da empresa e elevaram também o preço-alvo dos papéis

unicórnio latino

Plataforma de venda de carros usados Kavak se torna a segunda startup mais valiosa da América Latina

Empresa foi avaliada em US$ 8,7 bilhões, após nova rodada de aportes liderada pelo fundo de venture capital General Catalyst

Oportunidades

Ditadura, crise de 2008 e tragédia do governo Dilma: nada venceu a Bolsa no longo prazo; conheça 7 ações promissoras diante da queda do Ibovespa

É tolice cair no desespero de vender ações na baixa do Ibov, afinal, histórico da Bolsa mostra que nenhuma crise venceu a bolsa no longo prazo; dito isso, o Seu Dinheiro apresenta para você oportunidades que você deve ficar de olho

Estável, mas...

O que mexe com o preço do bitcoin (BTC) hoje: criptomoedas sentem cautela, mas China pode ajudar mercado após caso Evergrande; entenda

A decisão sobre retirada de estímulos da economia pode afetar as criptomoedas, mas o dinheiro pode vir da China, com o caso Evergrande

Destaques da bolsa

Siderúrgicas e mineradoras puxam alta da bolsa e sobem forte após disparada de 16% no minério de ferro; confira

Depois de cair 8% no início da semana, o minério de ferro disparou no porto de Qingdao, na China e mexeu com as ações do setor na bolsa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies