Menu
2019-12-24T10:16:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Presente de Natal

Banco do Brasil isentará clientes de tarifa no cheque especial

Clientes atuais e novos do Banco do Brasil serão isentos de cobrança de tarifas no cheque especial, medida que será implantada ao longo de 2020

24 de dezembro de 2019
10:16
Fachada do edifício sede do Banco do Brasil em Brasília.
Fachada do edifício sede do Banco do Brasil em Brasília. - Imagem: Fernando Bizerra/Agência Senado

O Banco do Brasil informou que vai isentar a cobrança de tarifas para todos os clientes com limite no cheque especial — as novas condições são válidas tanto para os atuais quanto para os novos correntistas.

Em nota, o banco lembra que a resolução CMN 4765, de 27 de novembro de 2019, prevê que os bancos possam cobrar essa modalidade de tarifa a partir de 06 de janeiro de 2020, mas ressalta que optou pela isenção ao longo do próximo ano.

Com a medida, o banco espera fortalecer o relacionamento com seus clientes e aprimorar a experiência na utilização de seus produtos e serviços.

"A isenção da tarifa no cheque especial demonstra que proporcionar a melhor experiência para nossos clientes está no centro da nossa estratégia. A medida demonstra que buscamos cada vez mais aliar a oferta de produtos e serviços de qualidade, com a definição de preços e taxas ainda mais competitivos", afirma em nota o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes.

Parceria

O Banco do Brasil também fechou uma parceria com a Bom Pra Crédito, que começará com oferta de empréstimo pessoal, o BB Crédito Automático, no site da fintech.

Na sequência, serão disponibilizadas outras linhas de empréstimo pessoal, como o BB Crédito Salário, assim como as linhas de crédito consignado para correntistas.

A parceria, segundo o BB, reforça a estratégia do banco em prover aos clientes soluções 100% digitais e amplia o potencial de negócios com maior participação nas milhares de pesquisas por crédito online feitas diariamente, em um momento em que cada vez mais pessoas usam a Internet como o primeiro canal de consulta quando precisam de empréstimos.

O Bom Pra Crédito é um marketplace digital, que recebe propostas de empréstimo online de forma gratuita e encaminha para análise das instituições financeiras plugadas na sua plataforma de comparação de condições do crédito pessoal. Fundada em 2014, a empresa já recebeu solicitações de empréstimos de mais de 6 milhões de pessoas.

"Em um cenário de forte competição entre instituições financeiras e fintechs, a tendência é firmarmos parceria com empresas que ofereçam soluções digitais que possibilitem ao banco escalar produtos e serviços aos nossos clientes", afirma em nota o diretor de atendimentos e canais, Thompson César.

Para Ricardo Kalichsztein, CEO e fundador do Bom Pra Crédito, a parceria com o BB é um passo importante para uma empresa que pretende conectar as pessoas que precisam de dinheiro com quem pode emprestar. "Em nossa base, temos milhares de clientes do BB e que agora poderão contratar operações num fluxo 100% digital", afirma.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

coronavírus no país

Covid-19: Brasil tem 1,2 mil novas mortes e 60 mil novos casos

Até o momento, 2.356.640 pessoas se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

A questão de Bolsonaro: ser ou não ser liberal

Ser ou não ser liberal. Eis a questão de Jair Bolsonaro. O presidente foi eleito com uma pauta de defesa das reformas, redução do tamanho do Estado e equilíbrio das contas públicas. O fiador desse discurso foi Paulo Guedes, que assumiu o comando da economia. O receituário foi seguido no primeiro ano de mandato, com […]

de olho nos números

Suzano, JBS, B3, Cyrela, Lojas Americanas, B2W, Hering: os balanços que vão mexer com o mercado nesta sexta

Balanços do segundo trimestre devem guiar os negócios no Ibovespa no último pregão da semana

Balanço

B3 tem lucro 28,9% maior no 2º trimestre e aumenta investimento para dar conta do volume da bolsa

A dona da bolsa brasileira registrou lucro líquido recorrente de R$ 1,012 bilhão e pretende investir até R$ 425 milhões em sistemas e novos produtos para o mercado

confiança com capitalização

Para presidente da Eletrobras, saída de Mattar não prejudica privatização

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, disse nesta quinta-feira, 13, que a saída do secretário especial de Desestatização, Salim Mattar, não irá prejudicar a capitalização da empresa prevista para o ano que vem, e que confia que após debates com o Congresso Nacional, o processo seja aprovado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements