Menu
2018-11-29T14:56:09-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Gigante de papel e celulose

‘Cade europeu’ aprova a fusão entre Suzano e Fibria

Pedido de aprovação havia sido enviado no início de outubro e foi julgado neste mês

29 de novembro de 2018
14:53 - atualizado às 14:56
Suzano Papel e Celulose
Suzano Papel e Celulose - Imagem: Amanda Oliveira/Governo da Bahia

A Fibria e a Suzano deram mais um importante passo no seu processo de fusão nesta quinta-feira, 29. Isso porque a autoridade da concorrência da Europa (o Cade europeu) aprovou o negócio com base nos termos aprovados em Assembleias Gerais Extraordinárias das companhias, realizadas no dia 13 de setembro de 2018.

O pedido foi enviado em 11 de outubro deste ano, depois que o negócio foi validado por países como Estados Unidos, China e Turquia. De acordo com a Suzano, o negócio será concluído em 14 de janeiro de 2019 e resultará na quarta companhia mais valiosa do Brasil (excluindo financeiras). Serão 11 milhões de toneladas de celulose e 1,4 milhão de toneladas de papel produzidos por ano.

As companhias informaram também que a operação ainda estava sujeita ao encerramento antecipado do contrato para fornecimento de celulose de fibra curta celebrado entre Fibria e Klabin.

Sobre esse tema, a Klabin informou que após avaliar os benefícios mercadológicos e estratégicos de assumir a comercialização de celulose de fibra curta BEKP (Bleached Eucalyptus Kraft Pulp) atualmente realizada pela Fibria, protocolou memorando às autoridades europeias propondo o encerramento antecipado do contrato de comercialização de BEKP firmado com a Fibria como um remédio à operação entre Suzano e Fibria.

A empresa ressalta que muitos compradores de BEKP já mantêm relacionamento direto com a Klabin por também serem clientes de celulose de fibra longa e fluff, produtos de boa aceitação no mercado desde o início das operações da Unidade Puma.

"A Klabin conta com adequada estrutura comercial, logística e know-how na distribuição dos mais diversos produtos, e com esse passo firma-se como um fornecedor independente e competitivo também no mercado internacional de BEKP", afirma a empresa.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Otimismo

Mercado reage bem a prévias da Cyrela, consideradas ‘impressionantes’ e ‘excepcionais’ por analistas

Ontem, após o fechamento, a incorporadora informou alta de 46% no número de lançamentos e de 58% nas vendas do terceiro trimestre, em comparação ao mesmo período do ano passado

Ações em queda

O alçapão no fundo do poço: Cielo tem preço-alvo reduzido pelo Goldman Sachs

Analistas do banco norte-americano mantiveram a recomendação de venda e reduziram o preço-alvo das ações da Cielo (CIEL3) de R$ 3,70 para R$ 3,30

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Saúde

Ações da Qualicorp disparam com interesse da Rede D’Or em elevar participação

Maior acionista da Qualicorp, com participação de 12,95%, Rede D’Or entrou com pedido de autorização no Cade para adquirir mais ações da companhia na bolsa

Exile on Wall Street

IPOs: O princípio da contraindução — voltamos a comprar powerpoints?

Podemos nos atrair por casos de crescimento. Não há o menor problema nisso. Mas que haja alguma substância. E, acima de tudo, que cometamos erros novos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies