Menu
2018-11-29T14:56:09-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Gigante de papel e celulose

‘Cade europeu’ aprova a fusão entre Suzano e Fibria

Pedido de aprovação havia sido enviado no início de outubro e foi julgado neste mês

29 de novembro de 2018
14:53 - atualizado às 14:56
Suzano Papel e Celulose
Suzano Papel e Celulose - Imagem: Amanda Oliveira/Governo da Bahia

A Fibria e a Suzano deram mais um importante passo no seu processo de fusão nesta quinta-feira, 29. Isso porque a autoridade da concorrência da Europa (o Cade europeu) aprovou o negócio com base nos termos aprovados em Assembleias Gerais Extraordinárias das companhias, realizadas no dia 13 de setembro de 2018.

O pedido foi enviado em 11 de outubro deste ano, depois que o negócio foi validado por países como Estados Unidos, China e Turquia. De acordo com a Suzano, o negócio será concluído em 14 de janeiro de 2019 e resultará na quarta companhia mais valiosa do Brasil (excluindo financeiras). Serão 11 milhões de toneladas de celulose e 1,4 milhão de toneladas de papel produzidos por ano.

As companhias informaram também que a operação ainda estava sujeita ao encerramento antecipado do contrato para fornecimento de celulose de fibra curta celebrado entre Fibria e Klabin.

Sobre esse tema, a Klabin informou que após avaliar os benefícios mercadológicos e estratégicos de assumir a comercialização de celulose de fibra curta BEKP (Bleached Eucalyptus Kraft Pulp) atualmente realizada pela Fibria, protocolou memorando às autoridades europeias propondo o encerramento antecipado do contrato de comercialização de BEKP firmado com a Fibria como um remédio à operação entre Suzano e Fibria.

A empresa ressalta que muitos compradores de BEKP já mantêm relacionamento direto com a Klabin por também serem clientes de celulose de fibra longa e fluff, produtos de boa aceitação no mercado desde o início das operações da Unidade Puma.

"A Klabin conta com adequada estrutura comercial, logística e know-how na distribuição dos mais diversos produtos, e com esse passo firma-se como um fornecedor independente e competitivo também no mercado internacional de BEKP", afirma a empresa.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Sob nova direção

BR Distribuidora anuncia Wilson Ferreira Junior, da Eletrobras, como novo presidente

O executivo vai ocupar o lugar de Rafael Grisolia, que deixará o comando da rede de postos de combustíveis no fim deste mês

Mercados hoje

Dólar sobe em dia de feriado na B3 e bolsas perdem força lá fora; Eletrobras desaba em NY

Setor de tecnologia sustenta os índices S&P500 e Nasdaq em alta em meio a preocupações com avanço da covid-19; ações brasileiras caem em NY

Recuperação judicial

Oi recebe propostas acima do valor mínimo por unidade de fibra ótica

A operadora espera vender uma fatia de 25,5% a 51% de seu negócio de fibra ótica, por uma avaliação mínima de R$ 20 bilhões, incluindo dívida

Os juros vão subir?

Mercado eleva projeção para a Selic após reunião do Copom

A mediana das previsões para a taxa básica de juros neste ano subiu de 3,25% para 3,50% ao ano, de acordo com o relatório Focus, divulgado pelo Banco Central

Dinheiro no bolso

Banco do Brasil anuncia percentual do lucro que vai pagar em dividendos em 2020 e 2021

Banco pretende distribuir 35,29% do lucro líquido do ano de 2020 aos acionistas e 40% do resultado deste ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies