Menu
2018-10-15T14:42:24-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Mercados

Estrangeiro vira a mão e está vendido em Ibovespa futuro

Em apenas nove pregões “aposta” do não residente na alta da bolsa tem uma das maiores reversões do ano

15 de outubro de 2018
12:22 - atualizado às 14:42
touro e urso: bull market vs. bear market
Imagem: Shutterstock

As posições no mercado futuro mostram uma firme mudança de postura dos investidores estrangeiros no mercado de índice futuro do Ibovespa. Em apenas nove pregões a “aposta” de alta, que somava quase 175 mil contratos, virou uma leve posição vendida, ou de queda, de 402 contratos.

Já tínhamos alertados para mudança de posição na semana passada. O que chama atenção é a velocidade de reversão, pois desde o começo de junho o não residente vinha carregando firme posição comprada, próxima a 150 mil contratos. Agora, a posição vendida volta a patamares não vistos desde o fim de maio.

A contraparte do estrangeiro nesse mercado é o investidor institucional (fundos de investimentos), que saiu de uma posição vendida de pouco mais de 180 mil contratos, para apenas 1.670 contratos vendidos. Assim, o mercado de Ibovespa futuro abre a semana “mais leve”, ou seja, sem grandes apostas para nenhum dos lados.

Segundo o sócio e fundador da Novus Capital, Luiz Eduardo Portella, o estrangeiro opera Brasil como um mercado emergente padrão. Quando o local estava pessimista, eles compraram índice, pois a perspectiva para emergentes estava melhorando.

Agora, diz Portella, com o cenário eleitoral mais positivo eles venderam a posição, pois há uma piora de cenário para emergentes em função da forte queda recente da bolsa americana.

Outra forma de ler a movimentação é que o estrangeiro realizou lucros quando o mercado melhorou e os fundos reduziram sua posição defensiva. Agora ambos estão à espera de melhores definições, tanto locais quanto externas, antes de montarem posições mais expressivas.

A função do Ibovespa futuro

Uma forma de ler as posições no Ibovespa futuro é como uma proteção (hedge) às oscilações no mercado à vista. Por exemplo. O investidor está comprado em bolsa no mercado à vista e vai proteger essa exposição no mercado futuro vendendo contratos de Ibovespa.

No entanto, o mercado também opera o Ibovespa futuro com um ativo em si. Podendo montar apostas de alta (comprado) ou de queda (vendido) no Ibovespa.

Olhando o fluxo de estrangeiros no mercado à vista, com dados até o dia 10, o resultado era positivo em R$ 1,9 bilhão na Bovespa. O institucional também tinha saldo positivo de R$ 1,277 bilhão no mesmo período. Vale lembrar que o não residente responde por mais de 48% do movimento da bolsa brasileira.

Posição no mercado de câmbio

No mercado de dólar futuro e cupom cambial (DDI, juro em dólar), o não residente seguiu comprando moeda americana na semana passada. O estoque de posição é de US$ 38,643 bilhões.

Na ponta de venda, estão os bancos, vendidos em US$ 18,3 bilhões, e os fundos de investimentos, também vendidos em US$ 22,7 bilhões.

A avaliação sobre possíveis perdas e ganhos com as posições é sempre feita em tese, pois não sabemos a que preço a compra ou venda foi feita. Além disso, esses agentes podem ter posições em moeda estrangeira no mercado à vista e em derivativos de balcão. Bancos, por regra, não podem ter exposição cambial direcional. É uma medida prudencial.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

mal entendido

Guedes nega atritos com o presidente do Banco Central

Na quinta-feira à noite, quando falava sobre a aprovação da Lei de Falências, Guedes ficou irritado com uma pergunta sobre perda de credibilidade pelo mercado financeiro e as críticas de que não tem plano para a economia

agora vai?

Acordo sobre reforma tributária está perto, diz autor de PEC

Em entrevista recente ao Seu Dinheiro, a assessora especial do ministro da Economia, Vanessa Canado, afirmou que a aprovação da proposta depende apenas de um acordo político.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Integração

Itaú vai estender consultoria de investimentos a clientes de varejo

Tratamento personalizado hoje dispensado a clientes Personnalité e private será estendido mesmo aos clientes de menor renda

sem gás

Petrobras rejeita proposta da subsidiária da Cosan pela Gaspetro

Oferta da Compass por 51% da distribuidora de gás natural não qualifica para próxima etapa de processo de desinvestimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies