⚽️ Brasil enfrenta a Coreia do Sul na próxima fase; confira os dias dos próximos jogos

Cotações por TradingView
2019-04-04T13:42:43-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Mercados

Dólar tem alta com guerra comercial no exterior e cenário eleitoral

Guerra comercial entre EUA e China e incertezas na política brasileira tiveram impacto na cotação da moeda

18 de setembro de 2018
9:45 - atualizado às 13:42
Dólar
Moeda americana era negociada no fim do pregão a R$ 4,142Imagem: Creative Commons/Pixabay

O dólar encerrou a terça-feira em alta de 0,41% após fechar o dia de ontem em queda de 0,98%, a R$ 4,1261. A moeda americana era negociada no fim do pregão a R$ 4,142.

Cenário Incerto

A instabilidade do dólar se dá em um momento de incertezas sobre o cenário eleitoral brasileiro. As pesquisas indicam um segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e um candidato de esquerda - Ciro Gomes (PDT) ou Fernando Haddad (PT) - sendo que este último é atualmente o favorito. Esse panorama fez com que os investidores abandonassem suas apostas na candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB), considerada a mais alinhada com as agendas de reformas.

Como Bolsonaro mostra força para chegar ao segundo turno, o mercado passou a concentrar suas atenções no presidenciável do PSL. Colocando mais pimenta nessa história, a nova pesquisa do Ibope que será divulgada hoje à noite foi o principal foco de atenção.

Guerra Tarifária

No exterior, a guerra tarifária e as provocações entre EUA e China também aumentam as apreensões dos mercados emergentes. O governo chinês anunciou nesta terça-feira (18) que adotará retaliação contra os Estados Unidos após o presidente Donald Trump anunciar nova tarifa, de 10%, sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses. O americano ainda disse planeja subir as tarifas a 25% em 1º de janeiro de 2019. Em comunicado, o Ministério do Comércio de Pequim afirmou que a China irá retaliar, sem dar detalhes de como o fará.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

FECHAMENTO DO DIA

Poeira assenta em Brasília e Ibovespa sobe quase 3% na semana; dólar cai a R$ 5,21

2 de dezembro de 2022 - 19:29

Em Nova York, no entanto, o clima foi de cautela. O payroll, o raio-X do mercado de trabalho americano e um dos dados mais importantes para o Federal Reserve na decisão de política monetária, mostrou uma força maior do que a esperada

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Raízen (RAIZ4) depositará R$ 918 milhões na conta dos acionistas em 2023, mas data de corte é na próxima semana; veja quem terá direito à bolada

2 de dezembro de 2022 - 19:22

A Raia Drograsil anunciou o pagamento de proventos nesta sexta-feira (2): a farmacêutica distribuirá R$ 90 milhões na forma de JCP

TOMA LÁ, DÁ CÁ

Vai causar estrago? Europa fixa valor do barril de petróleo russo em US$ 60 e deve despertar a fúria de Putin

2 de dezembro de 2022 - 18:35

Na decisão de hoje, os europeus detalham que o limite de preço do petróleo russo será revisado regularmente e deve ser “pelo menos 5% abaixo do valor médio de mercado”

SEU DINHEIRO NA COPA

Confira os dias dos jogos das oitavas-de-final da Copa do Mundo e o horário de Brasil x Coreia do Sul

2 de dezembro de 2022 - 18:11

Encerrados os jogos do Grupo G, estão definidos os confrontos valendo vaga nas quartas-de-final da Copa do Mundo do Catar

VAGAS AFIRMATIVAS

Serasa Experian abre vagas exclusivas para pessoas com deficiência; saiba como se inscrever

2 de dezembro de 2022 - 16:15

Ao todo, são 50 oportunidades para as áreas de tecnologia, operações, corporativo e jurídico; nas cidades de Blumenau (SC), São Carlos (SP) e São Paulo (SP). O regime de trabalho é híbrido.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies