🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Mercados

Bovespa e dólar andam bem, mas na renda fixa ajuste está ainda mais forte

Melhora no apetite por risco derruba taxas de juros. Se você tem NTN-Bs longas na carteira vale dar uma olhada no extrato

Eduardo Campos
Eduardo Campos
16 de outubro de 2018
18:30 - atualizado às 19:24
cotações em painel de bolsa de valores
Imagem: Shutterstock

Os mercados de bolsa e câmbio já fizeram um grande ajuste de preço com a redução das incertezas eleitorais. Mas o mercado de juros futuros e de Notas do Tesouro Nacional Série B (NTN-Bs) estava com um relativo atraso.

O cenário externo tinha estimulado uma postura um pouco mais cautelosa no fim da semana passada, mas com os índices americanos voltando a sinalizar firme apetite por risco, o mercado local entrou no que se chama de rotação.

Segundo o responsável pela mesa institucional de futuros da Genial Investimentos, Roberto Motta, os ativos de renda fixa, que não estavam performando, tiveram forte ajuste ontem e hoje. Assim, esses ativos buscaram um alinhamento com o movimento do dólar, que mais de uma vez já testou a linha de R$ 3,7, e do Ibovespa, que já chegou a flertar com os 88 mil pontos.

“Há muito tempo não via um ajuste tão forte em renda fixa perante outros ativos”, diz Motta.

Para dar uma ideia do que é performar na renda fixa, Motta chama atenção para as NTN-Bs de prazo mais longo, que chegaram a mostra um prêmio de 6%, há poucas semanas, e hoje estão abaixo dos 5%. Esse tipo de fechamento de taxa gera um ganho bastante expressivo no valor do papel em reais. Quanto menor a taxa, maior o valor nominal do papel.

“Quem tem papel do Tesouro atrelado ao IPCA de longo prazo e resolver abrir o extrato, por curiosidade, vai achar que está errado. O ganho de capital foi grande, digno de bolsa”, explica Motta.

Outro exemplo vem da curva de juros futuros (que conversa com o mercado de títulos do Tesouro). O contrato de DI para vencimento em janeiro de 2025, por exemplo, caiu de 10,8% para 10,15% em apenas três dias. Alongando um pouco mais o horizonte, esse contrato estava projetando juro de 12,5% no começo de setembro.

Daqui para frente

Para Motta é o cenário externo que vai continuar ditando as movimentações nos mercados de renda fixa, bolsa e câmbio. Mas ele lembra que a grande distorção de preço que existia já foi fechada.

Se o dólar seguir perdendo fôlego globalmente não tem motivo para esse atual piso de R$ 3,7 continuar sendo respeitado.

“A linha de R$ 3,7 não é dogma. É questão de o mercado global querer mais risco ou não.”

No front local, o especialista lembra que o mercado trabalha com uma probabilidade de 95% de Jair Bolsonaro ganhar a eleição em 28 de outubro. Então, até lá, prevalece o benefício da dúvida e não se espera nenhuma sinalização mais convicta do candidato com relação aos temas envolvendo reformas e privatizações. Até porque são assuntos que tiram votos.

“O mercado está dando esse benefício da dúvida. Agora, ganhou a eleição, o mercado vai cobrar que Bolsonaro volte rápido com esses temas e de forma agressiva”, explica Motta.

Para Fernando Haddad, a conta baixa é de que ele precisa ganhar 1,5 milhão de votos por dia para tomar a eleição de Bolsonaro. O candidato tem tentando ajustar o discurso e acenar para um eleitorado mais amplo, mas é muito difícil conquistar tal volume de votos.

Compartilhe

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

ANOTE AÍ

The Merge do Ethereum (ETH): confira lista de plataformas e exchanges que terão as atividades suspensas durante atualização

14 de setembro de 2022 - 15:51

Por motivo de segurança, alguns aplicativos devem suspender as atividades durante a principal atualização do sistema

DIA AGITADO PARA O INVESTIDOR

‘Revolta’ de mineradores um dia antes do The Merge do ethereum (ETH), bitcoin (BTC) em queda de 9%: confira tudo que movimenta o dia das criptomoedas

14 de setembro de 2022 - 9:29

Do outro lado do mercado, o token que registra a maior alta do dia é o Celsius (CEL), da plataforma que segue fora do ar e “travou” o dinheiro dos investidores há meses

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

WEB 3.0

Navegador Opera dá mais um passo em direção à Web 3.0 e integra wallet de criptomoedas Metamask ao seu sistema; entenda o que significa

13 de setembro de 2022 - 15:53

Em janeiro deste ano, o Opera já havia anunciado que passaria a integrar as carteiras de criptomoedas ao seu navegador

BOMBOU NAS REDES

Dólar mais barato do que em casas de câmbio: estas 7 contas digitais te ajudam a ‘escapar’ de impostos absurdos e qualquer brasileiro pode ‘se dar bem’ com elas; descubra qual é a melhor

13 de setembro de 2022 - 13:44

Analisamos sete contas em dólar disponíveis no mercado hoje, seus prós e contras, funcionalidades e tarifas e elegemos as melhores

HOJE NÃO!

Bitcoin (BTC) não sustenta sétimo dia seguido de alta e passa a cair com inflação dos EUA; Ravecoin (RNV) dispara 63% com proximidade do The Merge

13 de setembro de 2022 - 10:28

O ethereum (ETH) passa por um período de consolidação de preços, mas o otimismo é limitado pelo cenário macroeconômico

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Os rumos das moedas: quais devem ser os próximos passos do dólar, do euro e do real

13 de setembro de 2022 - 6:10

Normalmente são os mercados emergentes que arcam com o peso de um dólar forte, mas não é o que ocorre dessa vez

JOGADA ARRISCADA

Você trocaria ações da sua empresa por bitcoin? Michael Saylor, ex-CEO da Microstrategy, pretende fazer isso com o valor de meio bilhão de dólares

12 de setembro de 2022 - 11:51

Desde o começo do ano, o bitcoin registra queda de mais de 50% e as ações da Microstrategy também recuam 52%

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies