Menu
2018-11-04T08:59:11-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Estatais

Em manobra, Kassab coloca general na presidência dos Correios

O escolhido é o atual presidente do conselho da estatal, general Juarez Aparecido de Paula Cunha, com mais chances no governo Bolsonaro

4 de novembro de 2018
8:59
Gilberto Kassab
Gilberto Kassab, das Comunicações: escolhido pelo ministro é o atual presidente do conselho da estatal - Imagem: Antonio Cruz/Agência Brasil

Numa manobra para manter o controle dos Correios, o ministro Gilberto Kassab (Comunicações) vai trocar o comando da empresa.

O atual presidente, Carlos Fortner, vai assumir a Diretoria de Operações, dando lugar para um general assumir a chefia dos Correios.

O escolhido é o atual presidente do conselho da estatal, general Juarez Aparecido de Paula Cunha, que tem mais afinidade e mais chances de permanecer no novo governo de Jair Bolsonaro. A informação foi antecipada ontem pelo blog da Coluna do Estadão.

Ligado a Kassab, Fortner enviou mensagem a colegas dos Correios avisando que a "transição já começou" e informando das mudanças pelas quais passará a empresa. A Coluna do Estadão teve acesso ao texto.

Segundo Fortner escreveu, toda a parte comercial e de agências também ficará sob a tutela de sua diretoria. "Haverá mudança do estatuto, simplificando a estrutura", escreveu. Ele justifica que seu sucessor, general Juarez, "tem acesso direto à nova cúpula da Presidência" e que "não haverá ingerência política como hoje" nos Correios.

Segundo Fortner registrou aos colegas, as mudanças passarão ainda por três pontos: "enxugamento da empresa para torná-la mais competitiva, menos VPs (vice-presidências); não haverá ingerência política como hoje; haverá valorização da meritocracia".

Procurado, Fortner não quis comentar a sua substituição.

E a privatização?

Durante a campanha eleitoral, Bolsonaro chegou a mencionar que a estatal pode ser privatizada no seu governo. Seu futuro ministro da Economia, o economista Paulo Guedes, também é defensor das privatizações de empresas públicas.

O loteamento político dos Correios foi estopim da crise que levou ao escândalo do mensalão, no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2005. Na época, a estatal estava sob a influência do PTB, de Roberto Jefferson.

A exemplo de Bolsonaro, o general Juarez Cunha ingressou no Exército pela Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), que fica em Resende (RJ), embora de turma anterior à do presidente eleito.

No Exército, esteve à frente do Comando Militar Oeste e chefiou o Departamento de Ciência e Tecnologia. Também exerceu diferentes funções no Ministério da Defesa.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

tarifas e justiça

Trump ameaça retaliar Brasil por causa do etanol

Atualmente, há isenção para importação de até 750 milhões de litros de etanol dos EUA por ano, mas a partir daí a tarifa é de 20%

em reunião do corte

Em ata, Copom indica cautela na análise de novos cortes de juros

O Banco Central (BC) afirmou, por meio da ata do último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom), que devido a questões prudenciais e de estabilidade financeira, “o espaço remanescente para utilização da política monetária, se houver, deve ser pequeno”. “Consequentemente, eventuais ajustes futuros no atual grau de estímulo ocorreriam com gradualismo adicional e dependerão […]

investimento

Bradesco cria ‘ranking ambiental’ de empresas

Ao longo deste semestre, a gestora está se estruturando para fazer a classificação das empresas, que receberão notas de zero a 100

revisão

Pandemia derruba ‘preços’ de aeroportos

Com a revisão dos estudos da próxima rodada de concessão de aeroportos em razão da pandemia, o valor mínimo que o governo vai arrecadar à vista com a transferência dos terminais à iniciativa privada caiu 60%

novo serviço

Uber lança assinatura por R$ 25 ao mês

Novidade é um pacote de serviços que inclui descontos em viagens no app de transporte e na entrega de comida, pelo Uber Eats e pelo Cornershop

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements