Menu
2018-10-02T14:23:53-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Fenabrave

Consumidor ainda mantém ‘pé no freio’, mas venda de veículos sobe em setembro

Número de veículos novos caiu 15% comparado a agosto, mas subiu 3% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com Fenabrave

2 de outubro de 2018
13:46 - atualizado às 14:23
Carros empilhados
Carros - Imagem: shutterstock

O número de veículos vendidos no Brasil caiu em setembro na comparação com agosto mas subiu em relação ao mesmo período do ano passado, divulgou nesta terça-feira, 2, a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Ao todo, em setembro, foram vendidos 173,193 veículos ante os 203,911 do mês anterior, uma queda de 15,06%. Já em comparação a setembro do ano passado, quando foram vendidos 167,997 automóveis, houve alta de 3,09%.

No acumulado do ano até setembro, as vendas de veículos novos somaram 1.511.537 unidades, número 12,12% superior às 1.348.175 unidades vendidas no mesmo período do ano passado.

Veículos leves

A soma de autos e veículos leves vendidos em setembro foi de 204.733 unidades. Esse número é 14,42% a menor que as 239.227 unidades vendidas no mês imediatamente anterior, 5,77% acima das 193.557 unidades vendidas em setembro do ano passado.

No acumulado do ano foram vendidas 1.779.675 unidades, o que mostra um aumento de 13,10% sobre as 1.573.508 vendidas de janeiro a setembro de 2017.

Caminhões

As vendas de caminhões em setembro somaram 6.704 unidades. Este número é 9,89% menor que as 7.440 unidades vendidas em agosto e 47,60% superior às 4.542 unidades vendidas em setembro do ano passado. No acumulado do ano até setembro foram vendidos 53.147 caminhões, o que mostra crescimento de 50,37% acima 35.344 unidades vendidas em no mesmo período de 2017.

De ônibus foram vendidas 1.913 unidades em setembro ante 1.954 em agosto, mostrando queda 2,10% na margem. Em relação a setembro do ano passado, quando foram vendidas 1.105 ônibus, houve crescimento de 73,12%. Já no acumulado do ano, quando fora vendidos 13.264 ônibus, houve um crescimento de 21,91% sobre as 10.880 unidades vendidas em igual período do ano passado.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

em são paulo

Luciano Hang tem alta hospitalar após ser internado com covid-19

Mais cedo, ele realizou uma live na rede social, em que contou que permaneceu assintomático

após reclamações

C6 Bank é multado em R$ 7 milhões pelo Procon-SP por crédito consignado

Procon ressalta que recebeu reclamações de consumidores de todo o Estado, que disseram que foram surpreendidos com empréstimos consignados não solicitados

Prévia operacional

Cury bate recorde de lançamentos e vendas em 2020

Lançamentos da construtora voltada para o segmento de baixa renda totalizaram R$ 1,541 bilhão, enquanto vendas líquidas foram de R$ 1,346 bilhão

Principais taxas da Europa

BCE mantém instrumentos de política monetária, incluindo juros e nível do QE

As compras de ativos emergenciais foram mantidas em 1,85 bilhão de euros e o BCE informou que manterá o PEPP até pelo menos o final de março de 2022.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies