Menu
2020-09-02T11:09:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dados da fenabrave

Venda de veículos sobe 5,1% em agosto ante julho, mas tem queda anual de 24,5%

Resultado mostra uma continuidade da recuperação do mercado após o choque da pandemia, mas ainda em ritmo inferior ao de antes da crise

2 de setembro de 2020
11:08 - atualizado às 11:09
Carro automóvel veículos indústria
Imagem: Shutterstock

As vendas de veículos novos no País subiram 5,10% em agosto ante julho, num total de 183,4 mil unidades, conforme balanço divulgado nesta quarta-feira, 2, pela Fenabrave, entidade que representa as concessionárias de veículos.

Em relação ao mesmo período do ano passado, as vendas de carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus recuaram 24,52% em agosto.

O resultado mostra uma continuidade da recuperação do mercado após o choque da pandemia, mas ainda em ritmo inferior ao de antes da crise.

De janeiro a agosto, 1,17 milhão de veículos saíram das concessionárias, o que significa uma queda de 35% frente aos oito primeiros meses do ano passado.

Desagregando o resultado por segmento, as vendas de carros de passeio e utilitários leves, como picapes e vans, tiveram queda de 24,77%, no comparativo anual, e chegaram a 173,5 mil unidades em agosto, quando a Volkswagen liderou o mercado, com 19,66% das vendas totais, seguida por Fiat (18,07%), General Motors (16,59%) e Hyundai (9,23%).

Se comparada a julho, a comercialização de carros mostrou crescimento de 6,42%. No acumulado do ano, porém, as vendas estão 35,75% menores do que em igual período de 2019.

Já as vendas de caminhões caíram 15,73% frente a agosto de 2019 e 15,23% na comparação com julho, para 8,1 mil unidades. O resultado leva as vendas de caminhões acumuladas desde janeiro para 55,2 mil unidades, queda de 15,63%.

Por fim, 1,8 mil ônibus foram emplacados no mês passado, o que representa uma baixa de 34,4% em relação a agosto de 2019. Na comparação com julho, as vendas de coletivos recuaram 6,13%.

Desde janeiro, 11,5 mil ônibus foram vendidos no Brasil, 34,05% a menos do que nos oito primeiros meses de 2019.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Direto na conta

Caixa começa a pagar hoje segunda parcela do auxílio emergencial

Nascidos em janeiro receberão nas contas poupança digitais

ESTRADA DO FUTURO

As ações de tecnologia estão caras ou baratas? Saiba como os analistas fazem as contas

Com o tempo, a análise dessas empresas migrou da abordagem de tradicional para um modelo de probabilidades e grandes números

Pandemia

Número de óbitos por covid-19 passa de 434 mil; casos passam de 15,5 milhões

Mais de 2 mil mortes e 67 mil novos casos foram registrados nas últimas 24 horas

Polui menos

Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10

Impacto ambiental do derivado é menor

Acabou a mamata?

Congresso reage a supersalários da cúpula do governo

Medida beneficia diretamente o presidente Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies