IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2020-09-02T11:09:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dados da fenabrave

Venda de veículos sobe 5,1% em agosto ante julho, mas tem queda anual de 24,5%

Resultado mostra uma continuidade da recuperação do mercado após o choque da pandemia, mas ainda em ritmo inferior ao de antes da crise

2 de setembro de 2020
11:08 - atualizado às 11:09
Carro automóvel veículos indústria
Imagem: Shutterstock

As vendas de veículos novos no País subiram 5,10% em agosto ante julho, num total de 183,4 mil unidades, conforme balanço divulgado nesta quarta-feira, 2, pela Fenabrave, entidade que representa as concessionárias de veículos.

Em relação ao mesmo período do ano passado, as vendas de carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus recuaram 24,52% em agosto.

O resultado mostra uma continuidade da recuperação do mercado após o choque da pandemia, mas ainda em ritmo inferior ao de antes da crise.

De janeiro a agosto, 1,17 milhão de veículos saíram das concessionárias, o que significa uma queda de 35% frente aos oito primeiros meses do ano passado.

Desagregando o resultado por segmento, as vendas de carros de passeio e utilitários leves, como picapes e vans, tiveram queda de 24,77%, no comparativo anual, e chegaram a 173,5 mil unidades em agosto, quando a Volkswagen liderou o mercado, com 19,66% das vendas totais, seguida por Fiat (18,07%), General Motors (16,59%) e Hyundai (9,23%).

Se comparada a julho, a comercialização de carros mostrou crescimento de 6,42%. No acumulado do ano, porém, as vendas estão 35,75% menores do que em igual período de 2019.

Já as vendas de caminhões caíram 15,73% frente a agosto de 2019 e 15,23% na comparação com julho, para 8,1 mil unidades. O resultado leva as vendas de caminhões acumuladas desde janeiro para 55,2 mil unidades, queda de 15,63%.

Por fim, 1,8 mil ônibus foram emplacados no mês passado, o que representa uma baixa de 34,4% em relação a agosto de 2019. Na comparação com julho, as vendas de coletivos recuaram 6,13%.

Desde janeiro, 11,5 mil ônibus foram vendidos no Brasil, 34,05% a menos do que nos oito primeiros meses de 2019.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Cortou demais?

Após demitir mais da metade dos funcionários do Twitter, Elon Musk avisa: “Estamos contratando”

27 de novembro de 2022 - 15:40

Em postagem na rede social, Musk também revelou alguns pontos-chave de como funcionará o chamado Twitter 2.0

Varejo online

Black Friday teve vendas mais fracas no e-commerce neste ano, apontam consultorias

27 de novembro de 2022 - 13:01

Especialista diz que é preciso considerar que, neste ano, o cenário pandêmico possibilitou abertura de lojas físicas, o que pode ter afetado as vendas online

Alívio para o bolso

Preço da gasolina para de subir após 6 semanas de alta

27 de novembro de 2022 - 10:22

De acordo com a ANP, preço médio do litro de gasolina nas bombas foi de R$ 5,04 na semana entre os dias 20 e 26 de novembro

Acumulou!

Ninguém acerta apostas e Mega-Sena, Lotofácil e Quina acumulam; confira como aumentar suas chances de ganhar

27 de novembro de 2022 - 8:22

Embora ninguém tenha acertado as apostas principais, alguns sortudos quase chegaram lá — confira os números sorteados

IVAN SANT'ANNA

Lula x Mercado: quem vence essa batalha?

27 de novembro de 2022 - 8:11

Recém eleito para um terceiro mandato como presidente, Lula tem dado declarações que desagradaram o mercado. É possível um consenso?

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies