Menu
2019-08-01T15:23:37-03:00
Estadão Conteúdo
Uma gás nas montadoras

Venda de veículos novos cresce 12% em junho ante igual mês de 2018

Volume anunciado nesta quinta-feira pela Fenabrave, se comparado a junho, também apresenta expansão, de 9,1%

1 de agosto de 2019
15:23
Montadora de carros e veículos
Imagem: Shutterstock

A venda de veículos novos cresceu 12% em julho ante igual mês do ano passado, informou a Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores). Foram 243,6 mil unidades vendidas no mês, em conta que considera os segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. É o maior resultado para julho desde 2014.

O volume, se comparado a junho, também apresenta expansão, de 9,1%. No acumulado do ano, os emplacamentos somam 1,551 milhão de unidades, avanço de 12,1% em relação a igual intervalo do ano passado e no maior volume para o período desde 2014. O desempenho parcial de 2019 supera a projeção da Fenabrave para o ano todo, de alta de 8,3% sobre 2018, para 2,78 milhões de veículos vendidos.

O balanço da Fenabrave também informa que, considerando somente os veículos leves (automóveis e comerciais leves), que representam mais de 90% do setor, as vendas cresceram 11,4% em julho ante igual mês de 2018, com 232,2 mil emplacamentos. De janeiro a julho, foram 1,481 milhão de unidades vendidas, crescimento de 10,9% em relação a igual intervalo de 2018.

No caso dos caminhões, o mercado cresceu 35% em julho ante igual mês de 2018, com a venda de 9 mil unidades. Em relação a junho, o segmento teve expansão de 15,3%. No acumulado do ano, a categoria registra 55,8 mil vendas, aumento de 43,2% sobre o resultado registrado de janeiro a julho do ano passado.

O mercado de ônibus, por sua vez, vendeu 2,4 mil unidades em julho, avanço de 3% sobre julho do ano passado e de 21,5% ante o resultado de junho. No ano, o segmento acumula 14,8 mil emplacamentos, crescimento de 54,7% na comparação com o acumulado de janeiro a julho de 2018.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

ficou para esta quinta

Para privatizar Eletrobras, governo aceita mais 19 emendas à MP

Por acordo entre os senadores, o texto da MP será votado apenas amanhã, 17, a partir das 10h, e até lá, eles poderão apresentar sugestões de destaques, que podem alterar o teor do parecer

seu dinheiro na sua noite

A Selic subiu mais um pouco – e na próxima reunião tem mais

Esta “Super Quarta” terminou com os bancos centrais brasileiro e americano apertando um pouquinho mais a torneirinha dos juros. A inflação pressiona, aqui e na terra do Tio Sam, e as autoridades monetárias querem mostrar que permanecem vigilantes. O Federal Reserve ainda não elevou propriamente as taxas de juros, que foram mantidas entre zero e […]

Entrevista

Sinais do Copom apontam para Selic a 7% no fim do ano, diz Padovani, do banco BV

Economista-chefe do banco BV, Roberto Padovani destacou o tom mais ríspido do Banco Central e a indicação de que a Selic continuará em alta

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado da decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 4,25% ao ano

Subiu de novo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,25% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies