🔴 DÓLAR A R$5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Bolsa e dólar hoje

Ibovespa fecha em leve alta, graças à Eletrobras; dólar cai

Empresa deve realizar amanhã o leilão de privatização da Companhia Energética de Alagoas (Ceal), uma de suas subsidiárias

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
27 de dezembro de 2018
10:25 - atualizado às 18:50
Selo marca a cobertura de mercados do Seu Dinheiro para o fechamento da Bolsa
O dólar, que subia, inverteu o sinal e fechou o dia com desvalorização de 0,84%, a R$ 3,88 - Imagem: Seu Dinheiro

Num dia morno na Bolsa de Valores de São Paulo, o Ibovespa também teve uma elevação morna: fechou a última quinta-feira do ano com alta de 0,38%, a 85.460 pontos, depois de oscilações entre o azul  e o vermelho. O que ajudou foi a Eletrobras, que deve realizar amanhã o leilão de privatização da Companhia Energética de Alagoas (Ceal), uma de suas subsidiárias. O dólar, que subia, inverteu o sinal e fechou o dia com desvalorização de 0,84%, a R$ 3,88. Também caiu diante de boa parte das moedas de países emergentes. O Banco Central deu liquidez de US$ 2 bilhões ontem e hoje voltou a ofertar US$ 1 bilhão em linha para controlar a evolução da moeda estrangeira.

De olho no leilão

Descolada de Nova York e com a maior parte dos investidores curtindo uma praia (o volume de negócios foi metade do normal), a Bolsa ficou de olho nas ações da Eletrobras, que tiveram alta e aceleraram os ganhos. As ON subiram 6,74% e as PNB, 6%. Isso porque acontece amanhã o leilão da Ceal, uma das empresas mais desejadas da Eletrobras. Além disso, profissionais do mercado destacam a notícia de que a empresa firmou com a U.S. Securities and Exchange Comission (SEC, autoridade reguladora do mercado de capitais nos Estados Unidos) acordo para encerrar as investigações abertas por irregularidades apuradas durante a Operação Lava Jato. O acordo prevê o pagamento de US$ 2,5 milhões.

Epa!!!

Mas o recorde de alta hoje foi das ações da General Shopping, com 164,94%. A General Shopping e Outlets do Brasil é uma empresa brasileira de shopping centers criada em 1989, com 15 shoppings e quatro outlets premium pelo país. Segundo a Broadcast, a companhia anunciou ontem que pagará R$ 828 milhões em dividendos resultantes de uma "Realização da Reserva de Lucros a Realizar" ao Fundo de Investimento Imobiliário Top Center.

No terceiro trimestre de 2018, a companhia teve prejuízo líquido de R$ 61,2 milhões, revertendo o resultado positivo de R$ 27,4 milhões obtido entre julho e setembro do ano passado. O resultado foi impactado, entre outros fatores, por uma piora na linha financeira no trimestre, que passou de prejuízo de R$ 10,9 milhões para prejuízo de R$ 85 milhões, devido à variação cambial.

Rolê no shopping

Outras duas empresas de shoppings também tiveram um dia bom no Ibovespa, beneficiadas pela divulgação positiva de dados referente as vendas de Natal, segundo operadores. Iguatemi ON subiu 3,76% e Multiplan 2,84%. Ainda no setor, BRMalls teve valorização de 1,51%. Ontem, a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) divulgou levantamento que mostrou crescimento de 5,5% nas vendas de Natal em shoppings centers pelo País este ano. “Os dados mostram que deve haver uma descompressão no setor, que deve começar o ano com um cenário de melhor atividade econômica”, comenta o economista-chefe da Guide Investimentos, Victor Candido.

Celulose em baixa

A queda no preço de papel e celulose puxa para baixo as ações das empresas do setor. Suzano ON apresentou uma das maiores perdas do Ibovespa, com redução de 4,46%. Fibria ON caia 0,89% e as units de Klabin registravam perdas de 1,15%.

Segundo relatório divulgado na semana passada pelo BTG Pactual, que usou como base os dados da Pulp and Paper Products Council (PPPC) de novembro, houve queda no comércio global dos produtos de papel e celulose, de 3% na fibra curta e de 9,4% na fibra longa.

Multa brava

As ações das construtoras tiveram alta refletindo a decisão do presidente Michel Temer de sancionar o projeto de lei que regulamenta o distrato de imóveis, segundo informou o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun. O presidente não vetou nenhum trecho do texto. A nova lei deverá ser publicada no Diário Oficial da União desta sexta, 28.

A lei do distrato, uma demanda da indústria da construção civil, foi aprovada pela Câmara dos Deputados no início deste mês. A nova regulamentação estabelece que, na desistência da compra de um imóvel antes de concluir o pagamento, a construtora ou empresa responsável pela obra poderá ficar com até 50% do valor já desembolsado pelo comprador. Even ON subiu 2,60%, enquanto Cyrela ON tinha alta de 1,42% e MRV ON avançou 3,76%.

Petrobras

As ações da Petrobras tiveram baixa, pressionadas pelo petróleo, de 0,57% na ON e de 0,05% na PN. Operadores comentam que o mercado brasileiro hoje passa por uma correção, após a alta de 5% vista no mercado americano no final do pregão de ontem. "Muitos papéis estão baratos, o que anima um pouco o mercado. Também temos hoje um aparente alívio nos Estados Unidos, com o presidente americano sinalizando que vai manter o atual presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, no cargo", observa um operador.

Quem quer a Via Varejo?

Depois de uma queda de mais de 5%, ontem, as ações da Via Varejo e do Pão de Açúcar se recuperam neste pregão. Via Varejo ON subiu 0,47%, enquanto Pão de Açúcar PN teve alta de 0,99%.
O preço dos papéis reflete o leilão de 50 milhões de ações da Via Varejo feito hoje, às 10h30 na B3, o preço da ação saiu a R$ 4,45 (o inicial era R$ 4,42). Foram vendidas 51 milhões de ações. A operação movimentou R$ 225 milhões, R$ 4 milhões a mais que o esperado. O Pão de Açúcar autorizou venda de 3,86% dos 43,23% do capital que tem na companhia, uma vez que sua estratégia é se desfazer da varejista de eletrodomésticos. "Como o GPA não encontrou comprador, foi para o mercado vender a Via Varejo aos poucos. O investidor fica mais cético com a venda do ativo", disse um operador.

Bancos

No setor financeiro, subiram Itaú Unibanco PN (1,69%) e Bradesco PN (2,46%). Dados de crédito de novembro divulgados mais cedo pelo Banco Central ajudaram. As concessões no crédito livre subiram 2,2% ante outubro, para R$ 302,2 bilhões. A taxa de inadimplência no crédito livre passou de 4,1% em outubro para 4,0% em novembro, informou o Banco Central. Em novembro de 2017, a taxa estava em 5,3%.

Vale de lágrimas

Já a Vale teve baixa de 1,86%, seguindo pares internacionais após os fracos dados de lucro industrial da China revelados ontem à noite. O lucro de grandes empresas industriais da China registrou em novembro sua primeira queda em quase três anos, devido em grande parte a uma desaceleração nas vendas. Entre as siderúrgicas, só quedas: Usiminas PNA (1,64%), Gerdau PN (2,50%) e CSN ON, 0,81%.

E a fuga continua...

Os investidores estrangeiros retiraram R$ 161,128 milhões da B3 no pregão da última sexta-feira (21). Naquele dia, o Ibovespa fechou em alta de 0,50%, aos 85.697,15 pontos. O volume financeiro somou de R$ 17,8 bilhões. Foi o quarto pregão consecutivo com saída líquida de recursos estrangeiros. Em dezembro, o saldo acumulado está negativo em R$ 1,559 bilhão. Em 2018, a B3 registra saída líquida de investimento estrangeiro de R$ 11,072 bilhões.

 

 *Com Estadão Conteúdo

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar