Menu
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Ex-BNDES e Sebrae

Rubem de Freitas Novaes é escolhido para ser o novo presidente do Banco do Brasil

Anúncio oficial foi feito na noite desta quinta-feira pela equipe do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes

22 de novembro de 2018
15:38 - atualizado às 18:59
Rubem de Freitas Novaes será o novo presidente do banco estatal - Imagem: Reprodução/YouTube

A quinta-feira está sendo de revelações sobre a equipe econômica do novo governo. Depois de Pedro Guimarães aceitar o convite para presidir a Caixa Econômica Federal, agora foi a vez do ex-diretor do BNDES e ex-presidente do Sebrae Rubem de Freitas Novaes dizer "sim" para a proposta da equipe de Bolsonaro para que ele comande o Banco do Brasil.

O anúncio oficial foi divulgado por meio de uma nota da equipe de Paulo Guedes, futuro ministro da Economia. Novaes é mais o mais novo Chicago Boy a entrar para o time econômico do presidente eleito, tem PhD em economia e também foi professor da Fundação Getulio Vargas.

Ao que tudo indica o nome foi muito bem recebido pelos investidores. As ações ordinárias do Banco do Brasil, que mostravam uma alta tímida desde a abertura do pregão, ganharam força e subiam mais de 1% logo depois que o nome de Freitas começou a circular.

Além dos presidentes dos bancos estatais, também foi divulgado que Carlos Von Doellinger será o presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

'Estamos conversando'

Novaes confirmou que tem conversado com Paulo Guedes sobre o Banco do Brasil, mas disse que ainda espera uma confirmação de Guedes ou do próprio presidente eleito, Jair Bolsonaro, sobre convite para ele presidir o banco estatal.

Questionado sobre o teor dessas conversas em torno do BB e quais seriam as prioridades para a instituição, ele disse apenas que está tomando conhecimento da situação do banco e que prefere falar mais sobre o assunto somente após uma eventual confirmação de seu nome. O favorito para o BB tem sido presença constante nas reuniões da equipe de transição.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu