Menu
2019-07-14T19:57:06+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
azedou?

Avaliação de que relação da Câmara com o Planalto é ruim ou péssima dá um salto: de 12% para 55%

Resultados da pesquisa da XP Investimentos surgem num momento em que o executivo começa a articular com siglas partidárias pela reforma da Previdência, após passar as primeiras semanas negando a “velha política”

9 de abril de 2019
11:30 - atualizado às 19:57
Bolsonaro Congresso
Cerimônia de posse do presidente da República, Jair Bolsonaro - Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O clima na Câmara dos Deputados azedou. Pelo menos é o que parece sentir mais da metade dos recém-empossados (55%). Eles afirmaram que a relação entre a Casa e o Planalto é ruim ou péssima, em pesquisa da XP Investimentos.

Os resultados da pesquisa surgem num momento em que o executivo começa a articular com siglas partidárias pela reforma da Previdência, após passar as primeiras semanas negando a "velha política". A estratégia adotada num primeiro momento tem custado caro para a popularidade do Planalto na Câmara.

Para se ter uma ideia, em fevereiro, esse número, de deputados que achavam a relação com o Planalto boa ou ruim, era de 12%. Movimento inverso teve a avaliação de bom ou ótimo: hoje 16% têm essa opinião, era 57% nas primeiras semanas do ano legislativo.

Previdência segue vista como necessária

Segundo a XP, a mudança na percepção dos deputados sobre o governo não alterou a relação dos legisladores com a reforma da Previdência: 76% dos consultados dizem ser necessário reformar o sistema de aposentadorias – eram 77% em fevereiro.

Pela primeira vez, os deputados foram consultados sobre os efeitos da reforma: 68% dizem que sua aprovação melhora a perspectiva de crescimento do país.

Mas o próprio Congresso tem reclamado que a Previdência é a única pauta do governo e isso estaria gerando um desgaste dos congressistas com suas bases. Para acalmar os ânimos, presidente Jair Bolsonaro anunciou que iria ao Nordeste divulgar o 13.º do Bolsa Família e demostrar preocupação com outras frentes, mais populares.

Sem oposição, avaliação melhora

Quando a pesquisa da XP considerou apenas deputados que não podem ser classificados como de oposição, o relacionamento foi avaliado como ruim ou péssimo por 44%. Avaliação positiva é de 23%.

Individualmente, avaliação também melhor: 34% dizem que o contato pessoal com o Planalto é ótimo ou bom, enquanto 30% avaliam essa relação direta como ruim ou péssima.

Ainda assim, os números são piores que os de fevereiro, quando 47% tinham avaliação positiva e 19%, negativa.

Entre os consultados, 37% dizem que as demandas encaminhadas ao governo são mal ou muito mal atendidas, contra 23% que se veem bem ou muito bem atendidos pelos órgãos do Executivo. Sem levar em conta os deputados de oposição, os números são 30% (bem ou muito bem) e 33% (mal ou muito mal).

A pesquisa ouviu 201 deputados, entre os dias 26 de março e 4 de abril.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Cálculos da Firjan

Reforma tributária pode gerar 300 mil vagas por ano

Cálculos efetuados pela Firjan também mostram que a reforma nos impostos do país pode incrementar o consumo em até R$ 122,7 bilhões

De volta à velha política

Governo se rende às indicações políticas para aumentar base

Presidente foi convencido por ministros da área política de que premiar partidos leais a suas propostas seria a única forma de aprovar reformas

Grandes planos

“Vamos lançar nosso banco digital em mil lojas antes da Black Friday”, diz CEO da Via Varejo

Roberto Fulcherberguer tem trabalhado para que o sistema de vendas pela web esteja tinindo para a próxima Black Friday

Passou!

Centauro aprova plano de outorga para opção de compra de ações neste ano

Plano prevê que a quantidade máxima de ações vinculadas será de 7.943.848

Seu Dinheiro no domingo

Quanto rendeu o Seu Dinheiro em um ano?

Você sabe quanto o Seu Dinheiro rendeu em um ano? Não estou falando aqui do montante que você tem aplicado no banco. Mas do Seu Dinheiro mesmo, esse projeto independente de jornalismo e educação financeira que eu coordeno junto com a Olivia Alonso e que tem um time de feras como o Vinícius Pinheiro, o […]

Olhe e copie

5 coisas inteligentes que pessoas com consultores financeiros fazem com o próprio dinheiro que lhes dão uma vantagem

Nem todos querem ou podem pagar um planejador financeiro próprio. Mas que tal dar uma espiada no que eles andam aconselhando?

Enquanto isso, na Assembleia da ONU...

Promessa de ‘afagos’ teria convencido Bolsonaro a aceitar jantar com Trump

No pacote de gestos, a expectativa de auxiliares do Planalto é que Bolsonaro sente-se próximo de Trump

Poucos amigos

Major Olímpio diz que há estratégia no Congresso para desgastar Bolsonaro

Senador afirmou que parlamentares “votam projetos absurdos e depois jogam no colo do presidente a questão de vetar ou não esses dispositivos”

Série: os mais ricos do Brasil

Abilio Diniz: um bilionário bom de briga

Ele transformou a pequena doceria do pai na maior rede varejista do país e aos 82 anos continua na ativa

Papo de poder

Maia conversa com Bolsonaro sobre pauta de votações da Câmara para próxima semana

Entre os itens da pauta está o projeto de lei que trata do registro, posse e comercialização de armas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements