Menu
2019-12-02T07:38:39-03:00
Mais guerra comercial

China reitera demanda por reversão de tarifas para fechar acordo com os EUA

Autoridades chinesas disseram ao jornal chinês Global Times que o país irá comprar produtos agrícolas americanos, em um montante “substancial”

2 de dezembro de 2019
7:38
China e Estados Unidos
Imagem: Shutterstock

A China tem a expectativa de que os Estados Unidos revertam algumas das tarifas impostas sobre seus produtos, como parte do acordo comercial que as duas maiores potências econômicas seguem negociando. Nesta segunda-feira, 2, um jornal oficial chinês reiterou o desejo de Pequim de que a gestão de Donald Trump atue de maneira "flexível" e "razoável".

O jornal Global Times, do Partido Comunista da China, publicou diversos textos que enfatizam que não haverá acordo sem uma promessa, por parte de Washington, de retirada das tarifas.

Autoridades chinesas disseram à publicação que o país irá comprar produtos agrícolas americanos, em um montante "substancial". Os mesmos artigos dizem, no entanto, que o governo chinês não pode prometer "um número específico no acordo porque as quantidades seriam baseadas em demandas de mercado".

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

As declarações surgem em meio às negociações da Fase 1 do acordo que pretende resolver o conflito comercial entre as duas potências, que já dura 18 meses.

"Reverter tarifas é primordial. A guerra comercial China-EUA (foi) instigada pelos EUA com tarifas, então as tarifas devem ser cortadas primeiro", disse Wi Jianguo, um ex-ministro do Comércio chinês, segundo o jornal.

A publicação também afirma que a China está encaminhando soluções para questões como a proteção da propriedade intelectual, a regulação de investimentos estrangeiros e a abertura do mercado financeiro, independentemente das negociações comerciais.

Autoridades chinesas disseram mais cedo que os Estados Unidos concordaram em reverter as tarifas gradualmente, enquanto outros temas fossem evoluindo na mesa de negociações. Os americanos, no entanto, não confirmaram a informação.

Na semana passada, os dois lados disseram que a disputa estava próxima do fim.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

banco central americano

Ex-presidente do Fed, Paul Volcker morre aos 92 anos

Volcker foi presidente do Fed entre 1979 e 1987 e, antes disso, havia comandado o a distrital do Fed de Nova York

Credit Suisse recomenda compra de ação do BMG após queda de 28% desde IPO

Os analistas do banco suíço – que foi um dos bancos coordenadores do IPO – iniciaram a cobertura das ações do BMG com preço-alvo de R$ 12,50, o que representa um potencial de alta de 50%

de olho no dólar

Fundo Verde vê medo do câmbio como infundado, mas zera posição vendida em dólar

Em novembro o fundo teve um retorno zerado e abaixo do CDI, que teve um desempenho de 0,38%. No acumulado do ano o Verde ainda tem um desempenho de 11,19%, acima dos 5,57% do índice de referência

Mercados hoje

Ibovespa tem leve alta e dá continuidade ao rali dos últimos dias; dólar fica estável

O Ibovespa abriu o pregão desta segunda-feira em alta, dando continuidade aos ganhos da semana passada. O dólar à vista oscila perto do zero a zero, com um leve viés negativo.

hora do planejamento

Após reforma da Previdência, brasileiro revê hábitos de poupança

Pesquisa encomendada pelo C6 Bank ao Ibope Inteligência mostra que 33% das pessoas com acesso à internet afirmam ter mudado seus hábitos de poupança

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta segunda-feira

As taxas do Tesouro Direto abriram em alta nesta sexta-feira (6). O Tesouro IPCA+ 2024 (NTN-B Principal) é negociado com taxa de 2,26% ao ano mais IPCA, por um valor mínimo de R$ 58,64. O Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTN-B) é negociado com taxa de 3,51% ao ano mais IPCA e aplicação mínima […]

na expectativa

Mercado eleva estimativa para inflação e PIB em 2019

Boletim Focus prevê IPCA a 3,84% neste ano – a projeção da semana passada era de 3,52%; PIB foi revisto para de 0,99% para 1,10%

Só daqui 60 dias

Congresso prorroga vigência de MP que institui 13º para bolsa família

MPs têm validade já desde a edição pelo governo federal, mas precisam ser aprovadas pelo Congresso Nacional para terem a vigência confirmada, ou perdem efeito

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

No radar: Gol tenta de novo recomprar o Smiles, mercados e IPO da XP

A Gol anunciou hoje cedo mais uma oferta para recomprar as ações dos minoritários da Smiles. Hoje trago também notícias sobre novas ofertas de ações e 3 formas de investir no IPO da XP. O que você precisa saber hoje: Mercados • O Ibovespa subiu 2,69% na semana passada e fechou em 111.125,75 pontos, uma nova máxima. […]

mudança na casa

Gol faz nova tentativa de incorporar a Smiles

Empresa afirma que não vai negociar com a administração da controlada, nem submeter a proposta ao conselho independente da companhia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements