Menu
2019-06-06T10:25:29+00:00
toca o barco

China promete eliminar “todas as barreiras” ao consumo para impulsionar economia

País divulgou nesta quinta, 6, um plano para impulsionar vendas de carros, eletrodomésticos e eletrônicos, como parte de esforços para conter a desaceleração de sua economia

6 de junho de 2019
9:17 - atualizado às 10:25
shutterstock_511208572
Trabalhadores de uma indústria automotiva Jiangxi, província da China. Dezembro de 2011. - Imagem: Shutterstock

A China divulgou hoje um plano para impulsionar vendas de carros, eletrodomésticos e eletrônicos, como parte de esforços para conter a desaceleração de sua economia.

O governo chinês vai "se concentrar em remover quaisquer barreiras que possam restringir o consumo", afirmou a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC, pela sigla em inglês), a principal agência de planejamento econômico do país, em documento destinado a promover o consumo até 2020.

Todos os governos locais estão proibidos de impor novas restrições a compras de automóveis, segundo o plano, que foi divulgado em conjunto com o Ministério do Comércio e o órgão de supervisão ambiental.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Atuais restrições para compras de carros movidos a energia renovável serão suspensas, afirmou a NDRC, e o governo ajudará empresas a reduzir custos.

Pequim também irá promover pesquisa, desenvolvimento e vendas de celulares com tecnologia 5G, de acordo com o plano.

As medidas do governo vêm num momento em que a economia chinesa enfrenta obstáculos relacionados às crescentes tensões comerciais com os Estados Unidos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

parou por aqui

Por emendas prometidas para aprovar a reforma da Previdência, centrão trava votações

Ministro da Casa Civil prometeu destinar, além das emendas obrigatórias, um extra para cada deputado federal que votar a favor do projeto no plenário da Câmara

gigante faz oferta

Alibaba levanta US$ 11,2 bilhões em oferta de ações em Hong Kong

Companhia fundada por Jack Ma planeja usar os recursos para a impulsionar o crescimento e o engajamento dos usuários, entre outras coisas

A Bula do Mercado

Acordo comercial fica em suspenso

Fase um do acordo comercial entre EUA e China pode ficar para 2020, diante das dificuldades dos dois países em alcançar consenso

SD Premium - Lupa dos fundos

Um fundo de crédito privado para deixar sua renda fixa mais temperada

Enquanto o mercado de crédito privado enfrenta uma crise, conheça o trabalho de uma gestora com 16 anos e R$ 7 bilhões em patrimônio especializada em selecionar e investir em títulos emitidos por empresas e tem fundos disponíveis nas principais plataformas de investimento e também na bolsa

SUGESTÃO DE LEITURA

Estou interessada nesta criptomoeda…

Da lista de 12 criptomoedas citadas pela Helana Margarido, uma delas deve entrar em um ótimo ponto de compra nos próximos dias

Acusações de corrupção

Ex-presidente da Braskem é preso em Nova York

José Carlos Grubisich foi acusado de conspiração por violar uma lei de corrupção estrangeira dos EUA e por conspiração para lavagem de dinheiro

Próxima fase

CCJ da Câmara aprova PEC da 2ª instância

Por 50 votos a 12, comissão admitiu a proposta que abre caminho para prender condenados após a segunda instância

Ricos e famosos

Saiba como 5 celebridades entraram no clube dos bilionários

Nos últimos anos o grupo dos bilionários passou a contar com nomes bem conhecidos do público. Dois deles passaram a fazer parte da lista em 2019

Dinheiro entrando

Carlos Slim Domit anuncia plano de investimento de R$ 30 bilhões no Brasil em 3 anos

Aporte de recursos será feito para ampliar a infraestrutura necessária para o desenvolvimento de novos serviços e de armazenamento em nuvem

De cara nova

BNDES elege dois conselheiros e informa que poderá devolver até R$ 200 bilhões ao Tesouro até 2022

Marcelo Serfaty e Marcelo Sampaio foram eleitos para o Conselho de Administração do banco de fomento em Assembleia Geral Extraordinária

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements