Menu
2019-08-08T18:07:41-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
De olho na economia

“Cessão onerosa é o nosso maior evento energético e fiscal”, diz secretário-especial da Economia

Segundo Waldery Júnior, o leilão está marcado para ocorrer no dia 6 de novembro e a expectativa é que os R$ 52 bilhões arrecadados fiquem para a União. Só que há um detalhe…

8 de agosto de 2019
15:37 - atualizado às 18:07
fcpzzb_abr_100920193781
Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em evento fechado para investidores do BTG Pactual, o secretário-especial do ministério da Economia, Waldery Júnior, destacou hoje (8) que o leilão de excedente da cessão onerosa (pré-sal) "será o maior evento das políticas energética e fiscal". Na avaliação do secretário, isso permitirá ter um alívio fiscal importante e uma redução da incerteza jurídica.

O leilão está marcado para ocorrer no dia 6 de novembro, e a expectativa é que os R$ 52 bilhões arrecadados fiquem para a União. Só que há um detalhe. A grande vantagem é que, como o montante deve ingressar apenas no dia 23 de dezembro, a União deve ter ganho de primário. O motivo é que o valor entrará nos últimos dias do ano e não será permitido gastar.

Segundo ele, a cessão onerosa é o primeiro evento que vem com grande magnitude, e o governo tem uma boa perspectiva de receber grande quantidade de receitas associadas ao petróleo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Firmado pela Petrobras e a União em 2010, o contrato de cessão onerosa garantia à estatal o direito de explorar 5 bilhões de barris de petróleo em áreas do pré-sal pelo prazo de 40 anos. Em troca, a empresa antecipou o pagamento de R$ 74,8 bilhões ao governo. Os excedentes são os volumes descobertos de petróleo, que ultrapassaram os 5 bilhões de barris.

Desde 2013, o governo vem negociando um aditivo do contrato, depois que a Petrobras pediu ajustes por conta da desvalorização do preço do barril de petróleo no mercado internacional.

Reforma tributária

Ao tocar no tema da reforma tributária, o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, destacou que "não há como abrir mão de eventual queda de arrecadação. É importante ter o debate, mas o importante será simplificar e reduzir impostos sem perder receita".

Para ele, o grande desafio será a simplificação e a colocação de regras mais harmônicas. Outro ponto importante é que a batalha da reforma tributária "não envolverá a população". Conforme destacou o secretário, "a reforma será entre políticos e o governo espera lutar por uma reforma tributária única. A população não será afetada diretamente".

De olho nos investimentos

Ao ser questionado sobre a situação financeira do país, o secretário-especial voltou a dizer que o setor público perdeu a capacidade de investimento e que será necessário agora capital privado para retomar os investimentos.

Waldery Júnior ressaltou que, como o investimento público precisa estar dentro do teto dos gastos, não basta retirá-lo das despesas não financeiras para resolver a situação do país.

Ele destacou ainda que o país está no caminho certo para ter um bom rendimento e que a expectativa é que o Brasil volte a ter superávit primário lá para o ano de 2024, ao conseguir colocar a dívida pública em trajetória de queda.

Ao falar sobre o tema de juros, o secretário do Tesouro Nacional destacou que a queda da Selic para o patamar de 6% ao ano fará com que a ideia de aplicar em títulos públicos para ter um rendimento alto acabe de vez. "Em todas essas semanas, as taxas de juros vem caindo. Agora o juro real é 3,6% ao ano", finalizou.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

fala presidente

Em dia de decisão do BC, Bolsonaro diz que torce por juro menor

Nesta data, o Comitê de Política Monetária (Copom) anuncia decisão. A expectativa do mercado é de corte para 4,5%.

Direto da Nasdaq

“Nossa jornada está só começando”, diz Benchimol, no lançamento do IPO da XP

Existe uma oportunidade enorme no Brasil, afirmou Benchimol, durante a cerimônia que marcou o início da negociação das ações da XP na Nasdaq

Novidade na bancada

Joice Hasselmann é a nova líder da bancada do PSL na Câmara

Disputa entre os dois grupos criados no PSL, os “bolsonaristas”, ligados a Jair Bolsonaro, e os “bivaristas”, do presidente do partido, Luciano Bivar (PE), tem como pano de fundo o controle dos recursos recebidos pelo PSL

Mercados agora

À espera de decisão sobre juros, Ibovespa tem leve alta; dólar cai a R$ 4,11

Fed e Copom anunciam hoje suas decisões de juros. Em meio à expectativa, o Ibovespa opera em ligeira alta, em linha com os mercados globais

De olho no futuro

Depois de ano desafiador, lucro das aéreas em 2020 deve crescer 13,1%, diz Iata

Com o menor preço do petróleo, a conta de combustível das aéreas em 2020 deverá ser de US$ 182 bilhões, 22,1% das despesas, contra US$ 188 bilhões em 2019, o que correspondeu a 23,7% das despesas no ano.

Oferta de ações

Após barrar Vitreo, XP lança fundos para investir em suas próprias ações na Nasdaq

Os produtos seguem o modelo da Vitreo, que lançou na semana passada dois fundos para aplicar no IPO, mas foi barrada na oferta pela XP. A diferença é que os fundos criados pela XP terão proteção contra a variação cambial

Exile on Wall Street

Os filhos precisam matar os pais

Talvez você imagine, até aqui, que estou tentando contar um acerto, para vangloriar-me da capacidade de conseguir implementar na prática com precisão e rigor os ensinamentos de Taleb e Spitznagel. Essa, porém, passa longe de ser a verdade.

Engordando o caixa

Dona de Le Lis Blanc e Dudalina, Restoque anuncia oferta de ações que pode chegar a R$ 278 milhões

Preço final da oferta da Restoque só será definido no dia 18 de dezembro, após a conclusão do processo de bookbuilding, quando o procedimento de coleta de intenções é realizada

olho nos dados

Vendas do comércio no varejo reduzem ritmo e sobem 0,1% em outubro

Esse é o sexto mês consecutivo de crescimento; no varejo ampliado, o volume de vendas cresceu 0,8% em relação a setembro de 2019

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

As taxas do Tesouro Direto abriram em queda nesta quarta-feira (11). O Tesouro IPCA+ 2024 (NTN-B Principal) é negociado com taxa de 2,20% ao ano mais IPCA, por um valor mínimo de R$ 58,99. O Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTN-B) é negociado com taxa de 3,40% ao ano mais IPCA e aplicação mínima […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements