Menu
2019-07-20T18:15:33+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Reformas

Bolsonaro libera R$ 1,13 bi em emendas parlamentares em semana de reforma

Liberação de recursos ocorre na semana em que o governo trabalha na conquista de votos para a reforma da Previdência. Presidente diz estar confiante na aprovação na proposta

9 de julho de 2019
12:40 - atualizado às 18:15
O presidente Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro - Imagem: Marcos Corrêa/PR/Flickr/Planalto

O governo de Jair Bolsonaro liberou R$ 1,13 bilhão em emendas parlamentares voltadas para a área da saúde. A decisão está formalizada em 37 portarias editadas na segunda-feira, 8, à noite em duas edições extraordinárias do Diário Oficial da União (DOU) publicadas com data da segunda-feira.

A liberação dos recursos ocorre na semana em que o governo trabalha na conquista de votos de deputados pela aprovação da reforma da Previdência na Câmara. O processo de votação da proposta deverá ser iniciado ainda nesta terça e se estender até o fim da semana.

Levantamento da ONG Contas Abertas, divulgado pelo jornal "O Globo", mostra que, nos primeiros cinco dias de julho, o governo empenhou R$ 2,5 bilhões de emendas parlamentares. A reportagem não detalha se nesse montante está incluído o valor da liberação da saúde.

Além dos valores, as portarias indicam municípios de vários Estados que estão habilitados a receber os recursos das emendas, que, segundo o ato, serão aplicados para "incremento temporário do Limite Financeiro da Assistência de Média e Alta Complexidade (MAC)".

Em comunicado, o Ministério da Saúde disse que a liberação de emendas na semana foi ação "prevista".

Confiando no general

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira, 9, que está confiante de que a proposta que altera as regras de aposentadoria do país será aprovada em dois turnos pela Câmara dos Deputados ainda antes do recesso parlamentar, que começa em 18 de julho. O presidente confiou a aprovação à atuação do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que Bolsonaro chamou de "general".

"Segundo informações de vocês mesmos, o Rodrigo Maia é o nosso general dentro da Câmara agora para aprovar com toda certeza antes do recesso os dois turnos dessa nova Previdência", disse o presidente a jornalistas após sair do Ministério do Meio Ambiente. O encontro não constava na agenda de Bolsonaro nem na do ministro Ricardo Salles.

"Eu sou apaixonado pelo trabalho de Ricardo Salles. É um ministério extremamente importante para o futuro do Brasil. O ministro está recebendo agora a bancada do Amazonas, também tinha interesse em encontrar o pessoal, trocar ideias", disse Bolsonaro, ao ser questionado por jornalistas sobre o encontro surpresa.

Ao lado de Bolsonaro, o ministro voltou a dizer que o governo trabalha na defesa do desenvolvimento do Brasil, "cuidando do meio ambiente, mas respeitando e reconhecendo as necessidades das pessoas". Questionado sobre a continuidade do Fundo Amazônia, Salles afirmou que o governo trabalha para ter "a melhor solução possível para os brasileiros, para o Brasil, para o cuidado com o meio ambiente, para o desenvolvimento".

"Nossa soberania acima de tudo. O Brasil agora tem um presidente e um governo diferente de muitos que nos antecederam e não vamos ceder a pressões externas de ninguém, quem dirá daqueles que não têm nada de exemplo a dar para nós", respondeu Bolsonaro.

*Com Estadão Conteúdo
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Economia aquecida?

Empresários esperam queda na inadimplência e mais investimentos até o fim do ano

Pesquisa também mostra que 55% das empresas têm a intenção de aportar recursos em novos produtos e serviços, 53% querem dar um upgrade tecnológico e 46% capacitar seus profissionais

Seu Dinheiro na sua noite

O elefante na loja de cristais dos mercados

No seu livro Princípios – leitura obrigatória (ao lado do meu romance Os Jogadores, é claro…) –, Ray Dalio afirma que o importante para quem investe não é prever o futuro, mas captar mudanças no ambiente econômico enquanto elas estão acontecendo. O bilionário gestor do maior “hedge fund” do mundo sabe que é natural os […]

Sete blocos envolvidos

MPF entra com ação para impedir leilão de petróleo ao lado de Abrolhos

MPF na Bahia sustenta que blocos não deveriam ir a leilão sem os devidos estudos ambientais prévios

Papel passado

Bolsonaro sanciona com vetos MP da liberdade econômica

Presidente disse durante a cerimônia de sanção que o governo avalia projeto para incentivar a abertura de empresas

OUÇA O QUE BOMBOU NA SEMANA

Podcast Touros e Ursos: A Selic caiu novamente. E agora, como ficam os seus investimentos?

Repórteres do Seu Dinheiro trazem em podcast semanal um panorama sobre tudo o que movimentou os seus investimentos nesta semana

A grana tá solta

Governo libera R$ 12,459 bilhões do Orçamento de 2019 e educação leva a maior fatia do bolo

Parte desse dinheiro não poderá ser distribuída livremente já que, do total, R$ 2,6 bilhões vêm das receitas recuperadas por meio da Operação Lava Jato

Tesourada no governo também

Ministério da Economia corta projeção da Selic em 2019 de 6,2% para 5,9%

Projeção para o câmbio médio deste ano passou de R$ 3,8 para R$ 3,9. Já a estimativa para a alta da massa salarial passou de 5,5% para 4,9%

Meio ambiente em jogo

Amazon entra na onda verde e assina acordo ambicioso para combater mudanças climáticas

Como parte do plano, Bezos disse ainda que vai adquirir 100 mil vans de entregas elétricas da startup de veículos elétricos Rivian e que elas vão começar a rodar a partir de 2021

O céu é o limite?

Ações da Braskem disparam na bolsa após notícias sobre venda pela Odebrecht

Construtora teria recontratado a empresa Lazard para dar continuidade às negociações de venda da sua participação na Braskem

Nova tecnologia

Tim prepara novos polos de testes do 5G no Brasil

“Queremos disponibilizar a tecnologia o quanto antes para que os desenvolvedores comecem a projetar aplicações. Quando o 5G chegar, elas já estarão disponíveis”, explicou, em entrevista ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements