Menu
2019-05-30T19:56:47+00:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Live de quinta

Bolsonaro destaca confiança de investidores na economia e diz que tende a vetar bagagem gratuita em voos

Presidente lista investimentos recentemente anunciados e reforça importância da reforma da Previdência. Também fala que não perdemos nada com Coaf no Ministério da Economia

30 de maio de 2019
19:56
Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro em live em rede social - Imagem: Print Facebook

O presidente Jair Bolsonaro abriu sua live nas redes sociais falando que a confiança do investidor é enorme e que “estamos fazendo o dever de casa”. No entanto, ponderou que temos uma enorme encruzilhada pela frente, que é a reforma da Previdência. Ele também falou que tende a vetar a franquia de bagagem gratuita em voos, que foi restituída pelo Congresso.

Bolsonaro fez um apelo aos parlamentares pela aprovação da reforma, mas também disse que os próprios parlamentares têm vindo falar com ele para dizer que querem a reforma.

“Temos que libertar o Brasil desse julgo de uma situação econômica complicada. Temos de demonstrar para o mundo e para o investidor que estamos preocupados e fazendo nossa parte. Vindo a nova Previdência, com disse o ministro Paulo Guedes e o Rogério Marinho, o Brasil tem tudo para deslanchar”, afirmou.

Depois, o presidente listou investimentos anunciados pela Scania, Hyunday, GM, Carrefour e Honda.

Hoje, o IBGE divulgou o PIB do primeiro trimestre de 2019 e foi constada uma queda de 0,2%. O ministro Paulo Guedes disse que disse que tal resultado “não é novidade para nós”, pois ele e equipe sempre disseram que a economia brasileira está estagnada.

Ainda de acordo com Guedes, as pessoas têm de entender que precisamos das reformas para retomar o crescimento. “Estamos absolutamente seguros que mudando, fazendo as reformas, o Brasil vai retomar o crescimento econômico sustentado. É um país que deveria estar crescendo 3%, 3,5% ao ano e simplesmente a economia colapsou. E isso foi parte do diagnóstico na campanha”, afirmou o ministro.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Veto ou não veto?

O presidente disse que tem uma “batata quente no seu colo”, que é decidir se veta ou sanciona emenda ao projeto de lei que fez a abertura do setor aéreo e que restituiu a franquia de bagagem no setor aéreo.

Segundo Bolsonaro, se ele veta, será acusado de fazer o jogo das empresas aéreas, se sanciona ajudaria o passageiro.

Depois de dar explicações didáticas de que não tem nada de graça, Bolsonaro disse que tende a vetar a bagagem gratuita, não só por essa ser uma emenda de deputado do PT, mas por entender que a bagagem estará no preço final de qualquer maneira e o que as empresas querem é que elas mesmas regulem isso.

No fim, ele se disse convencido a vetar a bagagem gratuita, mas ponderou que ainda poderia mudar de posição.

Coaf com Moro

O presidente também falou da “briga enorme” que houve em torno da medida provisória 870, que fez a reestruturação administrativa do governo, mas acabou tirando o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) da alçada do ministro da Justiça, Sergio Moro.

O presidente falou, ao lado de duas parlamentares do PSL, que “não podemos ganhar tudo na Câmara e Senado”, pois se aprovar tudo o que é mandando “vira ditador”, com acontece em Cuba.

Bolsonaro disse que foi uma decisão dele pedir para os senadores não alterarem o texto que veio da Câmara e pediu para que os parlamentares do partido não sejam atacados pelo resultado da votação.

“Ninguém perdeu nada com isso. O Coaf continua com o governo ou alguém acha que o Paulo Guedes, em precisando de dados, não vai fornecer? Vai fornecer”,  disse.

Ainda de acordo com Bolsonaro, se aprovassem o destaque deixando o Coaf com Moro, a MP voltaria para a Câmara e “perderíamos toda a reforma. Seria pior para nós”.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

quem disse que tá ruim?

Novatas de tecnologia na bolsa americana têm desempenho acima do S&P 500 – mesmo levando em conta Uber e Lyft

Levantamento feito por publicação americana leva em conta 13 IPOs de tecnologia deste ano nas bolsas e mostram que os papéis, juntos, valorizaram mais que o S&P 500

tensão

Drones atacam instalações de petroleira na Arábia Saudita

Reivindicado pelos rebeldes houthis que combatem a intervenção saudita no vizinho Iêmen, ataque atingiu duas refinarias da Aramco

oportunidades à vista

Brasil consegue abertura do mercado egípcio para lácteos e Bolsonaro comemora

Produtores brasileiros poderão exportar, já a partir de outubro, produtos como leite em pó e queijos para o mercado egípcio

unicórnio vai à bolsa

Startup de escritórios compartilhados WeWork reduz poderes do CEO

Prestes a estrear na bolsa, a WeWork enfrenta a preocupações de investidores por conta de seu modelo de negócio.

olha a dupla aí

Com IPO da C&A e avanço da Amazon, mercado espera aceleração de investimentos no varejo

Especialistas avaliam a oferta pública inicial de ações da rede de lojas de vestuário e a escalada da varejista fundada por Jeff Bezos

novela com o bilionário

Executivo das criptomoedas pagou US$ 4,6 milhões por almoço com Warren Buffett – mas encontro pode não acontecer

CEO da Tron, Justin Sun, venceu leilão beneficente que promove um encontro com o lendário investidor, mas história teve desdobramentos inesperados

olhos lá na frente

Mineradora tem projeto de R$ 9,1 bi com megabarragem no Norte de MG

Projeto prevê uma das maiores barragens de rejeitos do País, mas é condenado por entidades como o Movimento dos Atingidos por Barragens; empresa afirma que o modelo é seguro

o melhor do seu dinheiro

MAIS LIDAS: Uma empresa que vale zero?

Mais lida da semana, matéria conta as duras críticas de um analista quanto ao negócio da Tesla, do bilionário Elon Musk. Veja outras notícias que bombaram no Seu Dinheiro nos últimos sete dias.

agora vai?

CSN negocia retomada da ferrovia Transnordestina

Já foram investidos na obra R$ 6,2 bilhões e ainda faltam R$ 6,7 bilhões para concluir os 48% da ferrovia que restam para ser feitos

o futuro já chegou

Carros elétricos são estrelas em evento de Frankfurt

No Salão de Frankfurt, praticamente todos os estandes tem os automóveis movidos a energia elétrica ou híbridos como atrações principais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements