🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
UM NOVO PAÍS

Peso ainda mais desvalorizado? O que Milei disse sobre a nova fase econômica da Argentina — e como fica o dólar por lá

Milei disse que, com as reformas estruturais, a Argentina deve subir 90 postos em termos de liberdade econômica entre os países

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
28 de junho de 2024
19:50 - atualizado às 18:39
Argentina X Dólar país enfrenta escassez de reservas
Imagem: Montagem Seu Dinheiro

A Argentina se tornou o destino de viagem preferido de muito brasileiro: além da proximidade, o custo era um atrativo à parte. Só que a economia do país vizinho conseguiu avanços importantes e, embora ainda esteja em crise, o câmbio agora não é tão vantajoso como já foi há pouco tempo. 

E no que depender do presidente da Argentina, Javier Milei, a situação só tende a melhorar para os hermanos. Nesta sexta-feira (28), durante entrevista ao La Nación, ele celebrou a aprovação no Congresso da Lei de Bases, pacote de medidas almejado por seu governo. 

Segundo ele, "definitivamente começamos um novo país", com a aprovação "da maior reforma estrutural da história argentina". 

Milei disse que, com as reformas estruturais, a Argentina deve subir 90 postos em termos de liberdade econômica entre os países. 

"Isso nos coloca em um caminho de crescimento que pode quadruplicar o PIB per capita", assegurou.

Milei disse que uma nova fase de seu governo começa agora, com melhora no resultado fiscal que permitirá baixar impostos. Isso seria seguido pela "etapa três" de sua administração, "que é diretamente começar a crescer com força".

'PENSEI QUE SERIA AQUELE FAMOSO 7X1': TRUMP OU BIDEN, QUEM SAIU GANHANDO NO DEBATE? VEJA DESTAQUES

Dolarização da Argentina

O presidente argentino afirmou que também continua a atuar para permitir acabar com os controles cambiais, sem citar datas específicas no caso

Milei disse que não se preocupa com o valor do dólar no país neste momento, e qualificou uma desvalorização cambial como "um disparate", negando que pretenda fazer isso, mas renovando a promessa futura de que a dolarização ocorrerá na economia "naturalmente".

Segundo ele, o país está "folgado em matéria de reservas", e agora almeja mais reformas estruturais. 

Ele comentou que, como o Decreto de Necessidade e Urgência (DNU) também está vigente, com a Lei de Bases estão em andamento 800 reformas liberalizantes

Milei afirmou que pretende lançar em breve o que qualificou como "lei de hojarascas", com uma série de dispositivos para eliminar regulações. 

E anunciou que Federico Sturzenegger, ex-presidente do Banco Central da República Argentina (BCRA), entrará no governo na próxima semana com um posto de ministro para "levar adiante as reformas".

Milei comentou que sua intenção é reduzir também o número de impostos, nesse contexto de reformas. Segundo ele, é possível passar de 170 impostos a apenas 10 no país.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Compartilhe

ELEIÇÕES NOS EUA

Não deu para Biden: presidente dos EUA cede à pressão e desiste da reeleição — saiba o que acontece daqui para frente 

21 de julho de 2024 - 15:44

No que depender de Biden, sua vice Kamala Harris deve ser o nome do partido para enfrentar Donald Trump nas urnas em 5 de novembro; Trump se manifesta sobre a desistência

ATUALIZANDO O PORTFÓLIO

Por que Warren Buffett decidiu vender US$ 1,48 bilhão em ações de um bancão norte-americano

20 de julho de 2024 - 17:48

A Berkshire Hathaway vendeu cerca de 33,9 milhões de ações desta instituição financeira em diversas transações nesta semana

MELHORES MOMENTOS GIRO DO MERCADO

Trump mais vivo do que nunca: os impactos no dólar, cripto e juros — e os principais riscos da provável vitória do republicano 

19 de julho de 2024 - 18:14

Donald Trump saiu do atentado do último sábado mais vivo do que nunca. Agora, se já não era antes, o republicano é o nome mais forte na corrida e provavelmente voltará a ocupar a Casa Branca — e os mercados já estão tentando prever os impactos disso.  A percepção de que o ex-presidente saiu ganhando […]

ELEIÇÕES NOS EUA

Pseudoconciliação e promessa de deportação em massa: o que você precisa saber sobre o último discurso de Trump

19 de julho de 2024 - 11:10

Donald Trump discursou no fim da noite de quinta-feira ao aceitar a indicação do Partido Republicano para concorrer à presidência dos EUA em novembro

UNINDO FORÇAS

O “quarteto mortal”: os países que vão tirar o sono dos EUA e da Europa e podem levar a uma nova guerra global

18 de julho de 2024 - 19:58

Especialistas destacam o poder econômico do Ocidente, mas reconhecem que a missão de conter o avanço do grupo de quatro países não é fácil

MAIS POLÊMICA

CEO de empresa ligada à rede social de Trump é alvo de investigação por fraude nos Estados Unidos

18 de julho de 2024 - 14:00

Patrick Orlando é acusado pela SEC americana de mentir sobre os planos de sua “companhia do cheque em branco” de se fundir com a startup por trás da Truth Social

Restrição monetária

Lagarde mantém juros restritivos na Europa e diz o que é preciso para as taxas baixarem

18 de julho de 2024 - 13:07

Banco Central Europeu procura trazer a inflação da zona do euro para a meta de 2%

ELEIÇÕES NOS EUA

Biden revela o que o faria desistir de disputar presidência contra Trump em entrevista divulgada horas após diagnóstico de covid

18 de julho de 2024 - 10:59

Biden recebeu diagnóstico de infecção por covid-19 na quarta-feira e precisou interromper sua campanha à reeleição

MILES GUO

Ex-magnata chinês aliado de Steve Bannon é condenado por fraude bilionária nos EUA

17 de julho de 2024 - 15:00

Miles Guo vivia exilado nos Estados Unidos e é crítico do Partido Comunista chinês

CABO DE GUERRA

A disputa pelo fundo do mar: a próxima fronteira da briga tecnológica entre EUA e China

16 de julho de 2024 - 20:00

Projetados para transportar conexões de dados e telecomunicações entre continentes, os cabos submarinos se tornaram uma nova fonte para conflitos geopolíticos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar