🔴 META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM 2 OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Elas na bolsa: a história de mulheres comuns que são inspiração na hora de investir

O mercado financeiro é majoritariamente masculino, mas mulheres como Dona Nair e Giselle são exemplos de como mudar esse cenário

8 de março de 2024
6:14 - atualizado às 12:12
mulher investindo investidora dia das mães investimentos
Imagem: Shutterstock

Você sabia que aproximadamente metade dos lares brasileiros hoje são sustentados por mulheres?

Pois é, algumas pesquisas recentes mostram que mais de 50% das famílias brasileiras têm uma mulher como responsável financeira.

Bem, isso nem deveria ser uma grande surpresa, entre outras coisas, pela crescente participação delas no mercado de trabalho e também por uma maior autonomia financeira.

Na verdade, a grande surpresa para mim apareceu quando analisei o ambiente de investimentos.

Segundo dados da B3, as investidoras representam apenas 24,9% dos CPFs cadastrados na bolsa, o que nos leva a uma grande inconsistência.

Investidores de acordo com o gênero. (Fonte: B3)

Se as mulheres são as responsáveis financeiras pela maioria dos lares brasileiros, por que elas são tão poucas quando o assunto é investimento?

Obviamente eu não tenho todas as respostas para essa pergunta, apesar de suspeitar de algumas coisas que podem interferir nesse número — e que renderiam assunto para uma outra coluna.

Mas eu acho que existe uma barreira cultural importante aqui também, algo parecido com o que já vimos diversas vezes no passado em outros segmentos.

Leia também

Uma barreira derrubada pelas mulheres

A Dona Nair foi uma das primeiras mulheres a conquistar uma habilitação para dirigir na cidade de Piracicaba, onde eu nasci.

Ela era minha vizinha, e contava essa história para todo mundo com muito orgulho.

Infelizmente, ela já nos deixou, mas hoje eu fico imaginando como ela se sentiria ao saber que o número de condutoras de carros (Categoria B) já superou o de homens no Brasil, algo inimaginável quando ela tirou carta.

Fonte:  Registro Nacional de Carteira de Habilitação (RENACH)

Eu sei que cada pessoa tem mais facilidade em algumas áreas e em outras menos...

No entanto, quando o assunto é investimento, todos deveríamos ter o mesmo interesse e condição, até porque todos nós como seres humanos temos sonhos, necessidades financeiras, preocupação com o nosso futuro e o dos nossos filhos etc.

Então por que hoje essa diferença é tão grande? Para entender melhor a visão feminina da história, perguntei para a Alessandra, uma das maiores investidoras que eu conheço, se ela tinha alguma explicação, e a resposta apenas reforçou o que eu já suspeitava:

Ora, o simples fato de ser um ambiente "naturalmente mais masculino" hoje não quer dizer nada – lembre-se que dirigir carro era "naturalmente mais masculino" no passado e mesmo assim chegamos onde chegamos, não é?

Se faltam inspirações femininas, conheça a Giselle

Eu gostaria de compartilhar o caso de uma assinante do Flash Trader, a minha série de opções na Empiricus.

Quando você fala em "investir de opções" logo vem na mente o filme Lobo de Wall Street e várias coisas bem masculinas, não é?

Pois bem, saiba que a Giselle é provavelmente a assinante que mais ganhou dinheiro até hoje na série "mais masculina" da Empiricus, e é um exemplo de que dá pra ser um investidor bem-sucedido, desde que tenha o suporte e a base de conhecimento necessária.

Na minha opinião, um dos problemas é que ainda faltam referências femininas nos investimentos.

Se hoje para uma mulher tirar carta é algo natural, dado que ela já vê sua mãe, sua tia e suas amigas dirigindo todos os dias, o mesmo não acontece com investimentos. 

Talvez faltem mais "Giselles" para inspirar outras mulheres e mostrar que nada impede elas de investirem também.

Que a Giselle seja uma inspiração para você, que você seja uma inspiração para as mulheres ao seu redor e que um dia essas sejam inspirações para outras, para chegarmos a um 50%/50% também no número de investidores na bolsa.

Se você está chegando agora, ainda está com receios e não sabe muito bem por onde começar, a minha dica é o curso Brasil Investidor, da Larissa Quaresma.

Um curso completo que vai te ensinar desde o planejamento financeiro até como investir em renda fixa, fundos de investimentos e ações – tudo isso por apenas R$ 1.

Se quiser conferir como funciona e garantir o seu acesso, deixo aqui o convite.

Um grande abraço e até a semana que vem.

Ruy

Compartilhe

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa busca recuperação com corte dos gastos em pauta e acordo entre Petrobras (PETR4) e Receita

18 de junho de 2024 - 7:54

Ibovespa começa mais um pregão vindo do nível mais baixo de fechamento no ano; indicadores norte-americanos também estão no radar

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

O paradoxo do conservadorismo necessário: para que os juros caiam depois, é preciso mantê-los elevados agora

18 de junho de 2024 - 6:33

Manter os juros altos agora não apenas ajudaria a reancorar as expectativas de inflação, mas também permitiria uma política monetária mais flexível no futuro

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa começa semana de Copom perto das mínimas do ano e com bolsas internacionais sem direção clara

17 de junho de 2024 - 7:41

Investidores estão na expectativa quanto à divulgação de propostas do governo para revisar os gastos públicos na proposta de orçamento para 2025

Mande sua dúvida!

Meu imóvel foi invadido, e parece que os ocupantes obtiveram a usucapião; ainda consigo fazer a reintegração de posse?

15 de junho de 2024 - 8:00

É possível “reverter” ou “anular” um processo de usucapião? E invasor pode mesmo conseguir usucapir um imóvel?

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mais um dia na bolsa de valores: barulheira fiscal no Brasil, eleições municipais, divulgação do IBC-Br e outros destaques que agitam os mercados

14 de junho de 2024 - 9:07

Contribuição da B3 para a forte queda do Ibovespa em maio, venda da Cetrel pela Braskem (BRKM5) e eleições no Reino Unido também agitam as bolsas nesta sexta-feira (14)

SEXTOU COM O RUY

Em plena semana dos namorados, chegou a hora de dar um “pé na bunda” na bolsa brasileira?

14 de junho de 2024 - 7:01

As notícias não têm sido muito animadoras, mas o Ibovespa negocia hoje com descontos que foram vistos pela última vez apenas na crise financeira de 2008; saiba qual ação ainda vale a pena

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Som e fúria na bolsa: Ibovespa parte do menor nível do ano com ruído sobre meta fiscal no Brasil e juros altos nos EUA

13 de junho de 2024 - 8:48

Disparada das ações do Méliuz, alteração do FGTS, autonomia do Banco Central e contas do governo Lula também ditam o tom do Ibovespa hoje; confira

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: O que nos separa, agora, é uma mera questão contratual

12 de junho de 2024 - 20:01

Não tem mais essa de experiências informais em relacionamentos, tudo agora é formalizado por um contrato entre as partes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ligando os pontos na bolsa: em dia de dot plot do Fed, inflação e rumo dos juros nos EUA ganham destaque; confira essas e outras notícias que mexem com o seu bolso hoje

12 de junho de 2024 - 8:37

Enquanto investidores também aproveitam o Dia dos Namorados, perda da dominância do dólar, recompra de ações da Rede D’Or e MP do PIS/Cofins entram no rada

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O fundo do poço está próximo? Decisão do Fed sobre juros nos EUA, inflação no Brasil, fusão no setor de saúde e outros destaques do dia que indicam o tom do Ibovespa

11 de junho de 2024 - 8:42

Mercado aguarda posicionamento do Fed sobre inflação nos EUA nesta quarta-feira; nova marca de gestora de FII e compra milionária da Ultragaz também entram no radar dos investidores

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar