🔴 FONTE DE RENDA EXTRA COM APENAS 1 CLIQUE – CONHEÇA AQUI

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
FUNDOS IMOBILIÁRIOS HOJE

Maxi Renda (MXRF11) oficializa oferta de até R$ 1 bilhão e diz quanto custará cada nova cota; vai ter desconto?

O FII quer levantar até R$ 1 bilhão, considerando a oferta-base de R$ 800 milhões e um lote adicional de até R$ 200 milhões

Larissa Vitória
Larissa Vitória
11 de junho de 2024
12:28 - atualizado às 12:29
Miniatura de casa e moedas representando o investimento e os dividendos de fundos imobiliários
Imagem: Freepik

Menos de uma semana após receber o aval dos cotistas para realizar uma oferta na bolsa, o Maxi Renda (MXRF11) oficializou nesta terça-feira (11) sua décima emissão de cotas. O fundo imobiliário publicou mais cedo o anúncio de início e o prospecto, que trazem mais detalhes sobre a operação.

Conforme antecipado durante a consulta aos investidores, o FII, que é o maior da B3 em número de cotistas, quer levantar até R$ 1 bilhão. A soma considera uma oferta-base de R$ 800 milhões e um lote adicional de até R$ 200 milhões.

Serão emitidas até 102,6 milhões de novas cotas a R$ 10,07 cada — já incluindo o preço de emissão de R$ 9,74 e uma taxa de distribuição primária de R$ 0,33. O valor é cerca de 1,18% inferior ao fechamento do MXRF11 na B3 ontem, último pregão antes do anúncio da emissão.

Vale destacar que a oferta é voltada a investidores no geral e o investimento mínimo é de apenas uma nova cota.

Além disso, quem já é cotista do fundo terá direito de preferência. A prerrogativa poderá ser exercida, ou negociada na B3, entre os dias 17 e 27 de junho.

Maxi Renda (MXRF11) já tem mais R$ 1 bilhão em CRIs na mira

Segundo o cronograma liberado hoje, a oferta deve ser liquidada no início de agosto. E o MXRF11 já tem planos para o dinheiro: o pipeline, divulgado junto ao prospecto, conta com mais de R$ 1 bilhão em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) e permutas, os principais ativos da carteira do fundo.

Vale destacar que a lista é meramente indicativa, pois o FII ainda não possui um ativo específico para destinar os recursos e não há garantia de que o gestor conseguirá alocá-los da forma prevista no estudo de viabilidade.

Feitas as devidas ressalvas, confira abaixo o pipeline do Maxi Renda:

Fonte: MXRF11

Compartilhe

LIQUIDAÇÃO VEM AÍ?

Cotistas do HGPO11 aceitam proposta milionária para vender todo o portfólio; como ficará o fundo imobiliário agora?

17 de julho de 2024 - 12:43

Depois de recusarem outras ofertas, os investidores do FII toparam vender os dois imóveis da carteira para a RBR por pouco mais de R$ 618 milhões

FIIs HOJE

HCTR11 explica o salto de 65% nos dividendos deste mês, mas cotas do fundo imobiliário caem na B3 e lideram perdas do IFIX

17 de julho de 2024 - 11:04

De acordo com o relatório gerencial, os proventos foram impulsionados pelo recebimento maior de parcelas dos CRIs que compõem o portfólio

MAIS RESTRIÇÕES

Trump ou Biden? Não importa quem vença as eleições nos EUA, a guerra fria contra a China continua — e Nvidia e outras ações de gigantes dos chips sofrem hoje

17 de julho de 2024 - 10:28

O desempenho negativo acompanha temores de que, independente de quem vença as eleições presidenciais, os EUA devem anunciar restrições mais rígidas a exportações para o gigante asiático

A base da IA

Nvidia, TSM, AMD, Intel… primeiro ETF de empresas de semicondutores chega à bolsa brasileira; saiba como investir no CHIP11

17 de julho de 2024 - 8:00

Fundo de índice que replica o desempenho do ETF americano SMH, CHIP11 estreia hoje na B3

DESTAQUES DO SETOR IMOBILIÁRIO

Ações da Plano & Plano (PLPL3) e Helbor (HBOR3) sobem forte após prévias, mas apenas uma delas tem recomendação de compra; veja qual

16 de julho de 2024 - 11:22

O Itaú BBA já esperava a reação positiva do mercado. Em relatório publicado mais cedo, o banco de investimentos avaliou as duas prévias como positivas

EM PARCERIA COM A B3

Nu Asset lançará dois ETFs de ações, um com foco em baixa volatilidade e outro voltado para papéis sensíveis à variação do Ibovespa

15 de julho de 2024 - 19:03

Gestora do Nubank estreará na próxima terça-feira (16) o Low Volatility (LVOL11) e o High Beta (HIGH11); veja como os novos fundos de índice devem funcionar

A UNIÃO FAZ A FORÇA

‘Abandonada’ pela Shein, Coteminas (CTNM4) vê ações derreterem 74% na bolsa e propõe grupamento

15 de julho de 2024 - 18:16

A ideia dos conselheiros é que grupos de cinco papéis CTMN4 sejam unidos para formar uma nova ação — e o preço também será multiplicado pelo mesmo fator

DESTAQUES DA BOLSA

Ações da Americanas (AMER3) despencam 10% hoje, mas ainda disparam 24% nos últimos dias e a cotação deve subir mais em breve

15 de julho de 2024 - 17:01

Vale relembrar que a Americanas anunciou um grupamento de ações para aumentar a cotação dos papéis

MOMENTUM DE PREÇOS

Fim do calvário do Ibovespa? Bolsa brasileira sobe 7,5% em um mês — e essas são as 7 apostas do Itaú BBA em ações

15 de julho de 2024 - 13:24

Além dos sete nomes, a recente dinâmica de preços de curto prazo de um trio de ações também atraiu o olhar dos analistas; confira

DESTAQUES DA BOLSA

Ações da EZTec (EZTC3) estão entre as maiores altas do Ibovespa após crescimento nas vendas do segundo trimestre; é hora de comprar?

15 de julho de 2024 - 11:59

O BTG Pactual destaca que a companhia conseguiu reduzir os níveis de estoque no período e o valution dos papéis é atrativo

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar