🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
E AGORA, DISNEY?

O Homem-Formiga decepcionou? Marvel apanha nas bilheterias após queda de arrecadação de “Quantumania” nos cinemas

O terceiro filme do herói recebeu a coroa de pior queda de bilheteria para a segunda semana em exibição de qualquer filme do MCU, com declínio semanal de mais de 69%, segundo o Box Office Mojo

Camille Lima
Camille Lima
27 de fevereiro de 2023
12:59 - atualizado às 12:08
"Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania", nova aposta da Disney para o Universo da Marvel
Imagem: Reprodução

Apesar de as Partículas Pym ajudarem Scott Lang a se transformar em um gigante de mais de 100 metros de altura, nem mesmo os poderes do Homem-Formiga foram capazes de salvar a Marvel da derrocada nos cinemas com “Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania”.

O terceiro filme do super-herói deu início à Fase 5 do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) e era uma das maiores apostas da Disney para 2023, que luta para deixar para trás os sucessivos fracassos de crítica da 4ª fase.

Acontece que, apesar de liderar a lista de maiores bilheterias globais de 2023, com mais de US$ 363,6 milhões em arrecadação, “Quantumania” também recebeu a coroa de pior queda de bilheteria para a segunda semana em exibição de qualquer filme do MCU.

Isso porque o filme ambientado no reino quântico sofreu uma queda de mais de 69% nas bilheterias domésticas de uma semana para a outra, segundo dados do Box Office Mojo

Entre os dias 24 e 26, a produção protagonizada por Paul Rudd somou apenas US$ 32,2 milhões em bilheteria nos Estados Unidos, contra uma arrecadação de US$ 106,1 milhões no fim de semana anterior.

A produção ainda superou “Thor: Amor e Trovão”, que antes liderava o ranking de maiores fracassos da Marvel, com um declínio semanal de 67,7%. 

Além de ocupar o primeiro lugar na lista de decepções recentes da Disney, o filme ainda entregou a pior queda para um segundo fim de semana de qualquer filme que tenha estreado com mais de US$ 100 milhões nos cinemas dos Estados Unidos. 

Antes, o título de maior baixa para um filme com US$ 100 milhões em estreia nos EUA pertencia a “Batman vs Superman: A Origem da Justiça” — da rival da Marvel, a DC Comics —, que atualmente ocupa o 78º lugar no ranking de bilheteria global, com US$ 873,6 milhões em arrecadação.

A aposta da Marvel em Homem-Formiga 

A Disney encontra-se em maus lençóis com os fãs da Marvel. Isso porque, após o fim da Fase 3 do MCU, a empresa entrou numa etapa de reconstrução, já que Homem de Ferro e Capitão América, dois dos principais heróis da franquia, tiveram que deixar os holofotes.

Não bastasse a ausência de Cap ou de Tony Stark nas telonas, os entusiastas da Marvel ainda enfrentaram o luto com a morte de Chadwick Boseman, o eterno Pantera Negra do MCU.

Apesar do tributo a Boseman em “Wakanda Para Sempre”, a perda do ator evidenciou as fraquezas da última fase do Universo Cinematográfico da Marvel.

Na Fase 4, a Disney introduziu novos heróis ao universo já conhecido. Os fãs dos quadrinhos conheceram os rostos que dariam vida a personagens como IronHeart, Cavaleiro da Lua e Ms Marvel.

A maior aposta da Marvel, porém, caiu sobre os ombros de Homem-Formiga e Vespa — que já havia largado com uma avaliação mediana na estreia do terceiro filme, que chegou a 48% no site RottenTomatoes

“Queríamos começar a Fase 5 com o Homem-Formiga, porque ele conquistou essa posição”, disse o chefe da Marvel Studios, Kevin Feige, à Empire. “Não ser simplesmente um substituto ou o alívio cômico, mas assumir sua posição na frente do pódio do MCU.”

*Com informações de Collider e Box Office Mojo

Compartilhe

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies