🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
CHUVA DE PROVENTOS

Alô, acionista! Taesa (TAEE11) vai pagar R$ 460 milhões em dividendos; saiba quem tem direito aos proventos

O montante equivale ao valor unitário de R$ 0,44509 por ação ordinária e preferencial e de R$ 1,33527 por unit da companhia

Camille Lima
Camille Lima
6 de janeiro de 2023
10:10 - atualizado às 10:44
Foto de torres de transmissão de energia | ISA CTEEP

Amplamente conhecida como uma das grandes pagadoras de proventos da bolsa, a Taesa (TAEE11) decidiu agraciar os acionistas e anunciou uma generosa rodada de dividendos.

A companhia de transmissão de energia vai distribuir R$ 460 milhões na forma de dividendos intercalares referentes ao exercício de 2022.

O montante equivale ao valor unitário de R$ 0,44509 por ação TAEE3 ou TAEE4 e de R$ 1,33527 por unit TAEE11.

As units TAEE11 operam em forte valorização e figuram entre as maiores altas do Ibovespa na manhã desta sexta-feira (06). Por volta das 10h45, os papéis avançavam 5,61%, negociados a R$ 35,95.

Dividendos

Para ter direito aos proventos, é preciso fazer parte da base de acionistas da empresa até a próxima terça-feira, 10 de janeiro. Depois da data de corte, os papéis passarão a ser negociados "ex-dividendos" e sofrerão um ajuste na cotação.

Em termos mais simples, o investidor pode optar por comprar os papéis até a data limite e receber a remuneração ou esperar pelo dia 11 e adquiri-los provavelmente por uma cotação mais baixa e sem o direito aos proventos em questão.

Já a data agendada pela Taesa (TAEE11) para o pagamento da remuneração aos acionistas é 23 de janeiro.

Vale a pena investir em Taesa (TAEE11)?

Tradicionalmente, a virada de ano traz também uma revisão dos hábitos, objetivos e, inevitavelmente, dos investimentos.

E, para quem está refletindo sobre o que fazer com a própria carteira de investimentos, a Taesa (TAEE11) pode ser uma opção para deixar no radar, na visão da Genial Investimentos.

Os analistas da corretora recentemente revisaram a recomendação do papel de venda para manutenção, com preço-alvo fixado em R$ 36 por ação. O valor corresponde a um potencial de valorização de 5,7% em relação ao fechamento do último pregão, de R$ 34,04.

Segundo o relatório, a mudança na recomendação dos papéis é justificada de acordo com as estimativas dos analistas, que agora veem as ações da empresa negociando com uma Taxa Interna de Retorno Implícita de 8,5% em termos reais.

De acordo com a corretora, este seria o nível em que a ação começa a negociar com algum prêmio em relação ao rendimento real das notas do Tesouro Nacional de 30 anos em termos reais, em torno de 6%.

Além disso, a Genial aponta que o ativo passou bastante tempo negociando entre R$ 40 e R$ 44, níveis considerados muito descolados dos fundamentos da empresa.

"É uma empresa sólida, com grande track-record na execução de projetos de transmissão e generosa pagadora de dividendos. Por enquanto, preferimos outros nomes no setor por considerar, como Alupar e Eletrobrás", traz o relatório.

Compartilhe

ATRAVESSOU O ENREDO

Goldman eleva recomendação para 3R Petroleum (RRRP3) e fusão com Enauta (ENAT3) é só um dos motivos

18 de abril de 2024 - 12:02

O que mais chamou a atenção dos analistas é a melhora da relação entre o risco e o retorno da empresa, em um cenário de alta do petróleo e depreciação do real frente ao dólar

NOVOS INVESTIMENTOS

Petrobras (PETR4) anuncia parceria com empresa chinesa para projetos de energias renováveis e transição energética

18 de abril de 2024 - 11:17

Apesar do destaque para energias renováveis, parceria da Petrobras com a China National Chemical Energy Company também inclui acordos comerciais para exploração de petróleo

FABRICANTE DE CHIPS

Mesmo com lucro quase 10% maior, por que investidores penalizam as ações da “rival” da Nvidia, a TSMC?

18 de abril de 2024 - 10:29

Os lucros da TSMC são vistos como um indicador para a demanda global por chips, devido ao seu papel fundamental na indústria de fabricação e à importância de seus clientes

OFERTA DE AÇÕES

Sabesp (SBSP3): governo Tarcísio define modelo de privatização e autoriza aumento de capital de até R$ 22 bilhões; saiba como vai funcionar

18 de abril de 2024 - 10:21

Venda do controle da Sabesp ocorrerá via oferta de ações, com seleção de acionista de referência pelo mercado a partir das duas melhores propostas

O TAL DO MULTIFAMILY

Dona de 5 mil apartamentos, Brookfield aposta no mercado residencial para a renda e diz o que falta para o segmento decolar no Brasil

18 de abril de 2024 - 6:05

Demanda não falta, mas o vice-presidente sênior da gestora lista duas grandes dificuldades que o multifamily enfrenta no país

AS ÁGUAS VÃO ROLAR

A privatização da Sabesp vem aí: cidade de São Paulo dá um passo fundamental para a desestatização da companhia

17 de abril de 2024 - 20:18

Entre os cerca de 370 municípios atendidos pela Sabesp, São Paulo representa entre 45% e 50% da receita total da empresa de saneamento

MERCADO LOGÍSTICO

Muito além de Cajamar: Log (LOGG3) prevê maior demanda por galpões fora do Sudeste, mas ainda nos grandes centros

17 de abril de 2024 - 16:31

No quarto trimestre, por exemplo, a companhia entregou 131 mil metros quadrados em Salvador, Brasília e Maceió

POR QUE A PRESSA?

Vale (VALE3): a surpresa dos dados que fazem as ações subirem e os bancões correrem

17 de abril de 2024 - 14:47

A mineradora apresentou dados operacionais do primeiro trimestre de 2024 e o mercado refez as contas sobre como será o desempenho financeiro da companhia, que ainda tem pedras no caminho — saiba se é hora de comprar ou vender

ELE MERECE?

Tesla pede a acionistas que votem para aprovar pagamento de US$ 56 bilhões a Elon Musk barrado pela Justiça; entenda o caso

17 de abril de 2024 - 13:17

O bônus ao bilionário foi aprovado em 2018, mas o Tribunal de Delaware barrou o pacote após uma extensa disputa judicial entre um dos acionistas da Tesla e o CEO da companhia

O MERCADO NÃO GOSTOU

Vai decidir quando? Oi (OIBR3) adia pela quarta vez assembleia de credores que votará plano de recuperação judicial  — ações tocam mínima na bolsa

17 de abril de 2024 - 12:11

Os papéis da companhia caíram 1,47% e atingiram o menor valor do dia depois que a votação foi postergada junto com o stay period; confira a nova data e o novo horário

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar