🔴 EVENTO GRATUITO: COMPRAR OU VENDER VALE3? INSCREVA-SE

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Shein em crise?

Shein perde dois terços do seu valor de mercado em apenas um ano e pode ter problemas para fazer IPO em Wall Street

Nos Estados Unidos, há questionamentos sobre a proveniência do algodão utilizado para a fabricação das roupas e também das condições de trabalho na Shein

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
18 de maio de 2023
12:30 - atualizado às 11:45
shein
(Imagem: Dick Thomas Johnson/Flickr/Reprodução) -

A crise das empresas de tecnologia também parece ter atingido a gigante Shein — por mais que a varejista chinesa continue o seu crescimento pelo globo. E isso não tem nada a ver com os planos frustrados de taxação por parte do governo brasileiro.

De acordo com informações do Wall Street Journal, a companhia acaba de finalizar uma nova rodada de captação de recursos com sucesso, levantando cerca de US$ 2 bilhões, mas a operação contou com uma peculiaridade — um valor de mercado de "apenas" US 66 bilhões, o que equivale a um terço do preço visto um ano antes. 

A nova rodada de financiamento foi liderada pelos fundos Sequoia Capital, General Atlantic e o Mubadala. Investidores antigos foram atribuídos com mais ações para que mantivessem a sua fatia na companhia. 

No ano passado, a empresa registrou uma receita de R$ 23 bilhões, com um lucro líquido de mais de US$ 800 milhões. Para algumas fontes ouvidas pela reportagem do WSJ, o valor de mercado mais baixo deixa espaço para que em uma eventual abertura de capital (IPO, na sigla em inglês) dê fôlego ao valor da empresa. 

VEJA TAMBÉM — “A Bet365 travou meu dinheiro!”: este caso pode colocar o site de apostas na justiça; entenda o motivo

IPO da Shein?

Chegar às bolsas, no entanto, pode ser uma missão difícil. 

Em todo o mundo, crescem as dúvidas sobre a cadeia produtiva da Shein e as razões pelas quais a companhia chinesa consegue manter os seus preços tão baixos, ganhando bilhões de dólares de receita do varejo tradicional. 

Nos Estados Unidos, há questionamentos sobre a proveniência do algodão utilizado para a fabricação das roupas e também das condições de trabalho na companhia — questões que vão além do já usual entrave entre EUA e China. 

Um grupo bipartidário, com mais de 20 assinaturas, enviou à Comissão de Valores Mobiliários americana (SEC, na sigla em inglês), um pedido para que a SEC investigue a cadeia de produção da companhia antes de permitir que uma oferta de ações seja realizada nas bolsas americanas. 

De acordo com a Shein, nenhum de seus fornecedores é da região de Xinjiang, localidade proibida pela legislação americana, e há zero tolerância para qualquer tipo de trabalho forçado. 

Fundada em 2008, em Nanjing, na China, a Shein alcançou o estrelato ao longo da pandemia do coronavírus, com a venda de roupas e produtos a preços mais acessíveis do que os tradicionalmente encontrados no varejo tradicional. 

A companhia, no entanto, é acusada de alimentar um ciclo de consumo excessivo, com coleções curtas e produtos pouco duráveis. Para rebater as acusações, a empresa tem investido em um programa de reciclagem de produtos usados — mas com um alcance limitado. 

  • Você investe em ações, renda fixa, criptomoedas ou FIIs? Então precisa saber como declarar essas aplicações no seu Imposto de Renda 2023. Clique aqui e acesse um tutorial gratuito, elaborado pelo Seu Dinheiro, com todas as orientações sobre o tema.

Compartilhe

PRÉVIAS DO BALANÇO

A Vale (VALE3) vai surpreender de novo? O que esperar do balanço da mineradora no 1T24 após produção e vendas que agradaram o mercado

24 de abril de 2024 - 6:01

A companhia divulga nesta quarta-feira (24), após o fechamento do mercado, os primeiros resultados financeiros referentes a 2024; o Seu Dinheiro antecipa o que deve vir por aí

AGORA VAI?

Sabesp (SBSP3): Câmara de São Paulo retoma debate da privatização, mas vereador contrário à proposta defende plebiscito

23 de abril de 2024 - 19:47

O projeto de lei que possibilita a privatização foi aprovado em primeira votação no dia 17 deste mês, mas não há data prevista para a segunda votação, que será definitiva

CONFORME O COMBINADO

Acionistas da Cielo (CIEL3) rejeitam novo laudo de avaliação em oferta de Bradesco e Banco do Brasil para fechar o capital da empresa

23 de abril de 2024 - 19:26

A rejeição ocorre após um acordo entre parte dos minoritários e os bancos que elevou para R$ 5,60 o preço por ação na OPA, uma alta 4,67% ante a oferta original

A MÁGICA DO BILIONÁRIO

Elon Musk é um encantador de investidores? Por que a Tesla tem o menor resultado em três anos e as ações TSLA sobem forte em Nova York

23 de abril de 2024 - 18:55

A fabricante de carros elétricos anunciou lucro e receita piores do que o esperado no primeiro trimestre de 2024 e viu seus papéis avançaram quase 10% no after market; entenda o que animou os investidores

OPERAÇÃO APROVADA

Weg (WEGE3) recebe sinal verde dos investidores para aumentar o capital em R$ 1 bilhão

23 de abril de 2024 - 18:29

A operação será feita por meio da incorporação de parte do saldo de reserva e retenção de lucros para investimentos da empresa

SOBRETAXA NA SIDERURGIA

Novo imposto do aço: Governo aumenta taxa para importação em meio a apelo das siderúrgicas. Vem impacto na inflação?

23 de abril de 2024 - 17:45

A alíquota subirá para 25% quando as cotas estabelecidas pelo governo forem ultrapassadas; veja os produtos que podem ser sobretaxados

DE OLHO NAS REDES

Novo Ozempic? “Cópia” da caneta emagrecedora será distribuída no Brasil por small cap que já disparou 225% — Ambev sofrerá? 

23 de abril de 2024 - 15:55

As ações desta small cap brasileira chegaram a disparar mais de 70% com a notícia: um medicamento similar ao Ozempic será distribuído no Brasil. Em seis meses, a alta já ultrapassa os 225% na bolsa.  “O remédio é um dos maiores temas do mercado de uns tempos para cá — ao lado da inteligência artificial”, […]

REAÇÃO AO RESULTADO

Mais um trimestre para esquecer? Usiminas cai forte na B3 após balanço do 1T24. Saiba o que o CEO da siderúrgica disse sobre os resultados

23 de abril de 2024 - 13:59

“2024 começou com forte importação e competição desleal”, afirmou o CEO da Usiminas, Marcelo Chara, em teleconferência com analistas

A CALORIA QUE VALE A PENA

Vai um Assaí aí? Por que esse bancão resolveu mudar a recomendação das ações ASAI3 — papéis reagem e sobem na B3

23 de abril de 2024 - 12:45

O JP Morgan elevou a recomendação para as ações do Assaí, com preço-alvo de R$ 17,50 para dezembro de 2024 — os papéis chegaram a ocupar o terceiro lugar no pódio de altas do Ibovespa; saiba por que chegou a hora de comprar

FRUTOS DO MATRIMÔNIO

3R Petroleum (RRRP3) e Enauta (ENAT3): esse bancão diz o que esperar da fusão entre as petroleiras juniores da B3 — e qual ação comprar agora

22 de abril de 2024 - 18:44

Na projeção do banco, o casamento entre as junior oils pode ser concluído até o fim do 3T24 — e já conta o que os investidores devem esperar pela frente

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar