🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
A PONTA NEGATIVA DA B3

Resultado do 1T23 corta JBS (JBSS3) na carne, ações chegam a cair 10% e o pior ainda pode estar por vir

O desempenho de todas as unidades do frigorífico foi fraco entre janeiro e março deste ano e a perspectiva é de um caminho tortuoso até o final do ano

JBS (JBSS3)
JBS -

Um corte na carne. Assim foi o resultado da JBS (JBSS3) no primeiro trimestre de 2023 e o investidor não perdoou — as ações da empresa já chegaram a cair mais de 10% nesta sexta-feira (12), figurando nas primeiras posições da ponta negativa do Ibovespa

Segundo analistas, o frigorífico enfrenta uma tempestade e o desempenho mais fraco em todas as unidades de negócio entre janeiro e março deste ano mostra que o caminho ainda deve ser tortuoso para a JBS até o final do ano.

“A JBS divulgou resultados fracos no geral, com compressão de margem em todas as unidades de negócios, exceto na Pilgrim’s Pride”, diz o Itaú BBA em relatório. 

Segundo o banco, as divisões da empresa nos EUA ainda lutam contra o excesso de oferta de proteína no mercado, enquanto no Brasil, os custos mais altos dos grãos levaram a Seara a ter um desempenho ruim. 

No primeiro trimestre, a JBS trouxe receita líquida de R$ 86,7 bilhões, Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 2,2 bilhões e prejuízo de R$ 1,5 bilhão.

  • Você investe em ações, renda fixa, criptomoedas ou FIIs? Então precisa saber como declarar essas aplicações no seu Imposto de Renda 2023. Clique aqui e acesse um tutorial gratuito, elaborado pelo Seu Dinheiro, com todas as orientações sobre o tema.

JBS em partes

A JBS Beef North America viu a margem Ebitda alcançar 0,4% — o Ebitda da divisão que uma das principais da empresa, foi de R$ 115,8 milhões.

Essa performance mais fraca é explicada pelo ciclo do gado, que nos EUA está com tendência de queda do número de cabeças, o que leva a empresa a gastar mais na compra de animais. 

O BTG Pactual chama atenção para as margens, que considerou decepcionantes, da JBS USA Pork — o braço de suínos na América do Norte — de 2,5% no padrão contábil brasileiro (IFRS), a menor desde 2009. 

Na Seara, o preço dos grãos pressionou os resultados: o tombo foi de 76,1%, para R$ 147 milhões. A margem Ebitda ajustada da unidade recuou 5,1 ponto percentual, para 1,4%, ficando abaixo até do desempenho da JBS Brasil. 

“A Seara reportou resultados fracos e muito abaixo de nossas estimativas em função dos custos de produção ainda elevados e preços fracos devido a um cenário de oferta e demanda desequilibrado”, diz a XP Investimentos em relatório. 

Um ponto fora da curva?

A performance mais fraca da JBS no primeiro trimestre é exatamente uma surpresa para o mercado — embora a Seara tenha chamado atenção. 

O principal executivo global da JBS, Gilberto Tomazoni, disse em teleconferência que os resultados negativos da empresa são um  “ponto fora da curva”. Segundo ele, os custos com grãos, que pesaram sobre os negócios no primeiro trimestre, já começaram a ceder.

Mas nem todos os analistas concordam com essa visão. O Santander, por exemplo, acredita que deve haver revisões para baixo do lucro da JBS ainda que a sazonalidade seja mais favorável e haja eficiências operacionais daqui para frente. O banco tem recomendação neutra para as ações JBSS3. 

Outro que não está tão confiante sobre o desempenho do frigorífico é o JP Morgan, que manteve a indicação neutra para os papéis da empresa. 

“Achamos que esses resultados devem levar a uma revisão significativa dos lucros para baixo, já que o ciclo da carne bovina dos EUA está se tornando negativo agora e deve permanecer sob pressão por pelo menos mais um ano e meio”, diz o banco em relatório. 

O BTG Pactual manteve recomendação de compra para JBS. “Mesmo que o fundo do ciclo da proteína seja mais difícil do que pensávamos, ainda achamos que a JBS pode superá-lo. Um mercado normalizado deve tornar a ação muito barata para ser ignorada”, diz o banco em relatório. 

A XP tem um otimismo maior com relação à performance da JBS daqui para frente. “A perspectiva de melhores resultados em todas as unidades sugere que o primeiro trimestre pode ser o ponto mais baixo do ano, mas deve ser uma jornada tortuosa”, diz. 

Compartilhe

ATENÇÃO, INVESTIDOR

Dividendos: Banco do Brasil (BBAS3) anuncia R$ 1,1 bilhão em JCP — em proventos antecipados do 2T24

24 de maio de 2024 - 18:52

Para ter direito à remuneração, é necessário possuir ações do BB até o fim do pregão de 23 de junho

TRAGAM A COROA

Tchau, Itaú (ITUB4): Nubank (ROXO34) se torna o banco mais valioso da América Latina pela primeira vez em dois anos

24 de maio de 2024 - 17:24

Atualmente, o banco digital é avaliado em US$ 56,19 bilhões, equivalente a R$ 290,52 bilhões nas cotações atuais

DONA DO CHATGPT

De demissões a polêmicas em Hollywood: por que a gestão de Sam Altman à frente da OpenAI vem sendo alvo de críticas

24 de maio de 2024 - 16:24

Desde que recuperou o trono de CEO em novembro, Sam Altman viu a empresa que fundou adentrar uma nova onda de intrigas — incluindo uma controvérsia com a atriz Scarlett Johansson e acordos altamente restritivos com antigos funcionários

APERTO DE MÃOS

Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4) anunciam acordo de cooperação para ‘mesclar’ malhas aéreas em meio a rumores de fusão das empresas

24 de maio de 2024 - 8:34

Entre as novas rotas compartilhadas, os clientes terão à disposição também oportunidades mais convenientes de conexão

UMA BATALHA DE GIGANTES

Mercado Livre quer se tornar maior banco digital do México — mas expansão do Nubank pode atrapalhar os planos

23 de maio de 2024 - 20:04

O banco do cartão roxo liderou a adição de usuários ativos mensais (MAU) no país, de acordo com relatório do Bank of America

UM AUXÍLIO PARA A DANÇA DAS CADEIRAS

Vale (VALE3) contrata consultoria internacional para seleção de novo CEO e dá mais um passo no processo de sucessão do comando

23 de maio de 2024 - 19:22

A escolhida para assessorar o conselho de administração na busca foi a Russell Reynolds, que entregará uma lista de três possíveis nomes para o cargo ao CA

Mais uma espera

Americanas (AMER3) adia novamente a divulgação dos balanços de 2023 e do primeiro trimestre de 2024

23 de maio de 2024 - 19:13

Previsão da empresa era divulgar seus números em 28 de maio, mas investigação de comitê independente ainda não terminou

NOVAS ESTRUTURAS?

Sanepar (SAPR11) estuda criar holding e outras empresas para segregar negócios; entenda

23 de maio de 2024 - 18:46

O levantamento será elaborado pela Fundação Instituto de Administração (FIA), que terá um prazo de 240 dias para concluir os trabalhos

CHUVA DE PROVENTOS?

Petrobras (PETR4) é a segunda empresa que mais pagou dividendos no 1T24 apesar da polêmica com governo; saiba quem foi a campeã

23 de maio de 2024 - 16:15

Entre janeiro e março deste ano, a estatal depositou um total de US$ 2,03 bilhões em remuneração aos acionistas; veja a lista completa

PAPEL FICOU BARATO?

XP quer recomprar até R$ 1 bilhão em ações após papéis despencarem 14% com o balanço do 1T24

23 de maio de 2024 - 13:28

O conselho de administração da companhia aprovou um programa de recompra de ações de papéis classe A no mercado norte-americano

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar