IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2023-01-16T19:37:50-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Mais um

Americanas (AMER3): sobe para quatro o número de processos abertos na CVM para investigar a empresa

Em vias de pedir recuperação judicial, Americanas também vem sendo investigada pelo xerife do mercado de capitais pelas suas inconsistências contábeis

16 de janeiro de 2023
19:37
Fachada de unidade da rede Lojas Americanas Express (AMER3 LAME3 LAME4), na Avenida Paulista, região central de São Paulo
Fachada de unidade da rede Lojas Americanas Express, na Avenida Paulista, região central de São Paulo. - Imagem: Estadão Conteúdo/Itaci Batista

Mais um processo foi aberto pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta segunda-feira (16) para investigar a Americanas (AMER3) após a companhia divulgar, na semana passada, uma inconsistência contábil estimada em R$ 20 bilhões em seus balanços, que podem elevar a sua dívida para R$ 40 bilhões.

Agora, a xerife do mercado de capitais tem quatro processos abertos para investigar a varejista, que pode vir a pedir recuperação judicial num futuro próximo.

  • Não perca dinheiro em 2023: o Seu Dinheiro conversou com os principais especialistas do mercado financeiro e reuniu neste material as melhores oportunidades de investimentos em ações, BDRs, fundos imobiliários e muito mais. ACESSE AQUI GRATUITAMENTE.

A Americanas conseguiu, na Justiça do Rio, uma tutela de urgência cautelar que a protege de ter suas dívidas executadas por credores em razão da divulgação do rombo bilionário, o que é considerado uma preparação para um pedido de RJ.

Um dos processos na CVM tem como partes interessadas, além das próprias Americanas, a Associação Brasileira de Investidores (Abradin), a PwC, empresa responsável por auditar as demonstrações financeiras da varejista, e a B3, operadora da bolsa de valores brasileira.

Relembre o imbróglio envolvendo a Americanas (AMER3)

A revelação da inconsistência contábil nos balanços das Americanas no último dia 11, junto com a divulgação da saída do então CEO, Sergio Rial, e do CFO e diretor de relações com investidores, André Covre, derrubou as ações AMER3 em mais de 70% no dia seguinte. De lá para cá, os papéis já derreteram 83%.

A oscilação foi forte também entre os títulos de dívida da empresa no mercado de debêntures. O evento, assim, machucou tanto os sócios quanto os credores da companhia.

Agora, o mercado - sobretudo os bancos credores - esperam que os acionistas de referência - o trio de empresários Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira - façam um aporte bilionário na companhia.

Há quem também já esteja recorrendo à Justiça para receber o que deve. Com as correções no balanço, a Americanas certamente terá seus indicadores de liquidez e endividamento bagunçados, condição que normalmente consiste em quebra de contrato em financiamentos, dando ao credor o direito de executar a dívida.

O BTG é um desses credores, que já entrou na Justiça pelo direito de manter o pagamento efetuado pela companhia a uma dívida de R$ 1,2 bilhão, que venceu antecipadamente em razão da divulgação do rombo. O referido pagamento corre o risco de ser desfeito pela tutela obtida pela companhia.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

DIA 31

Está confirmado: Lula vai para os EUA no dia 10 de fevereiro — veja o que ele vai discutir com Biden

31 de janeiro de 2023 - 20:06

Enquanto o encontro não chega, o petista tentou acalmar os ânimos dos investidores — que seguem desconfiados em relação à responsabilidade fiscal do novo governo

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa sobe em meio ao caos de um interminável janeiro; o que afeta a bolsa nos próximos dias?

31 de janeiro de 2023 - 18:57

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

MELHORES DO MÊS

Renascimento cripto: bitcoin (BTC) volta a brilhar, sobe mais de 30% e é disparado o melhor investimento de janeiro; títulos do Tesouro ficam na lanterna

31 de janeiro de 2023 - 18:46

As medalhas de prata e bronze foram para o ouro e para o Ibovespa, em um movimento de busca por segurança — e barganhas

ESTAGNOU?

Dividendos do Maxi Renda (MXRF11) não cresceram em 2022, mas os proventos destes outros três fundos imobiliários subiram mais de 50% — veja quais são

31 de janeiro de 2023 - 18:33

O melhor resultado foi obtido pelo Santander Papéis Imobiliários CDI (SADI11), com alta de 77,1%

RELATÓRIO DE PRODUÇÃO

Pé no freio: produção e vendas da Vale (VALE3) registram recuo tímido em 2022; confira os destaques operacionais da mineradora

31 de janeiro de 2023 - 18:30

A produção e a comercialização de minério de ferro da companhia se aproximaram da estabilidade no ano passado, com leves quedas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies