IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2023-01-06T18:13:16-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Carta mensal

Cenário internacional é favorável ao Brasil, mas ruídos gerados pelo governo Lula fazem País desperdiçar oportunidade, diz Verde

Verde diz que tem tentado operar contra os exageros, aproveitando os momentos de estresse para aumentar risco em bolsa e no Real

6 de janeiro de 2023
18:13
Luis Stuhlberger, gestor do Fundo Verde, falando durante evendo do Credit Suisse
Luis Stuhlberger, gestor do Fundo Verde - Imagem: Leo Martins

Com a reabertura da economia chinesa e os sinais de arrefecimento da inflação nos Estados Unidos, que reduz a pressão sobre as taxas de juros globais, o Brasil poderia ser um dos grandes beneficiários deste cenário, de acordo com a Verde Asset.

Porém, a avaliação gestora de Luis Stuhlberger, é de que o País está desperdiçando a oportunidade. E a culpa recai sobre os ruídos gerados pelo governo recém-empossado de Luiz Inácio Lula da Silva.

Na carta mais recente do Verde, fundo estrelado que acumula mais de 20.000% de valorização desde sua criação, a gestora afirma que o pano de fundo citado acima tende a beneficiar os mercados emergentes. No entanto, o cenário no Brasil permanece volátil.

Leia mais:

"O país tem uma situação fiscal e de endividamento que inspira cuidados e cautela, mas os arroubos de vários ministros solapam diariamente a confiança que o setor privado necessita para investir e ajudar o país a crescer", diz a Verde na carta.

A gestora de Stuhlberger ressalta, porém, que o excesso de ruídos é normal no começo de um novo governo.

"Com mais alguns meses, ficará claro quem são os interlocutores que de fato sinalizam quais políticas públicas serão adotadas, e quem são apenas irrelevantes", diz a gestora.

Nesse contexto, a Verde detalha que tem tentado operar contra os exageros, aproveitando os momentos de estresse para aumentar risco em bolsa e no Real e reduzindo o risco quando há silêncio.

Ao final de 2022, o fundo manteve exposição na bolsa brasileira, assim como a posição vendida na bolsa americana por meio de opções. O Verde também manteve posição comprada em inflação implícita no Brasil e pequena posição aplicada em juro real. Nas commodities, o Verde continua comprado em ouro e petróleo. Além disso, o fundo está vendido no euro e comprado em real.

Verde em 2022

Em 2022, o Verde obteve rentabilidade de 15,93%, contra 12,37% do CDI. Desde a sua criação, em 1997, o fundo acumula ganhos de 21.336,72% contra 2.625,98% do CDI.

No ano passado, o grande destaque do fundo foi o portfólio de renda fixa, que obteve ganhos principalmente das posições tomadas em juros nos Estados Unidos e na Europa. Posição tomada significa que os gestores estavam apostando na alta das taxas. É o contrário da posição aplicada, que é uma aposta de que as taxas vão cair.

A posição comprada em petróleo e as proteções de bolsa global também contribuíram positivamente para o resultado. Já a carteira de ações no Brasil foi a principal detratora do resultado.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

DIA 31

Está confirmado: Lula vai para os EUA no dia 10 de fevereiro — veja o que ele vai discutir com Biden

31 de janeiro de 2023 - 20:06

Enquanto o encontro não chega, o petista tentou acalmar os ânimos dos investidores — que seguem desconfiados em relação à responsabilidade fiscal do novo governo

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa sobe em meio ao caos de um interminável janeiro; o que afeta a bolsa nos próximos dias?

31 de janeiro de 2023 - 18:57

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

MELHORES DO MÊS

Renascimento cripto: bitcoin (BTC) volta a brilhar, sobe mais de 30% e é disparado o melhor investimento de janeiro; títulos do Tesouro ficam na lanterna

31 de janeiro de 2023 - 18:46

As medalhas de prata e bronze foram para o ouro e para o Ibovespa, em um movimento de busca por segurança — e barganhas

ESTAGNOU?

Dividendos do Maxi Renda (MXRF11) não cresceram em 2022, mas os proventos destes outros três fundos imobiliários subiram mais de 50% — veja quais são

31 de janeiro de 2023 - 18:33

O melhor resultado foi obtido pelo Santander Papéis Imobiliários CDI (SADI11), com alta de 77,1%

RELATÓRIO DE PRODUÇÃO

Pé no freio: produção e vendas da Vale (VALE3) registram recuo tímido em 2022; confira os destaques operacionais da mineradora

31 de janeiro de 2023 - 18:30

A produção e a comercialização de minério de ferro da companhia se aproximaram da estabilidade no ano passado, com leves quedas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies