🔴 +30 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – ACESSE GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Carta mensal

Cenário internacional é favorável ao Brasil, mas ruídos gerados pelo governo Lula fazem País desperdiçar oportunidade, diz Verde

Verde diz que tem tentado operar contra os exageros, aproveitando os momentos de estresse para aumentar risco em bolsa e no Real

Luis Stuhlberger, gestor do Fundo Verde, falando durante evento do Credit Suisse
Luis Stuhlberger, gestor do Fundo Verde - Imagem: Leo Martins

Com a reabertura da economia chinesa e os sinais de arrefecimento da inflação nos Estados Unidos, que reduz a pressão sobre as taxas de juros globais, o Brasil poderia ser um dos grandes beneficiários deste cenário, de acordo com a Verde Asset.

Porém, a avaliação gestora de Luis Stuhlberger, é de que o País está desperdiçando a oportunidade. E a culpa recai sobre os ruídos gerados pelo governo recém-empossado de Luiz Inácio Lula da Silva.

Na carta mais recente do Verde, fundo estrelado que acumula mais de 20.000% de valorização desde sua criação, a gestora afirma que o pano de fundo citado acima tende a beneficiar os mercados emergentes. No entanto, o cenário no Brasil permanece volátil.

Leia mais:

"O país tem uma situação fiscal e de endividamento que inspira cuidados e cautela, mas os arroubos de vários ministros solapam diariamente a confiança que o setor privado necessita para investir e ajudar o país a crescer", diz a Verde na carta.

A gestora de Stuhlberger ressalta, porém, que o excesso de ruídos é normal no começo de um novo governo.

"Com mais alguns meses, ficará claro quem são os interlocutores que de fato sinalizam quais políticas públicas serão adotadas, e quem são apenas irrelevantes", diz a gestora.

Nesse contexto, a Verde detalha que tem tentado operar contra os exageros, aproveitando os momentos de estresse para aumentar risco em bolsa e no Real e reduzindo o risco quando há silêncio.

Ao final de 2022, o fundo manteve exposição na bolsa brasileira, assim como a posição vendida na bolsa americana por meio de opções. O Verde também manteve posição comprada em inflação implícita no Brasil e pequena posição aplicada em juro real. Nas commodities, o Verde continua comprado em ouro e petróleo. Além disso, o fundo está vendido no euro e comprado em real.

Verde em 2022

Em 2022, o Verde obteve rentabilidade de 15,93%, contra 12,37% do CDI. Desde a sua criação, em 1997, o fundo acumula ganhos de 21.336,72% contra 2.625,98% do CDI.

No ano passado, o grande destaque do fundo foi o portfólio de renda fixa, que obteve ganhos principalmente das posições tomadas em juros nos Estados Unidos e na Europa. Posição tomada significa que os gestores estavam apostando na alta das taxas. É o contrário da posição aplicada, que é uma aposta de que as taxas vão cair.

A posição comprada em petróleo e as proteções de bolsa global também contribuíram positivamente para o resultado. Já a carteira de ações no Brasil foi a principal detratora do resultado.

Compartilhe

Balanço do mês

Bitcoin é o melhor investimento de fevereiro, com alta de mais de 40% no mês, e Ibovespa também sobe ao pódio; veja ranking completo

29 de fevereiro de 2024 - 19:40

ETFs de bitcoin à vista nos EUA finalmente “pegaram”, impulsionando a cotação da criptomoeda; Ibovespa fecha mês em alta de 0,99%

CONCESSÃO DE 30 ANOS

Sem concorrentes, consórcio de brasileiros e chineses vence leilão de trem que ligará São Paulo a Campinas

29 de fevereiro de 2024 - 18:16

O grupo terá que investir cerca de R$ 12,4 bilhões para criar uma linha que conecte os munícipios Jundiaí, Louveira, Vinhedo e Valinhos, além de uma opção expressa para quem vai da capital a Campinas

GRANDES FORTUNAS NA MIRA

Como Haddad quer convencer o G20 a lançar uma proposta “ambiciosa” para taxar super-ricos ao redor do mundo

29 de fevereiro de 2024 - 14:16

Vale destacar que o trabalho do grupo que reúne as maiores economias mundiais estão sob presidência brasileira

VAI QUE…

Por que o Brasil cresceu pouco nas últimas décadas? Geraldo Alckmin tem uma resposta — e uma receita para reverter esse cenário

29 de fevereiro de 2024 - 12:07

Participação do PIB do Brasil na economia mundial vem caindo e deve alcançar apenas 2,3% em 2024, segundo FMI

LOTERIAS

Lotofácil faz 3 novos milionários da noite para o dia. Será que foi você?

29 de fevereiro de 2024 - 5:56

Fábrica de milionários da Lotofácil opera com capacidade total; Mega-Sena acumulada corre hoje e pode pagar R$ 135 milhões

O TAL DO HEDGE

Como o governo quer aumentar a oferta de proteção contra a queda do real para os investidores de longo prazo

28 de fevereiro de 2024 - 18:22

Segundo o secretário do Tesouro, o objetivo é criar uma linha que estimule as instituições financeiras a oferecem mais produtos para proteção cambial

VEJA QUEM TEM DIREITO

Lote da “malha fina”: Receita paga amanhã restituição de Imposto de Renda para quem acertou as contas com o Fisco

28 de fevereiro de 2024 - 17:03

O valor total das restituições ultrapassa os R$ 304 milhões e será destinado a contribuintes com prioridade legal, além de quem utilizou a declaração pré-preenchida ou optou pelo depósito via Pix

CHEGOU A NOSSA VEZ?

O país do futuro: 7 razões pelas quais o BTG Pactual (BPAC11) considera que o potencial do Brasil está prestes a se realizar

28 de fevereiro de 2024 - 13:05

Há obstáculos pelo caminho, mas analistas do BTG veem o Brasil bem posicionado para aproveitar a oportunidade de chegar ao futuro

LOTERIAS

Mega-Sena acumula de novo e fortuna em jogo sobe ainda mais; Lotofácil tem 2 ganhadores em SP

28 de fevereiro de 2024 - 5:48

Lotofácil garante a alegria dos apostadores das loterias da Caixa; Mega-Sena só saiu duas vezes até agora em 2024

NOVA PLATAFORMA

Governo vai permitir que trabalhador tome empréstimo consignado sem passar pelo patrão; veja como vai funcionar o FGTS digital

27 de fevereiro de 2024 - 19:48

A nova plataforma substituirá o antigo sistema da Caixa e incluirá um rubrica para que os trabalhadores tomem crédito diretamente com os bancos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies