🔴 PRIO3 E +9 AÇÕES PARA COMPRAR AGORA – ASSISTA AQUI

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
ORGANIZANDO A CASA

Puxão de orelha? Lula faz primeira reunião ministerial — confira os principais pontos do encontro

Lula esteve na manhã de hoje com os 37 ministros e os líderes do governo no Congresso, Randolfe Rodrigues (Rede-AP); na Câmara, José Guimarães (PT-CE); e no Senado, Jaques Wagner (PT-BA)

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
6 de janeiro de 2023
16:41 - atualizado às 16:42
Lula de terno azul marinho, fala de pé, com microfone a mão. Bandeira do Brasil ao fundo do cenário., juros, inflação
Imagem: José Cruz/Agência Brasil

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, afirmou nesta sexta-feira (6) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer nos próximos dias começar sua agenda pelos Estados. 

"Presidente Lula encerrou a reunião falando do seu otimismo, da vontade e da determinação de nos próximos dias já fazer agenda nos Estados, com entregas e ações concretas de cada pasta", disse Costa, à imprensa após o fim da primeira reunião ministerial do terceiro mandato de Lula.

Ele classificou o encontro como "extraordinário". "O presidente abriu a reunião falando das expectativas do povo brasileiro. Em seguida falou o vice-presidente e ministros que têm ações transversais, com orientações de fluxos e diretrizes. Praticamente todos os ministros fizeram uso da palavra, além dos três líderes do governo", relatou.

Promovido na manhã desta sexta-feira na Sala Suprema do Palácio do Planalto, o encontro reuniu Lula, os 37 ministros e os líderes do governo no Congresso, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), na Câmara, José Guimarães (PT-CE), e no Senado, Jaques Wagner (PT-BA).

Teve puxão de orelha de Lula? 

Costa negou a ideia de que a primeira reunião ministerial de Lula teria servido para o presidente "puxar a orelha" de seus ministros, após declarações conflituosas dos auxiliares na primeira semana de governo. 

Costa disse que a nova gestão está "arrumando a casa" e fará um esforço concentrado para até o fim do mês concluir as nomeações das equipes do primeiro escalão.

"Não foi em hipótese nenhuma fazer algum reparo, até porque estamos no quinto dia útil de governo, ainda estaremos até o fim do mês no fluxo de nomeação ainda do primeiro escalão das equipes dos ministérios", respondeu a jornalistas após o fim do encontro.

Costa comparou a agenda a um técnico que "que convoca seus atletas para montar uma seleção", exibir suas diretrizes e estratégias.

 "De início ele não vai para o campo imediatamente. Primeiro lugar que ele leva o time para o auditório para conversar com a equipe e mostrar o estilo dele, a tática que gosta de utilizar, uniformização da equipe com o que ele está pensando de estratégia e de ritmo. Colocar os seus convocados juntos para definir diretrizes, prioridades, ritmo — e ele quer um ritmo muito acelerado de entregas porque a fome não pode esperar, há problemas graves na saúde", afirmou o ministro.

As viagens de Lula

Costa afirmou ainda que Lula vai fazer duas viagens a Estados brasileiros ainda neste mês, antes mesmo de ir à Argentina. As primeiras visitas, porém, ainda não foram definidas.

"A meta de mais curto prazo é, já em janeiro, antes de ir à Argentina, fazer duas viagens aos Estados, para inaugurar ou dar início a programas e compromissos seus, seja habitacionais, educacionais ou saúde", disse. 

Lula viajará a Buenos Aires no dia 22 de janeiro para reunião bilateral com o presidente da Argentina, Alberto Fernández, e para participar da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

Na coletiva de imprensa, Costa afirmou que entende a ansiedade pela definição de metas, mas ponderou que hoje é apenas o quinto dia útil do novo governo. 

"Estamos arrumando a Casa e vamos fazer esforço concentrado para, até o fim do mês, ter as equipes de primeiro escalão concluídas as nomeações", declarou o ministro da Casa Civil.

Rui Costa vai aos ministérios

O ministro da Casa Civil afirmou também que a partir da próxima terça-feira (10) começará a visita da pasta aos ministérios, agenda que tem prometido realizar.

Segundo ele, nos encontros, a Casa Civil ouvirá sugestões de prioridades de cada ministro e conversará sobre as ações que deverão ser tratadas com metas dos 100 primeiros dias de governo.

Minha Casa Minha Vida

Rui Costa reforçou ainda que o Executivo irá priorizar, por exemplo, a retomada do Minha Casa Minha Vida, com ações concretas de entrega também em outras áreas, como conclusão de escolas e creches que estão paralisadas, já no primeiro semestre.

"Vamos priorizar e dar sequência de atos concretos, com retomada do MCMV, ações concretas da educação com entrega no primeiro semestre de escolas e creches que estão paralisadas. Vamos hierarquizar pelo maior percentual de execução para o menor, para fazer entregas o mais rápido possível", afirmou.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Compartilhe

INTERNACIONAL

Haddad nos Estados Unidos: ministro da Fazenda tem agenda com FMI e instituição chefiada por brasileiro Ilan Goldfajn; veja

14 de abril de 2024 - 16:44

De segunda (15) a sexta-feira (19), o ministro participa, em Washington, da reunião de primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial

NOVO CAPÍTULO

Entrou na briga: após críticas de Elon Musk a Alexandre de Moraes, governo Lula corta verba de publicidade do X, antigo Twitter

13 de abril de 2024 - 16:43

Contudo, a decisão só vale para novos contratos, porque há impedimento de suspensão com os que já estão em andamento

APÓS APAGÕES

Na velocidade da luz: Enel terá um minuto para responder os consumidores, decide Justiça de São Paulo

13 de abril de 2024 - 15:20

Desde novembro do ano passado, quando milhões de consumidores ficaram sem energia após um temporal com fortes rajadas de vento

MINISTRO E BILIONÁRIO

Em meio a embate de Elon Musk com Alexandre de Moraes, representante do X (ex-Twitter) no Brasil renuncia ao cargo

13 de abril de 2024 - 12:55

Em sua conta no LinkedIn, o advogado Diego de Lima Gualda data o fim de sua atuação na empresa em abril de 2024

META FISCAL

Mal saiu, e já deve mudar: projeto da meta fiscal já tem data, mas governo lista as incertezas sobre arrecadação

13 de abril de 2024 - 11:49

A expectativa é para a mudança da meta fiscal a ser seguida no próximo ano devido a incertezas sobre a evolução na arrecadação

ELEIÇÕES 2024

São Paulo já tem oito pré-candidatos na disputa por nove milhões de votos; conheça os nomes

7 de abril de 2024 - 15:45

Guilherme Boulos (PSOL) e o atual prefeito Ricardo Nunes (MDB) lideram as pesquisas de intenção de votos a seis meses das eleições municipais

VEM DINHEIRO AÍ?

Haddad acerta com mercado financeiro mudanças na tributação e prazos para atrair investimentos para bolsa 

4 de abril de 2024 - 8:44

A expectativa é de que as propostas avancem após a regulamentação da reforma dos impostos sobre o consumo, aprovada no ano passado pelo Legislativo

Eleições municipais

Simone Tebet diz que subirá em palanque de prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, quando Jair Bolsonaro não estiver

31 de março de 2024 - 11:54

Candidato a reeleição na capital paulista, Nunes é do MDB, partido da ministra do Planejamento

INÍCIO DA DITADURA

Maioria da população diz que data do golpe de 1964 deve ser desprezada, diz Datafolha; como o governo Lula lidará com a data?

30 de março de 2024 - 15:02

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) determinou que o governo não realize atos em memória do golpe neste ano

SOE O GONGO

Quem será o herdeiro de Bolsonaro em 2026? Pesquisa revela nome com mais chances contra Lula na próxima eleição

30 de março de 2024 - 10:55

Quando os eleitores são informados que Michelle e Tarcísio teriam apoio explícito de Bolsonaro, eles empatam tecnicamente com o atual presidente da República

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies